Surge o grupo das “Raposas” em Nunes Freire…

Mais um grupo politico surge em Governador Nunes Freire, dessa vez é composto por figurinhas repetidas e que já tiveram suas chances e nada fizeram.

O grupo das raposas como escolhi chamar é composto por tudo de mais incompetente que existe na politica.

Um dos lideres do grupo é presidente de uma Câmara de vereadores de um município da baixada maranhense, conhecidíssimo pelo povo de lá resolveu sair candidato em outro lugar. Preside o legislativo municipal ignorando por completo a LC de transparência, inclusive foi acionado pelo Ministério Público pela falta de transparência que rege o legislativo local, é aliado de um gestor acusado pela CGU de ter desviado R$ 122 milhões em verbas públicas.

O outro é representante do legislativo local, é um politico pesado, que quando é situação elogia o errado e quando é oposição critica o correto. O TCE terá trabalho para revisar e julgar suas contas.

O eterno vice-prefeito já é controverso e bipolar, todo dia um posicionamento e um grupo novo.

Já a ex-prefeita não pode tirar e nem botar tendo em vista que é inelegível por locupletar-se do erário público. Os outros…

Milhares de crianças participam de festa promovida pela prefeitura de Pinheiro

Muitas dessas crianças nunca tiveram a oportunidade de pular em um brinquedo inflável, algumas moram longe da área urbana de Pinheiro, e neste sábado (12) não brincaram apenas em 1, mas em 12 brinquedos espalhados pela praça José Sarney, onde a Prefeitura de Pinheiro montou uma mega estrutura para garantir um dia de pura diversão às crianças pinheirenses.

“Distribuição de pipoca, suquinho, refrigerantes, presentes, tudo foi muito bom, mas a sensação desta tarde foram os brinquedos e as atrações que planejamos para este dia especial. Não tem preço ver a alegria delas. O agradecimento das crianças ao nos ver por proporcionar algo simples e que marcou a infância delas. Pularam, dançaram, cantaram e saíram daqui com uma lembrança nossa que foi de coração”, disse o prefeito Luciano que acompanhou o show do Play Circus e outras atrações que marcaram a tarde de sábado.

O evento foi organizado pela Secretaria de Esporte e Cultura e contou com o forte apoio da deputada Dra. Thaiza Hortegal e primeira dama do município. Ela explica que momentos de lazer como esse são marcantes na vida de uma criança.

“É dever do poder público proporcionar momentos como esse que às vezes nos prendemos apenas em carnaval, São João, festejos, então, um dia como esse é algo marcante para crianças que nunca viram personagens de perto como Frozen, Galinha Pintadinha, Minions, Gummy Bear, que pularam num brinquedo inflável ou um simples pula-pula. E assistiram a apresentações de palhaços, contorcionistas, malabaristas e muita música. Estou grata por participar desse momento e entregar presentes que as lembrarão da grande festa da criançada feita pelo prefeito Luciano”, relatou a parlamentar acompanhada dos filhos João e Esther.

Cerca de 10 mil brinquedos como bonecas, carrinhos, tabuleiro, e outros, também foram distribuídos na tarde que ficou para a história das crianças de Pinheiro.

Famem e Funasa em parceria pela melhoria da saúde do Maranhão

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier, se reuniu nesta sexta-feira (11) com a superintendente estadual da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) do Maranhão, Maura Jorge, para discutir e propor ações conjuntas que criem condições de melhorias na saúde dos municípios.

A parceria visa a realização de um evento regional, denominado “Funasa em Ação”, a ser realizado no dia 17 e 18 de outubro, no município de Estreito.

“É preciso estabelecer um diálogo entre as políticas nacionais, estaduais e municipais para alavancar os serviços públicos prestados à população. A parceria entre Famem e Funasa levará ações importantes aos municípios.”, afirmou o presidente da Famem, Erlanio.

A superintendente estadual da Funasa, Maura Jorge, destacou a visita do presidente e da parceria da federação. “Tratamos de assuntos de interesses dos municípios maranhenses, ajustes técnicos de convênios e projetos para que os benefícios realmente cheguem para o nosso povo maranhense”, destacou.

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa), órgão executivo do Ministério da Saúde, agrega ações de estudos e pesquisas na área de saneamento e de saúde ambiental e um conjunto de práticas pedagógicas e sociais, de conteúdo técnico, político e científico, que contribuem efetivamente na formação e o desenvolvimento da consciência crítica do cidadão, estimulando a participação, o controle social e sustentabilidade socioambiental.

