Maranhão tem 230 casos de contaminação pelo COVID-19

Continua em crescente o número de casos de infectados pelo COVID-19 no Maranhão. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), subiu para 230 o número de casos do novo coronavírus. O número de óbitos pela doença também aumentou e agora chega a 11. O número de curados se manteve estável em 45. 

Acompanhe os dados: 

  • Homem de 49 anos, de São Luís, com histórico de hipertensão; 
  • Mulher de 89 anos, de São Luís, com histórico de cardiopatia, hipertensão e câncer de mama; 
  • Homem de 70 anos, de São Luís, com histórico de hipertensão, obesidade e diabetes; 
  • Homem de 74 anos, de São Luís, com histórico de doenças no cardíacas; 
  • Mulher de 79 anos, de São Luís, com histórico de hipertensão, diabetes e problemas renais; 
  • Homem de 94 anos, de São Luís, sem histórico de comorbidades; 
  • Homem de 50 anos, de São Luís, com histórico de diabetes, hipertensão e obesidade; 
  • Homem de 64 anos, de São Luís, sem informações sobre o histórico médico. 
  • Mulher de 36 anos, de São Luís, que já tinha histórico de doença renal crônica. 
  • Homem de 75 anos, de São Luís, com quadro de doença renal crônica, diabetes e hipertensão arterial. 
  • Homem de 64 anos, de São Luís, que era hipertenso e tabagista. 

Casos em nove cidades 

O novo coronavírus agora atinge nove cidades em todo o Maranhão. Sobre os casos ainda em investigação, o estado já possui 1372 pacientes com suspeita da doença, segundo a SES. 

Cidades 

  • São Luís – 203 casos (11 óbitos) 
  • São José de Ribamar – 10 casos 
  • Paço do Lumiar – 06 casos 
  • Imperatriz – 05 casos 
  • Timon – 02 casos 
  • Açailândia – 01 caso 
  • Cajapió – 01 caso 
  • Santa Inês – 01 caso 
  • São Benedito do Rio Preto – 01 caso 

Faixa etária dos pacientes 

  • 0 a 9 Anos – 02 casos 
  • 10 a 19 Anos – Nenhum caso 
  • 20 a 29 Anos – 28 casos 
  • 30 a 39 Anos – 72 casos 
  • 40 a 49 Anos – 55 casos 
  • 50 a 59 Anos – 33 casos 
  • 60 a 70 Anos – 25 casos 
  • Mais de 70 – 15 casos 

Percentual de casos por sexo 

  • Masculino – 50% 
  • Feminino – 50% 

Taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para a Covid-19 no MA 

  • Total de leitos de UTI – 132 
  • Leitos ocupados de UTI – 15 
  • % de ocupação das UTIs – 11,36% 

Taxa de ocupação de leitos clínicos exclusivos para a Covid-19 no MA 

  • Total de leitos – 120 
  • Leitos ocupados – 18 
  • % de ocupação – 15% 

 

 

 

URGENTE! Juiz bloqueia fundos partidário e eleitoral e libera para combate ao coronavírus

O juiz federal Itagiba Catta Preta Neto, da 4ª Vara Federal Cível de Brasília, determinou, nesta terça, 7, o bloqueio dos fundos eleitoral e partidário, cujos valores não poderão ser depositados pelo Tesouro Nacional, à Disposição do Tribunal Superior Eleitoral. Na mesma decisão, afirmou que o montante fica à disposição do governo Jair Bolsonaro para ser usado “em favor de campanhas para o combate à Pandemia de Coronavírus – COVID19, ou a amenizar suas consequências econômicas”.

Segundo o magistrado, a “pandemia que assola toda a Humanidade é grave, sendo descabidas, aqui, maiores considerações sobre aquilo que é público e notório”. “Que tem afetado de forma avassaladora a vida do país”.

“Além da pandemia, e por causa dela, a crise econômica não é mais uma perspectiva. É concreta, palpável. Milhões de trabalhadores informais, autônomos e vários outros, em todo o país, já passam por dificuldades de ordem alimentar inclusive. O fechamento da maioria dos segmentos do comércio, nas maiores cidades brasileiras, tem gerado quebra e desemprego em massa. A economia preocupa tanto ou até mais do que a própria epidemia”, escreve.

De acordo com o juiz, os “sacrifícios que se exigem de toda a Nação não podem ser poupados apenas alguns, justamente os mais poderosos, que controlam, inclusive, o orçamento da União”.

“Nesse contexto a manutenção de fundos partidários e eleitorais incólumes, à disposição de partidos políticos, ainda que no interesse da cidadania (Art. 1º, inciso II da Constituição), se afigura contrária à moralidade pública, aos princípios da dignidade da pessoa Humana (Art. 1º, inciso III da Constituição), dos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa (Art. 1º, inciso IV da Constituição) e, ainda, ao propósito de construção de uma sociedade solidária (Art. 3º, inciso I da Constituição)”, escreve.

Josias de Sousa Brasil (apoiador de Bolsonaro) está envolvido em um dos maiores esquema de corrupção de Tuntum

Um dos maiores apoiadores e cabo eleitoral de Bolsonaro em Tuntum, Josias de Sousa Brasil, militante do atual governo que mais repudiou os esquemas de corrupção do Brasil realizado pelo PT, agora está envolvido juntamente com sua filha Mycaely Becasa em um dos maiores esquemas de corrupção já realizado no município.

De acordo com informações, ele e a filha estão recebendo o mensalão (salários sem trabalhar) do prefeito Tema Cunha.

