Prefeito de Paulo Ramos, Deusimar Serra, não paga aluguel da sede da Secretaria de Cultura e dono pede estabelecimento

Sem efetuar o pagamento do aluguel do prédio da Secretaria de Cultura do município de Paulo Ramos, o prefeito Deusimar Serra foi informado pelo dono do estabelecimento que o mesmo decidiu pelo “despejo” do órgão da administração pública daquele local.

De acordo com informações, o atraso das parcelas dos alugueis ultrapassam 19 meses, um acúmulo nunca visto nos mais de 50 anos história do município de Paulo Ramos envolvendo prédios alugados pela administração pública.

Ocorrência como essa da gestão Deusimar Serra são normais. Em 2017 o mandatário alugou um depósito (Rua Soares Melo), e devolveu o estabelecimento, sem uso efetivo, depois de 4 meses, deixando de fazer o pagamento quando entregou as chaves do respectivo bem, ao proprietário.

Já em 2018, o prefeito teve que devolver dois prédios, na Rua 7 de Setembro, onde funcionavam o Centro Administrativo e alguns departamentos. A causa da devolução dos prédios alugados foi, de novo, falta de pagamento.

Esse é o quarto registro de devolução forçada de prédios pela gestão Deusimar Serra, situação constrangedora que envergonha a população de Paulo Ramos.

 

Deixe uma resposta