MP abre inquérito para apurar desvios de R$ 122 milhões encontrados pela CGU em Turiaçu

Prefeito de Turiaçu Umbelino Ribeiro

Investigação tenta encontrar o destino de R$ 122 milhões encaminhados à Prefeitura e que deveriam ser investidos em saúde e educação.

O Ministério Público do Maranhão solicitou abertura de ação civil pública para apurar irregularidades encontradas no bojo de uma auditória realizada pela Controladoria Geral da União (CGU), no município de Turiaçu.

Os técnicos da CGU auditaram R$ 122 milhões de verbas federais recebidas pelo município entre os anos de 2016 e 2017. Segundo a Controladoria, há fortes indícios de irregularidades nas áreas de saúde e educação. Um dos itens que chamou a atenção dos auditores foi o valor destinado para a reforma das escolas, no qual 90% dos quase R$ 9 milhões em recursos não teriam sido aplicados.

O relatório também mostra indícios de irregularidades na contratação de empresas para transporte e merenda escolar. Na área da saúde, uma empresa vencedora de licitação no valor de R$ 1,6 milhão não tinha medicamentos no estoque e nem faziam compras. Por isso, emitiam notas fraudulentas, de acordo com o CGU.

Ainda segundo o relatório, uma Unidade Básica de Saúde funcionava em um cômodo de casa de família e não tinha atendimento constante. Há também informações de médicos que atendiam apenas uma vez por semana ou por mês, apesar de serem contratados para cumprir jornada de 44 horas semanais.

 Diante disso o MP resolveu Instaurar o Inquérito Civil, sob o número 02/2019 – PJTur, para levantamento das informações que permitam melhor apurar as responsabilidades, alcançando todos os sujeitos e abarcando todos os fatos possíveis, seja mediante a requisição de informações, inspeções, certidões, depoimentos pessoais, perícias seja por quaisquer outros meios legais que se mostrem necessários, para propositura de eventual Ação Civil Pública, adotando, desde já as seguintes providências.

 GAECO Na cola de Umbelino…

 Na próxima semana o blog vai trazer detalhes de um pedido de um órgão de controle para que o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado, o GAECO, investigue e entregue relatório sobre o prefeito Umbelino Ribeiro. É Bomba!

 

População de Amapá deixa prefeita falando sozinha durante aniversário da cidade

As coisas andam ruim das pernas para gestão do pobre Município de Amapá do Maranhão. Para ter uma ideia à prefeitura faz festa com bolo de graça e o povo não vai.
O que ocorreu na noite de ontem (10) no município de Amapá foi algo para esquecer para sempre.

Os convidados não sabiam onde metiam a cara de tanta vergonha, acostumados com grandes públicos deputados, prefeitos e assessores foram recebidos em Amapá, pela prefeita e secretários e ainda tiveram que passar a noite vendo um pequeno grupo de crianças brincar de “esconde-esconde” na praça vazia.

Zeca do São Benedito é reeleito Presidente da Câmara de Igarapé do Meio

Considerando a decisão liminar de uma ação ordinária 37-98.2019.8.10.01.01, a qual determina a realização de um novo processo legislativo para a Câmara de Igarapé do Meio, foi marcada para esta sexta-feira(11), às 10 horas da manhã a eleição para os cargos que compõem a nova Mesa Diretora daquela Casa Parlamentar, para o biênio 2019/2020.

O presidente da Câmara Municipal de Igarapé do Meio, Zeca do São Benedito, convocou todos os vereadores e a população em geral para a sessão ordinária.
Para ser eleito, o candidato precisa de maioria absoluta dos votos em primeira votação.

DA ELEIÇÃO

A sessão ordinária aconteceu com total transparência, porém teve a ausência de quatro vereadores, mesmo após convocação oficial através de documento para participarem das eleições. Os vereadores ausentes são: Dejair, Givanildo, José Carmo (Zezé) e Claudemir. Portanto conforme manda regimento foi realizada a eleição, elegendo a chapa da atual gestão para o biênio 2019/2020.