Informações dão conta que Josias de Souza Brasil e a filha Mycaely Becasa Andrade Brasil, estão há mais de um ano recebendo salários fantasmas da Prefeitura Municipal de Tuntum.

O objetivo do esquema é dar sustentação ao grupo político do prefeito Tema Cunha, líder do maior esquema de corrupção do Maranhão com salários fantasmas.

Mycaely mora em Caxias MA há mais de 250 km de Tuntum.

Duarte anuncia projeto para reduzir salário em 50%, mas não protocola na AL

O deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos) parece estar apenas jogando para a plateia para faturar com o novo coronavírus (Covid-19).

Em um vídeo compartilhado nas redes, ele anuncia que, junto com outros parlamentares, protocolou um projeto de lei para reduzir os salários de todos os deputados estaduais em 50% nesse período de pandemia.

“Para que essa verba possa ser destinada para beneficiar aqueles que, de algum modo, perderam seu salário, perderam seus empregos, ou tiveram perdas nos seus rendimentos”, declarou.

Após apuração de contudo, foi identificado que nenhum projeto com esse teor foi protocolado na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa até esta terça-feira, segundo atesta certidão obtida com exclusividade.

Em Amapá do Maranhão, Nelene Gomes e Milton Lemos recebem apoio de empresários, comerciantes e lideranças

Durante todo o dia 04 de abril, em ato de filiação dos partidos PDT, PSDB e REPUBLICANOS, em horário estabelecido, foram filiados empresários, comerciantes locais e lideranças políticas e comunitárias.

Mostrou a força e respeito de líderes políticos como Milton, Avenir e Nelene, confirmado pela presença, pelos abraços e palavras de apoio, e numa só voz todos UNIDOS POR AMAPA, buscando recuperar administrativamente, social e economicamente o município, e dizer de viva voz que assim é que se faz democracia com a participação popular.

Analise nas fotos cada momento:

Brasil terá pico de Covid-19 em abril e maio, e vírus deve circular até meados de setembro, afirma Mandetta e especialistas em relatório técnico

Um relatório técnico assinado pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e especialistas em saúde afirma que o Brasil terá pico dos casos de Covid-19 em abril e maio e que o país continuará enfrentando a pandemia até meados de setembro. O texto foi publicado nesta terça-feira (7) na “Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical” e divulgado pela agência de notícias científicas Bori.

O texto fala sobre como o Brasil enfrenta a pandemia, traz a cronologia das ações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do país, e alerta para o período de outono e inverno, em que há maior ocorrência de doenças respiratórias. O relatório também cita medidas como isolamento social e uso de máscaras como formas de conter a pandemia no Brasil.

“Embora o Brasil esteja tentando implementar medidas para reduzir o número de casos, principalmente focados no isolamento social, um aumento nos casos de Covid-19 é esperado nos próximos meses. Vários modelos matemáticos mostraram que o vírus estará circulando até meados de setembro, com um pico importante de casos em abril e maio”, diz o relatório, sem citar números.

OAB reage a balanço de Mandetta no cargo e reforça ação contra Bolsonaro no STF

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) reagiu à ameaça de perda do cargo do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e reforçou ação no Supremo Tribunal Federal (STF) em que pede que a Corte obrigue o presidente Jair Bolsonaro a seguir orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Na noite desta segunda-feira, 6, o ministro afirmou que permanece no cargo. Outros ministros do governo e os presidentes do Senado, da Câmara e do STF agiram nos bastidores para impedir sua demissão.

Na ação, a OAB quer que o STF obrigue Bolsonaro a seguir medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (covid-19) que não contrariem as orientações técnicas e sanitárias das autoridades nacionais (Ministério da Saúde) e internacionais (Organização Mundial da Saúde).

A entidade também requer à Corte que determine que o Planalto que respeite determinações de governadores e prefeitos quanto a aglomerações e não interfira na atividade de técnicos da pasta da Saúde. O ministro do STF, Alexandre de Moraes, determinou que Bolsonaro apresentasse explicações sobre se o governo tem seguido as orientações da OMS.

 

No facão: Bebedeira entre amigos quase acaba em assassinato em Bacabal

Um homem identificado como Edmilson Alves Coelho foi vítima de uma tentativa de assalto, nesta segunda-feira (06), no bairro pantanal, no município de Bacabal.

De acordo com informações o principal suspeito é um homem conhecido como Pedro Henrique acusado de efetuar vários golpes de facão em Edmilson.

Testemunhas que presenciaram o caso relatam que os dois estavam em um sitio ingerindo bebida alcoólica, quando de repente começaram a discutir. Após a discussão Pedro teria saído do local e minutos depois voltou desferindo vários golpes de facão na vítima. Edmilson fugiu das agressões entrando em sua residência.

Logo após o crime a vítima foi socorrida e levada para o hospital Laura Vasconcelos em estado grave. Pedro fugiu do local do crime.

Coronavírus: em clima de festa, população ignora risco de contaminação, enquanto cresce número de suspeitos infectados

Os números de casos registrados de infectados pelo novo coronavírus no Maranhão começa a assustar as autoridades de saúde no estado. De acordo com Secretaria de Estado da Saúde (SES), subiu para 172 o número de casos confirmados da doença.

O estado também registrou a quarta morte por COVID-19. Trata-se de uma idosa, de 74 anos, que estava internada desde o dia 29 de março no Hospital São Luís. Ela já tinha histórico de doença do coração.

Novos casos foram registrados em São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Cajapió e Imperatriz. Sobre os casos ainda em investigação, o estado já possui 1218 casos suspeitos, segundo a SES.

Enquanto isso, em clima de férias, a população continua andando desprevenida pelas ruas, em praias e bares.