INSEGURANÇA! Carro de secretário do estado é alvejado a tiros no Coroadinho

Um veículo que levava o secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior (PCdoB), para uma ação do “Cheque Minha Casa” foi atingido por uma bala perdida na tarde deste sábado (3), na capital São Luís.

De acordo com informações o caso ocorreu no bairro Coroadinho, durante um acerto de contas, um homem teria disparado seis tiros e um deles acabou acertando o retrovisor do carro de Rubens Jr, que estava fazendo uma visita próximo ao local

Colaborador da Rede Mateus é suspeito de fraudar cartões para comprar e revender produtos da empresa

Uma operação realizada pela Polícia Civil resultou na prisão  de um colaborador da Rede Mateus do bairro João Paulo. Ele é suspeito de fraudar cartões de crédito da empresa para comprar produtos do próprio estabelecimento.

Na ação policial que resultou na prisão de Genilson  de Lima, de 28 anos; também foi detido Lucas Mota Alves, 21 anos.

Segundo Thiago Dantas, titular  da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), a fraude era realizada pelo sistema de Prevenção e Perdas do Supermercado Mateus, do João Paulo, possibilitando os envolvidos realizarem compras. Com a compra autorizada, a própria empresa realizava entrega no endereço fornecido por eles.

Durante a ação, no bairro Redenção, na residência do Lucas  Mota , que é ex-funcionário do Mateus foi apreendido um fogão. Ele seria o responsável por receber as mercadorias e revendê-las. As mercadorias subtraídas indevidamente estão avaliadas em R$ 100 mil.

Além de Genilson (mentor da fraude) e Lucas, foi identificado um terceiro suspeito,cujo nome é Lenilson Passinho Silva, responsável também por receber as mercadorias.

A polícia não descarta a possibilidade da suspeita de mais envolvidos, que consequentemente,  serão investigados.

Os presos nessa primeira fase da operação, foram autuados  pelos crimes de furto mediante fraude e associação criminosa. Após procedimento legal, Genilson e Lucas foram encaminhados ao sistema penitenciário de Pedrinhas.

Preso suspeito de estuprar e matar adolescente em Morros

A Polícia Civil  prendeu Tadeu Santos Diniz, de 23 anos. Ele é apontado de ser o autor do homicidio que teve como vitima a adolescente Maria Francisca Dutra Diniz, 17 anos.

Exames de DNA apontaram que Tadeu Santos Diniz estuprou e matou a adolescente Maria Francisca Dutra Diniz, de 17 anos. — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Segundo a polícia, a prisão foi possível após  exames de DNA que constataram compatibilidade com o material genético encontrado no corpo da jovem. Além de ser vitima de estupro, o laudo do  Instituto Médico Legal (IML) também  constatou que Maria foi morta por asfixia .

No decorrer do inquérito de investigação, a polícia descobriu que Maria era procurada por Tadeu, mandava mensagens e que queria ter um relacionamento amoroso, mas ela não queria e acabou namorando com outro jovem.

Com os resultados dos exames, a Polícia Civil pediu pela prisão preventiva de Tadeu, o que foi cumprido na segunda-feira(29), na cidade de Morros. Após a prisão, ele foi encaminhado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Rosário.

Relembre sobre o caso

O corpo de Maria foi encontrado pelo namorado em um terreno baldio, e com sinais nas unhas que indicam que ela teria arranhado o assassino. O crime ocorreu em fevereiro deste ano quando a adolescente voltava para a sua casa.

Polícia prende homem em frente ao condomínio Jardins

A Polícia acaba de realizar uma abordagem que culminou  na detenção de um homem em frente do condomínio Jardins, localizado na Avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís.

A nossa redação aguarda informações oficiais da assessoria de Comunicação da SSP para divulgar  detalhes sobre ação policial realizada na tarde desta terça-feira (30).

Veja a seguir  a imagem do momento da prisão:

Justiça mantém prisão de três investigados por hackear celular de Moro e outras autoridades

Foto: Reprodução/TV Globo

O juiz da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, Vallisney de Souza Oliveira, decidiu nesta terça-feira (30) manter a prisão de três dos quatro investigados por envolvimento na invasão de celulares de autoridades do país.

Gustavo Santos, Suelen Priscilla de Oliveira e Danilo Marques vão continuar detidos até quinta-feira (25), quando se encerra o prazo da prisão temporária. O juiz ainda vai decidir o que acontecerá com Walter Delgatti Neto, conhecido como Vermelho.

A decisão do magistrado aconteceu após audiência de custódia para ouvir os presos na Operação Spoofing, deflagrada na última terça-feira (23). A operação ocorreu nas cidades de São Paulo, Araraquara e Ribeirão Preto e prendeu : Gustavo Santos, Suelen Priscilla de Oliveira, Danilo Marques e Walter Delgatti Neto. Todos tiveram prisão a provisória renovada na sexta-feira (26).

O nome da operação é uma referência à uma “falsificação tecnológica que procura enganar uma rede ou uma pessoa fazendo-a acreditar que a fonte de uma informação é confiável quando, na realidade, não é”, segundo a definição da Polícia Federal (PF).

A investigação começou após a divulgação de trocas de mensagens atribuídas ao então juiz federal Sergio Moro e ao coordenador da Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol, por meio do aplicativo Telegram.

Homem é autuado pela Polícia Civil por fabricação de arma caseira em João Lisboa

Jean Ferreira Lima foi autuado pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e caminhado para a Delegacia de Polícia Civil de João Lisboa — Foto: Divulgação/Polícia

 Jean Ferreira Lima, de 29 anos, foi preso na última segunda-feira (29). Ele é suspeito de fabricar armas de fogo  no município de João Lisboa.

