Homem comete suicídio após matar a própria namorada, em São Luís

Após matar a namorada, identificada como Dayane Christina Oliveira Nunes, na última sexta-feira (11), Evaldo Lima cometeu suicídio nesta terça (15) com um disparo de arma de fogo na cabeça. Ele estava sendo procurado desde o dia do crime, que ocorreu no condomínio Porto Seguro, no bairro Outeiro da Cruz, na capital.

De acordo com informações da Polícia Civil, Evaldo foi conduzido ao Hospital Djalma Marques (Socorrão I), no Centro de São Luís; deu entrada por volta das 12h, mas não resistiu ao ferimento e teve morte confirmada às 13h40.

Ainda segundo informações do Departamento de Feminicídio da Polícia Civil, ele havia confirmado que se apresentaria junto com o advogado na tarde desta terça-feira (15).

O Caso

A vítima foi assassinada após uma discussão com Evaldo. Ele disparou duas vezes na cabeça da vítima, que teve morte confirmada ainda dentro do apartamento. Após o crime, Evaldo ligou para o irmão e contou o que tinha feito. A equipe policial foi acionada pelo irmão do criminoso e se deslocou até o apartamento, mas chegando lá ele já havia fugido.

Dayane morava no Turu, tinha dois filhos de outro relacionamento e namorava com Evaldo há três anos.

 

Cadê a Crise? EMAP e SEINC doam quase R$ 1 milhão para EXPOEMA

Apesar da crise financeira que o país atravessa, a Empresa Maranhense de Administração Portuária – EMAP e a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão – SEINC doam juntas quase um milhão de reais para 61° EXPOEMA – Exposição Agropecuária do Maranhão.

Em dois processos licitatórios a empresa doa a quantia de 583.950,62. Os processos N.º 1536/2019 e N.º 1488/2019 foram autorizados pelo presidente da instituição Eduardo de Carvalho Lago Filho.

Nos processos a empresa alega que o dinheiro será investido na contratação da empresa Promoções e Eventos Ltda, para a prestação de serviço de elaboração do projeto executivo e básico, criação de layout, construção, instalação de equipamentos audiovisuais, montagem e desmontagem de estande e serviços de organização e buffet para a realização da 61° EXPOEMA – Exposição Agropecuária do Maranhão, que acontecerá entre os dias 20 e 27 de outubro de 2019 no Parque Independência em São Luís, Maranhão. A contratação da empresa custará aos cofres públicos o valor total de R$ 283.950,62.

Não satisfeita a empresa doara mais R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) com os fins não especificados. Na licitação Nº 1488/2019 consta apenas como concessão de apoio financeiro (patrocínio) visando à realização da 61° edição da EXPOEMA.

Pelo que parece não é só a EMAP que está com dinheiro sobrando no caixa, a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão – SEINC através do processo Nº 0146615/2019 doara 400.000,00 (quatrocentos mil reais) a Associação dos Criadores do Estado do Maranhão, também como apoio a realização da EXPOEMA. Segundo a SEINC, o dinheiro servirá para construção de vitrines e transferência de informações.

Juntas, as instituições doaram 983.950,62 valores aproximadamente a um 1milhão de reais, uma verdadeira farra de gastos desnecessários com o dinheiro público, tendo em vista a crise financeira que o país atravessa. Além disso, desconsiderando o crescimento do desemprego e falta de investimentos em setores primordiais como da saúde e educação no país.

Homens vão pedir dinheiro para deputado Roberto Costa e acabam presos

Dois homens foram presos, na tarde nesta terça-feira (15), por tentativa de estelionato contra o deputado Roberto Costa (MDB). Um dos envolvidos, o mototaxista Nelson Gabriel da Silva Filho, foi detido dentro das dependências da Assembleia, e o outro, Adeildo Lima dos Santos, fora das instalações da Casa. De acordo com o Gabinete Militar da Alema, um deles estaria solicitando dinheiro em nome de um padre que responderia pela Paróquia do Cohatrac, o que gerou desconfiança entre os assessores do parlamentar, que acionaram a segurança da Casa.

Segundo o major Jocenildo Silva de Sousa, do Gabinete Militar da Assembleia, o mototaxista Nelson Gabriel da Silva Filho, morador da Estiva, na zona rural de São Luís, estaria conduzindo a moto que ficou no estacionamento da Alema. “Segundo investigação preliminar, ele teria sido orientado pelo comparsa, Adeildo Lima, que ficou do lado de fora da Assembleia, enquanto ele tratava com os assessores do parlamentar”, esclareceu o militar.

