Homem é preso em Tuntum com aproximadamente 4,3 kg de maconha prensada

Um elemento foi preso dentro de um ônibus no povoado Arara, no município de Tuntum no Maranhão. De acordo com a polícia, no momento da prisão o rapaz que não teve sua identidade revelada, portava de uma mochila com aproximadamente 4,3 kg de maconha prensada.

Os PM’s que encontraram o suspeito no povoado, deram voz de prisão ao indivíduo que não reagiu. Logo em seguida, policias locados no centro da cidade foram até o local e levaram o suspeito até a delegacia do município de Tuntum, onde será realizado os procedimentos legais.

Homem acusado de homicídio e tráfico de drogas é preso novamente em São José de Ribamar

Daniel Santos Marques, de 24 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (19) no bairro J. Câmara, em São José de Ribamar.

No momento da prisão, o indivíduo foi encontrado com uma quantidade de maconha e um pássaro silvestre. De acordo com a polícia, Daniel já foi condenado e responde a processos por tráfico de drogas, associação criminosa, receptação e homicídio doloso.

Desta vez, Daniel e outros comparsas renderam várias pessoas dentro de uma escola e roubaram celulares, documentos pessoais, cartões de crédito, R$ 3 mil e um carro.

Após o crime, a polícia localizou o grupo que foi conduzido à delegacia, eles negaram a autoria do crime, mas foram reconhecidos pelas vítimas.

Padrasto é suspeito de abuso sexual contra criança de dois anos, que foi espancada pela mãe

Um homem identificado como “Jeizon Pintor” está sendo procurado pela polícia. Ele é suspeito de participar das agressões e ter abusado sexualmente de uma criança de dois anos que foi espancada pela própria mãe, no município de Presidente Dutra.

De acordo com as investigações, a menina foi agredida com chutes no tórax, no rosto e na cabeça, além de ter parte do couro cabeludo arrancado e o baço rompido. A criança está internada em um hospital, com estado de saúde estável.

Ironilde de Sousa Barbosa, mãe da criança, já está presa. O Ministério Público do Maranhão vai propor que a guarda da menina fique com a avó materna.

Funcionários da Equatorial descumprem ordem judicial e cortam energia de casa no bairro Anil

Uma moradora da Rua Tarquínio Lopes, no bairro do Anil, registrou no Plantão Central da Rua do Norte, no centro da cidade, mais uma denúncia envolvendo funcionários da Equatorial Maranhão.

De acordo com uma consumidora, identificada como Conceição de Maria Moreno Nogueira, os funcionários da empresa cortaram a energia da sua casa, ignorando uma liminar da justiça que evita a suspensão do fornecimento de energia até que haja uma decisão em uma ação que ela move na justiça contra a Equatorial Maranhão.

A vítima informou na delegacia que tem uma filha que faz hemodiálise, e mesmo assim o servidores da empresa realizaram a operação.

Ao tomar conhecimento do caso, o delegado Ronilson Moura determinou que a energia da casa de Conceição fosse restabelecida.

Presidente Dutra: menina de dois anos perde o baço, após sofrer agressões da própria mãe

Em Presidente Dutra, uma mulher suspeita de espancar a própria filha de apenas 2 anos de idade foi presa dentro de um hospital público da cidade, onde a criança estava internada.

De acordo com a polícia, Ironilde de Sousa Barbosa, de 28 anos, mãe da menina, teria levado a filha ao hospital já bastante lesionada, o que chamou atenção da equipe médica que acionou o Conselho Tutelar, o qual comunicou o caso à polícia.

A delegada Elen Coelho relatou que foi a própria criança que informou à equipe médica que a mãe havia lhe agredido. Ironilde de Sousa foi presa em flagrante e apresentada na Delegacia Especial da Mulher, de Presidente Dutra.

A criança foi submetida à cirurgia de laparotomia exploratória e acabou perdendo o baço. Mas o estado de saúde da menina é estável.

Ironilde de Sousa Barbosa foi encaminhada à Unidade Prisional de Presidente Dutra, onde ficará à disposição da Justiça.

O valentão: Homem derruba portão de condomínio após brigar com sua companheira

Moradores de um condomínio situado no bairro Cohama, em São Luís, gravaram o momento em que um homem identificado apenas como Emanuel derrubou o portão do local, após brigar com a sua companheira.

De acordo com os moradores, o registro foi feito após o homem ter brigado com a sua companheira. O indivíduo, estava completamente alterado e os moradores também ficaram assustados com a reação do homem.

O delegado Gustavo Alencar investiga o que teria motivado a ação de Emanuel. O suspeito vai responder pelo crime de dano.

Além do portão que foi danificado, o suspeito também quebrou a porta do apartamento da sua companheira. Até agora nenhuma queixa foi registrada na Delegacia da Mulher.