Segundo informações  policiais, Jean Ferreira foi detido após denúncias que ele estava ameaçando  um morador no Povoado Bom Lugar, situado na zona rural de João Lisboa.

Ainda segundo a polícia, chegando na residencia do Jean, os agentes  encontraram cinco armações para arma de fogo, seis cartuchos deflagrados, cinco canos para armações de arma de fogo e dois cartuchos não deflagrados.

Diante do flagrante, Jean Ferreira Lima foi autuado pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e caminhado para a Delegacia de Polícia Civil de João Lisboa, onde ele permanecerá  à disposição da Justiça.

Beneficiado com saída temporária é recapturado no MA

Francisco de Assis Morais foi encaminhado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Zé Doca — Foto: Divulgação/Polícia

Francisco de Assis Morais, de 26 anos, foi recapturado na quinta-feira (25) no município de Zé Doca, a 302 km de São Luís. Ele tinha sido beneficiado com a saída temporária do Dia das Mães ocorrida no último mês de maio.

Francisco de Assis Morais, de 26 anos, foi recapturado na quinta-feira (25) no município de Zé Doca, a 302 km de São Luís. Ele tinha sido beneficiado com a saída temporária do Dia das Mães ocorrida no último mês de maio.

Francisco de Assis Morais, de 26 anos, foi recapturado na quinta-feira (25) no município de Zé Doca, a 302 km de São Luís. Ele tinha sido beneficiado com a saída temporária do Dia das Mães ocorrida no último mês de maio.

Maranhão tem 7 vezes menos policiais civis que o número recomendado pela ONU

Segundo o Sinpol, faltam viaturas em São Luís — Foto: Reprodução/TV Mirante

O número de policiais civis no Maranhão é sete vezes menor que o recomendado pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O efetivo total do Maranhão com 7.035.055 habitantes é de 2.135 policiais ativos, o que equivale a um policial para cada 3.295 habitantes. Bem acima do que a ONU recomenda que é de um policial para 450 habitantes.

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão (Sinpol-MA), Elthon Neves, o crescimento da população no estado não é equivalente ao número de policiais em serviço no Maranhão.

“Antigamente nós tínhamos plantões que chegavam a ter dez policiais. Hoje nós temos no máximo quatro e as vezes até menos que isso. Ou seja, aumentou-se a população, cresceu-se exponencialmente a criminalidade e numa ilógica absurda diminui-se o efetivo dos plantões”, revelou o presidente do Sinpol.

Além dos dados apresentados pela Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis, há números apresentados recentemente pelo Sinpol. Os números tratam da aposentadoria de aproximadamente 300 policiais civis nos próximos meses.

Elthon Neves ressalta que a ausência de concursos também dificulta o aumento de policiais. “Sem uma perspectiva de concurso que realmente possa sanar esta problemática da falta de efetivo que não atinja apenas os plantões mais todas as delegacias da capital, todas, sem exceção, faltam policiais”.

O presidente do Sinpol disse que dos cinco plantões centrais visitados pelo sindicato apenas um possuía uma viatura funcionando. “Dos cinco plantões centrais visitados apenas um único plantão, que era o da Vila Embratel, tinha a viatura funcionando. Os outros quatro todas as viaturas se encontravam paradas sem funcionamento, o que é um absurdo”, finalizou Elthon Neves.

Do G1

PRF apreende caminhonete com documentação falsa na BR-135

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na última quinta-feira (25) uma caminhonete modelo Hilux com documentação falsa, na BR-135, no bairro Pedrinhas.

Segundo informações  da PRF, uma equipe de policiais rodoviários  estavam no km 14 da BR 135, na capital, quando abordou e fiscalizou um carro de cor branca. Durante a minuciosa busca, os policiais constataram adulteração de alguns elementos identificadores da caminhonete e do documento do veiculo.

 Ainda de acordo com a PRF,foi encontrado  na posse do condutor vários aparelhos celulares e outros objetos.

O condutor do veículo e os equipamentos encontrados  foram encaminhados para a Delegacia  de Pedrinhas para as providências legais.

Quadrilha explode agência do Banco do Brasil no município de Rosário

Bandidos explodiram agência do Banco do Brasil da cidade de Rosário na madrugada desta quinta-feira (25) — Foto: Divulgação/Polícia

Uma quadrilha integrada por quatro homens explodiu  na madrugada desta quinta-feira (25), a agência do Banco do Brasil, no município de Rosário.

Segundo informações policiais, a ação criminosa aconteceu por volta das 4h,onde os  bandidos usaram um veículo de passeio para praticar o crime.

Ainda de acordo com a polícia, os criminosos utilizaram uma banana de dinamite para explodir um dos caixas eletrônico. Apesar da ação criminosa, nenhuma quantia em dinheiro foi levada,  pois o ato foi interrompido com a chegada dos policiais.

“Eles explodiram um dos caixas da agência com a ajuda de uma banana de dinamite, mas não levaram nenhuma nota. Nós ainda encontramos mais quatro bananas de dinamite intactas perto do caixa destruído”, revelou o  comandante do Batalhão do 27º Batalhão de Polícia Militar de Rosário, major Francisco Pereira.

O major Francisco Pereira disse também que os bandidos fugiram no sentido do Povoado São Simão, em Rosário, e seguiram em direção a uma estrada vicinal.

A polícia já localizou o veículo usado no crime e os criminosos já foram identificados. A equipe da Polícia Militar daquele região está recebendo apoio do Centro Tático Aéreo (CTA) que realiza diligencias para prender os envolvidos no crime.