Adeildo Lima dos Santos, morador do Coqueiro, também zona rural de São Luís, foi preso na Central de Abastecimento (Ceasa), quando tentava fugir ao ver a chegada da viatura militar.

Os dois homens foram detidos e conduzidos pela Polícia Militar para a 4ª Delegacia da Polícia Civil, no bairro do Vinhais, onde prestaram depoimento. Segundo o delegado Márcio Fábio Dominice, os dois teriam tentado aplicar o mesmo golpe em um magistrado, recentemente, no Fórum de São Luís.

Versão do mototaxista

De acordo com o delegado, Adeildo é que se passava pelo padre da Paróquia do Cohatrac, conforme versão contada na delegacia pelo Nelson Gabriel. “O Adeildo me chamou para fazer uma corrida. Eu busquei ele em sua residência. Quando chegou à Assembleia, ele pediu para eu pegar esse dinheiro, que é a encomenda do padre, dizendo que não poderia entrar porque não estava vestido com calça. Aí eu fui lá e ele ficou me esperando fora”, contou o mototaxista, em seu depoimento à polícia.

Adeildo Lima confessou que tinha tentado obter dinheiro em nome do padre, mas que não se passou por ele. “Dessa vez, eu errei. Eu pedi para ele pegar um dinheiro em nome do padre, mas não passei pelo padre. Disse que eu era secretário do padre”, assinalou.

“Eles serão autuados, aqui no 4º DP do Vinhais, por tentativa de estelionato. Posteriormente, vamos contatar com o delegado do 9º DP e fazer a conexão com as investigações para que eles respondam pelos dois supostos estelionatos em concurso material”, afirmou o delgado Márcio Dominice. Com informações do site da AL

Polícia Federal realiza operação “INTRAMUROS” no interior do Maranhão

A Policia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (15) nas cidades de São Luís, Imperatriz e Codó a operação “INTRAMUROS”, com a finalidade de reprimir organização criminosa especializada em tráfico de drogas e armas no estado do Maranhão.

Foram cumpridos 32 Mandados de Prisão Preventiva e 32 Mandados de Busca e Apreensão, tendo as ordens judiciais sido determinadas pelo excelentíssimo Dr. Francisco Ronaldo Maciel Oliveira, juiz titular da 1.ª Vara Criminal de São Luís/MA, com apoio de 150 policiais federais das Superintendências Regionais do Goiás, Distrito Federal, Bahia, Rio Grande Norte, Paraíba e Amapá visando colher provas da materialidade delitiva.

As investigações foram iniciadas após trabalhos do Serviço de Inteligência da Polícia Federal, que identificaram a atuação de facções criminosas no Estado do Maranhão. Observou-se que o grupo criminoso é dividido de forma estruturada e piramidal e possui um setor responsável por planejar e realizar tráficos de drogas, armas e outros crimes no Estado. Durante a investigação, identificou-se as principais lideranças da organização criminosa no Maranhão e em outros Estados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os investigados serão indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de armas e organização criminosa, previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006, artigos 14 e 16 da Lei n° 10.826/03 e o Artigo 2º da Lei nº 12.850/2013. A Operação foi denominada “INTRAMUROS” em razão da constatação algumas lideranças comandarem as práticas de criminosas do interior dos presídios.

Polícia Civil encontra corpo de Pastor desaparecido dentro de uma cova no Maiobão

Foi retirado de uma cova o corpo do Pastor evangélico e técnico em informática Mackson da Silva Costa, 37 anos, que estava desaparecido deste a sexta-feira (11), após sair da Secretaria de Segurança Pública, local onde trabalhava.

- Mackson da Silva Costa, 37 anos, que estava desaparecido deste a sexta-feira (11).

Populares entoaram palavras de ordem pedindo justiça.

 

 

 

 

 

Após investigação da Polícia Civil do Estado do Maranhão, através do Serviço de Inteligência, os policiais chegaram ao principal suspeito, identificado como Saulo Pereira Nunes, de 38 anos. Ele é morador do bairro Maiobão, localizado no município de Paço do Lumiar, e confessou o assassinato do Pastor.

Após admitir o crime, Saulo indicou o local onde enterrou a vítima, no quintal da sua própria residência. Uma faca já foi apreendida pela Polícia Civil e, de acordo com investigações preliminares, o crime pode ter sido passional.

As equipes policiais e periciais estiveram no local para a coleta de evidências. O veículo da vítima foi encontrado na manhã de domingo (13) na Avenida 7 do bairro Maiobão. No interior do veículo, foram encontrados documentos e quantia em dinheiro.