Homem é preso após assassinar mulher a golpes de faca, em Maracaçumé

A polícia capturou um homem suspeito de assassinar sua companheira no município de Maracaçumé. O autor do crime estava foragido, mas acabou sendo encontrado pela policia.

Famoso músico da cidade, “Zico Pagodeiro” teria cometido o crime de feminicídio motivado por ciúmes.

A vítima, identificada como Ildelene, foi morta com golpes de faca, na tarde deste domingo (16).

Apoiado por Eduardo Braide, pré-candidato à prefeitura de Paço do Lumiar é dono de restaurante acusado de práticas racistas

O pré-candidato à prefeitura de Paço do Lumiar e dono do Restaurante Flor de Vinagreira, Francisco Neto, coleciona várias acusações de práticas racistas relacionadas ao atendimento dos seus funcionários em seu estabelecimento localizado no Centro Histórico de São Luís.

Francisco Neto continua afirmando que será candidato a prefeito de Paço e, para isso, conta com total apoio do pré-candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide.

Com o discurso de combate a política suja no estado, Francisco declarou no ano passado que iria acabar com as brigas, confusões e roubalheiras em Paço do Lumiar. Mas como já percebemos, esse discurso já está vencido e Francisco pode ser mais um impostor dentro da política maranhense.

No ano passado em uma entrevista para a Maiobão TV, Francisco chegou a chamar as crianças do município de desnutridas e comedoras de barro:

“Pensando nisso comecei a andar nos bairros, vi coisas de verdadeiras “Etiópias” dentro de Paço do Lumiar que eu nem imaginava que tinha, crianças desnutridas, com a barriga imensa, comendo barro.”

Com esses discursos cheios de preconceitos e ódios, Francisco Neto, apoiado por Eduardo Braide, pretende se tornar prefeito de Paço do Lumiar. Qual seria o motivo para que Braide compactuasse com alguém tem esse tipo de pensamento?

Mecânico é vítima de latrocínio, em Santa Inês

Um mecânico identificado como Tiago Fernando Dias foi assassinado na madrugada do último domingo (16), município de Santa Inês.

De acordo com a polícia, Tiago foi encontrado morto no bairro Mutirão, situado na periferia de Santa Inês. Durante o crime, a motocicleta dele foi roubada, o que pode ter relação com um crime de latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Segundo testemunhas, a vítima foi vista sendo perseguida por bandidos que queriam levar sua motocicleta. Durante a perseguição, Tiago teria abandonado o veículo e retirado a chave, mas acabou sendo alcançado pelos homens.

Tiago Fernando Dias foi encontrado com ferimentos na cabeça. A polícia investiga o caso.

Constantes atos de racismo cometidos pelo restaurante Flor de Vinagreira precisam ser investigados pelo Ministério Público

Neste final de semana foi registrado mais um dos diversos casos e relatos de práticas racistas cometidas pelo restaurante Flor de Vinagreira, localizado no Centro Histórico de São Luís.

Dessa vez, a vítima foi uma mulher identificada como Carla Coreira, que usou uma rede social para denunciar o caso. De acordo com a vítima, ela foi barrada por um segurança do estabelecimento, quando se aproximava para cumprimentar uns amigos brancos que estavam sentados em uma das mesas do restaurante, que fica em uma calçada do Reviver.

Ao ver a situação, o segurança teria ido até a mesa perguntar se Carla estaria incomodando os clientes. Essa não é a primeira e, talvez nem a última vez, que o restaurante é acusado de racismo.

Em dezembro do ano passado, um jovem negro identificado como Guilherme também foi vítima de racismo por um segurança do Flor de Vinagreira. De acordo com Guilherme, o caso aconteceu quando o mesmo iria entrar no estabelecimento e um segurança impôs a mão na porta que estava livre e perguntou: “para onde você vai?”, bloqueando apenas a passagem dele e não de outros clientes.

Guilherme atribui o fato à cor de sua pele e por estar de chinelo e moletom enquanto outros clientes brancos também “desarrumados” não foram barrados.

Ainda segundo Guilherme, na sua saída do restaurante ele teria pedido mais respeito por parte do segurança, e o mesmo sorriu com desdém. Um outro segurança do estabelecimento ainda se aproximou para intimidá-lo.

Como se não bastasse os proprietários do restaurante, de maneira ridícula e com discursos fracos, feitos e repetitivos, constantemente entram nas suas redes sociais para prestarem esclarecimentos negando as atitudes dos seus funcionários.

O restaurante que é do empresário e presidente do Sindicatos dos Bares e Restaurantes Francisco Neto, é muito frequentado por turistas que visitam a cidade.