Para eleger o novo presidente é necessário maioria simples dos votos, no caso cinco vereadores. O que confirmou a atual gestão para permanecer na administração da

VÍDEO! Aluísio Mendes contava com apoio de líder de pirâmide financeira para fortalecer oposição em Zé Doca

Em rede social, deputado publicou sobre cavalgada realizada por Rony Cardoso, apontado pela Polícia Civil como integrante da quadrilha. Objetivo era fortalecer o grupo político de Aluísio em Zé Doca para as eleições de 2020.

Polícia Civil do Maranhão descobriu, no bojo da investigação que resultou na megaoperação deflagrada mais cedo contra um esquema milionário de pirâmide financeira, que a quadrilha planejava se fortalecer politicamente no estado, com o lançamento de candidaturas a cargos eletivos, com a finalidade de se beneficiar financeiramente e dar respaldo e imunidade à quadrilha.

O deputado Aluisio contava com o apoio do empresário para fortalecer a oposição contra o deputado federal Josimar de Maranhãozinho na região do alto turi. Rony inclusive estaria patrocinando eventos e festas para oposição do parlamentar em diversas cidades.

Veja o vídeo:

Rony Cardoso um dos maiores estelionatários do Rio De Janeiro é preso

A Polícia Civil do RJ prendeu nesta quinta-feira (10) um empresário apontado como chefe de uma quadrilha que aplicava golpes em servidores públicos, militares e aposentados.

A Justiça também determinou o bloqueio de R$ 50 milhões dos suspeitos.

O esquema envolvia promessas de altos ganhos em aplicações que não existiam. As vítimas eram orientadas a contrair empréstimos em bancos ou instituições de crédito regulares e repassar esse valor à quadrilha. O dinheiro, porém, afirma a polícia, era gasto em viagens e jamais retornava.

Roniel Cardoso dos Santos foi preso em casa, no Anil, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Com ele a polícia encontrou dinheiro em espécie.

A operação busca ainda outros cinco suspeitos e cumpre 36 mandados de busca e apreensão em endereços em São Paulo, Brasília e Maranhão.

No Nordeste houve ainda uma prisão em flagrante: Charleylson Bezerra da Silva estava com uma arma irregular.

Procurados na operação

  1. Antônio Bruno Cardoso dos Santos;
  2. Gabriel Almeida Piquet de Oliveira;
  3. Laylson Santos dos Santos;
  4. Luana Cardoso dos Santos;
  5. Luciene Assunção da Silva;
  6. Roniel Cardoso dos Santos, preso.

Viagens e política

A polícia afirma que a quadrilha de Roniel iludia as vítimas com “aplicações no agronegócio”, cuja rentabilidade era garantida por “fazendas no Maranhão”.

O dinheiro das vítimas, no entanto, era gasto em viagens para a própria quadrilha.

Segundo as investigações, o grupo também planejava se fortalecer politicamente no Maranhão. Parte do dinheiro do golpe era investido no lançamento de candidaturas a cargos eletivos, com a finalidade de se beneficiar financeiramente e dar respaldo e imunidade à quadrilha.

Os seis vão responder pelos seguintes crimes:

  • Associação criminosa;
  • Estelionato;
  • Crime contra a ordem econômica e das relações de consumo;
  • Lavagem de dinheiro.

A operação foi desencadeada pela Delegacia-Geral de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro do RJ e tem o apoio da Superintendência de Polícia Civil do Maranhão e da Coordenadoria de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado da Polícia Civil do Distrito Federal.

BOMBA! Justiça determina prisão do empresário Pedro Teles de Barra do Corda

O empresário Pedro Teles, filho do ex-prefeito Nenzim, de Barra do Corda, e irmão do deputado estadual Rigo Teles (PV), foi condenado a 21 anos de prisão.

Pedro Teles é acusado de ter encomendado a morte do trabalhador rural Miguel Pereira Araújo, o Miguelzinho, que teria invadido terras do empresário em Barra do Corda. O crime ocorreu em 1997. Também foram condenados Moises Alexandre Pereira e Raimundo Pereira, acusados de executar o crime. Cada um pegou 17 anos de prisão.

O empresário Pedro Teles respondia a condenação em liberdade pois o juiz da causa concedeu aos três réus o direito de recorrer em liberdade até o trânsito em julgado da sentença.

Ocorre que ontem 8, a 4ª vara do Tribunal do Juri, expediu novo mandato de prisão por sentença em desfavor de Pedro Teles e Moises Alexandre Pereira e Raimundo Pereira.