Gil Cutrim diz que foi perseguido e excluído no PDT

Senador Weverton e Gil Cutrim

O deputado federal Gil Cutrim (PDT-MA) divulgou nota oficial nesta terça-feira (15), anunciando a entrada de uma ação na Justiça Eleitoral pedindo a mudança de partido sem a perda do mandato.

Gil Cutrim disse que sofreu perseguição e discriminação dentro do partido, mesmo apoiando a legenda, inclusive rejeitando o projeto inicial do Governo para a reforma da Previdência.

Cutrim revela que quando o PDT decidiu sobre sua suspensão depois da votação da reforma da Previdência, fizeram um comunicado informando que lhes julgariam em um prazo que já se esgotou e, desde então, nunca foi chamado para nenhuma diretriz do partido.

Finalizou dizendo que deseja ter um campo livre para conduzir o trabalho do mandato sabendo que foi perseguido e excluído de importantes diretrizes do partido.

O presidente do diretório estadual do PDT no Maranhão, senador Weverton Rocha não se manifestou sobre a nota do quase ex-companheiro de partido.

Leia a nota na íntegra:

A velha política já não cabe na realidade de nosso país, isso porque a prioridade deve ser uma agenda positiva que vise o bem-estar dos brasileiros. Esse é o desejo real de todos e nosso papel, como representantes do povo, é garantir que essa mudemos esse cenário com princípios nobres que busquem o crescimento da nação em todos os âmbitos, sobretudo no modo antigo de fazer política, cujos interesses partidários se sobrepunham aos de quem realmente merecem nossa atenção: a população brasileira.

É assim que encaro minha responsabilidade com todos aqueles que confiaram em mim a sua representação na Câmara Federal. Por esse motivo, decidi, ao lado de outros colegas parlamentares, entrar com uma ação na Justiça Eleitoral pedindo mandato.

Nossa decisão foi tomada em decorrência de perseguição e discriminação dentro de nossos partidos, no meu caso o PDT. Sempre apoiei a legenda, inclusive rejeitando o projeto inicial do Governo para a reforma da Previdência, quando na ocasião dei meu voto desfavorável à proposta na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Fechamos questão contra a reforma da Previdência no primeiro momento, porém não houve uma nova avaliação da legenda quando o texto foi reformulado pela Câmara. Brigamos e conseguimos retirar injustiças do texto, mas não houve a oportunidade de discutir a nova proposta dentro do partido. O Parlamento conseguiu construir um texto melhor do que o enviado inicialmente, o qual prejudicava, por exemplo, a aposentadoria rural e as pessoas do Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos e deficientes de baixa renda. Só assim, após entender que houve um verdadeiro empenho para melhorar aquela proposta, decidi me posicionar a favor. Não era nosso sonho, mas algo necessário para o Brasil.

Quando o PDT decidiu pela minha suspensão depois da votação da reforma da Previdência, fizeram um comunicado informando que nos julgariam em um prazo que já se esgotou e, desde então, não fui chamado para nenhuma diretriz do partido.

Tenho que prestar contas ao meu eleitorado e para a população brasileira, pois fui suspenso de minhas atividades que dependiam da indicação do partido. Tenho conduzido a minha rotina parlamentar com muito afinco, porém de forma limitada.

Respeito o PDT, mas o que eu mais quero no momento é ter um campo livre para conduzir o trabalho do meu mandato. Assim, entendemos que essa ação se fez necessária por concordarmos que fomos politicamente perseguidos e excluídos de diretrizes importantes dos partidos.

Reformas de escolas da zona rural deve custar mais de R$ 2,2 milhões em Monção

Prefeita Claudia Silva

A prefeitura de Monção resolveu distribuir o dinheiro da educação do município com reformas das escolas da zona rural.

Duas empresas foram contratadas para realizarem os serviços, uma é de um aliado da prefeita Claudia Silva (PSDB), a RE9 materiais de construções de propriedade do em empresário Juriosmar Muniz Trindade, pelos serviços a empresa deve receber pouco mais de R$ 1.2 milhões.

A outra empresa responsável por fazer as reformas na zona rural é a ADM serviços sediada em São José de Ribamar e de propriedade do empresário Allysson Morais de Araújo que deve embolsar pouco mais de novecentos e trinta mil reais.

Os dois contratos ultrapassam os dois milhões e duzentos mil reais.

O grande problema é que a maioria das escolas da zona rural de Monção é de taipa. Uma das escolas de Taipa do município já até desabou deixando crianças dias sem estudar. Reveja, aqui.

Osmar Filho não atende recomendações do MP e Câmara de São Luís continua sem transparência

Presidente da Câmara de vereadores de São Luís Osmar Filho (PDT).

O Ministério Público do Maranhão já recomendou ao presidente da Câmara de São Luís que ordene a adequação do portal de transparência da casa nos parâmetros legais

A Lei de Responsabilidade Fiscal, com o advento da Lei Complementar nº 131/2009 (art. 48, caput), estabeleceu deveres de transparência na gestão pública financeiro-orçamentária, determinando que fosse dada ampla divulgação, inclusive em meios eletrônicos de acesso ao público, aos instrumentos de transparência da gestão fiscal (planos orçamentos e leis de diretrizes orçamentárias, prestações de contas e os respectivos pareceres prévios, relatórios resumidos da execução orçamentária e relatórios de gestão fiscal).

O MP constatou que a Câmara de São Luís não obedece aos seguintes parâmetros da LC de transparência; não possibilita o acesso a informações concernentes a procedimentos licitatórios, não permite o acompanhamento da execução da despesa no momento de sua realização, não disponibiliza as folhas de pagamento dos servidores do ente de forma nominal e os dados remuneratórios individualizados entre outros descumprimentos.

No dia 04 de abril de 2019 o promotor Marco Aurélio Batista Barros recomendou ao Presidente Osmar Filho, que, no prazo de 40 (quarenta) dias úteis, tomasse as providências administrativas necessárias para a adequação do Portal de Transparência da Câmara Municipal de São Luís às especificações previstas na legislação em vigor.

Em uma simples visita ao portal de transparência da casa legislativa é possível perceber que as recomendações do Ministério Público não foram atendidas e a casa continua operando na clandestinidade e obscuridade quanto aos recursos públicos.

O promotor ainda ressaltou ao Presidente da Câmara Municipal de São Luís que a eventual inércia da Administração indicará conduta dolosa em não realizar ato vinculado, atentando contra os princípios da Administração Pública, a caracterizar, em tese, ato de improbidade administrativa.

Outro Lado.

Na época, procurado pelo editor do blog Werbeth Saraiva, Osmar Filho respondeu que tinha encontrado as irregularidades da gestão anterior e tinha se comprometido em fazer de acordo com a lei. Não passou de discurso.

PL de Josimar Maranhãozinho anuncia pré-candidatura de Leonardo Sá em Pinheiro

O encontro do PL em Pinheiro aconteceu na manhã do dia (12), na Associação de Casais com Cristo (ACC). O evento contou com as presenças do deputado federal e presidente do PL no Maranhão Josimar Maranhãozinho, da senadora Eliziane Gama, do deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Pinheiro Dr. Leonardo Sá, do deputado federal Pastor Gil, da deputada estadual e presidente do PL Mulher Detinha, do deputado estadual Vinícius Louro, do presidente do PL Jovem vereador Aldir Júnior, da presidente do Avante Dra. Fabiana Rodrigues, vereadores e lideranças de Pinheiro e prefeitos da legenda de vários municípios.

Fortalecimento

Caravanas de várias partes do município aderiram a “Onda Azul,” termo usado para designar correligionários e simpatizantes do PL. Uma multidão lotou o clube onde estava sendo realizando o evento, demostrando assim, a relevância do partido que cada dia vem se fortalecendo.

O casal de deputados Josimar e Detinha foi bastante aclamado pela multidão, ao lado do pré-candidato Leonardo Sá, o casal destacou as administrações do PL no estado, símbolo de eficiência e trabalho. “O diferencial das administrações do PL são as parcerias, através de união de forças estamos melhorando a realidade de vários municípios maranhenses, em Pinheiro não será diferente, pois firmamos compromisso com esse povo,” afirmou Maranhãozinho.

O PL tem 07 prefeitos, 07 vice-prefeitos e 117 vereadores. O partido só cresce, graças ao trabalho do seu presidente Josimar Maranhãozinho, um político de visão, de trabalho e que firma parcerias para o desenvolvimento dos municípios.

Dia das crianças é marcado por alegria e diversão na vila Luizão

Uma programação organizada pelo líder comunitário Rafael da juventude e Alex do boteco na Vila Luizão marcou o Dia das Criança. O evento contou com o apoio de Didi do PP.

Entre os moradores, o clima era de alegria e satisfação. “Eu não tenho condições de dar um presente para meus filhos e essa ação chega em uma boa hora. Só temos que agradecer ao líderes comunitários e ao Didi do PP , disse a dona de casa Sandra Torres , moradora do Bairro.

“É um grande satisfação ver o sorriso estampado no rosto de todas essas crianças”. Disse Didi do PP.