Prefeito de Lago da Pedra, Laércio Arruda é investigado por supostamente não pagar funcionários que estão apoiando opositor

O prefeito e candidato a reeleição do município de Lago da Pedra, Laércio Arruda está sendo investigado por suposto abuso de poder após se negar a efetuar o pagamento de funcionários que estão apoiando um candidato opositor.

De acordo com informações o mandatário teria deixado de efetuar pagamento da remuneração das Assistentes Sociais do CRAS do bairro Vieira Neto após ter ciência de que as servidoras apoiariam o candidato a oposição, existindo indícios de abuso de poder político.

O Ministério Público considera que o abuso de poder político atenta contra a isonomia de oportunidades dos candidatos e contra a liberdade de escolha dos eleitores, afetando a normalidade e a legitimidade das eleições, e por isso decidiu instaurar um Procedimento Preparatório Eleitoral.

O prefeito Laércio Arruda tem o prazo de cinco dias para apresentar por e-mail a folha de pagamento atualizada dos assistentes sociais lotados no CRAS Bairro Vieira Neto, em Lago da Pedra.

Candidatos e partidos têm até domingo para enviar prestação parcial das contas de campanha

Até domingo (25), partidos políticos devem enviar à Justiça Eleitoral a prestação de contas parcial referente às Eleições Municipais 2020. Todos os candidatos, independentemente de estarem com o registro deferido ou não, deverão encaminhar a prestação de contas parcial por meio do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE).

Devem constar da prestação de contas parcial toda a movimentação financeira e/ou estimável em dinheiro ocorrida do início da campanha até o dia 20 de outubro, conforme previsto na Resolução TSE nº 23.627/2020, que instituiu o novo calendário das Eleições 2020, em razão da pandemia de Covid-19.

De acordo com o artigo 47, parágrafo 6º, da Resolução TSE nº 23.607/2019, a não apresentação da prestação de contas parcial ou a sua entrega de forma que não corresponda à efetiva movimentação de recursos caracteriza infração grave, salvo justificativa acolhida pela Justiça Eleitoral, que será apreciada no julgamento da prestação de contas final.

Os dados das prestações de contas parciais serão divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral no dia 27 de outubro, por meio do sistema DivulgaCandContas.

Sobre a prestação de contas – A prestação de contas é um dever de todos os candidatos, inclusive vices e suplentes, e dos diretórios partidários. Essa é uma medida que garante a transparência e a legitimidade da atuação partidária no processo eleitoral.

O candidato que renunciar à candidatura, dela desistir, for substituído, ou tiver seu pedido de registro indeferido pela Justiça Eleitoral deverá prestar contas correspondentes ao período em que participou do processo eleitoral, mesmo que não tenha realizado campanha. Se houver dissidência partidária, os dissidentes também deverão prestar contas.

Elaboração e prazos para envio

Para elaborar as prestações de contas, parciais e finais, a Justiça Eleitoral disponibiliza o Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE). Importante ressaltar que a ausência de prestação de contas parciais pode repercutir na regularidade das contas finais, bem como na apresentação de contas cuja movimentação não corresponda à realidade.

Ficha Limpa! Líder nas pesquisas Professora Rosinha tem candidatura deferida Pela Justiça Eleitoral

A Prefeita de Cururupu, Prof. Rosinha (PC do B), teve a sua candidatura aceita pela justiça eleitoral, derrubando cabalmente qualquer falácia dos seus adversários que espalhavam que ela não seria candidata.

O Tribunal Regional Eleitoral-TRE, através do juiz DOUGLAS LIMA DA GUIA
Juiz Eleitoral da 14a ZE – Cururupu/MA, seguindo o Parecer do Ministério Publico Eleitoral, prolatou sentença pelo Deferimento do Registro, e ausência de inelegibilidades.

Rosinha é a prova que é ficha limpa e que administra Cururupu com responsabilidade e compromisso, sendo exemplo em toda a Região da Baixada Maranhense.

DESESPERO

Os Planos absurdos dos Opositores de Rosinha, Liderados pelo candidato liminar Aldo Lopes (PSB), caíram completamente por terra.

Mesmo cientes que não existia qualquer motivo para indeferimento do Registro de Rosinha, protocolaram Impugnação, única e exclusivamente no intuito de criar um fato politico, o que foi totalmente rechaçado pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Professora Rosinha mostra-se cada vez mais preparada para melhorar Cururupu-MA, e seu nome, tem causado bastante dor de cabeça a políticos da região, sendo constante a adesão de lideranças e apoiadores.

Mauro Cesar diz que gestão será voltada às pessoas

O candidato a vice do PROS, o médico Mauro César, foi entrevistado nesta quarta-feira (21), no programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, com Jorge Aragão. Ele destacou que a sua candidatura e a de Yglésio mostra que é possível fazer política de forma diferente.

“A nossa cidade tem um grande potencial cultural, turístico e econômico. A gente olha como nossa cidade está e é bem diferente de como ela poderia ser. A nossa intenção, minha e de Yglésio é mostrar que é possível se fazer a política correta. Quando eu sair daqui eu vou para o meu consultório. O Yglésio está atendendo agora. Depois, mais tarde nós estaremos nos bairros, nas comunidades. Por isso nós acreditamos que é possível fazer política de forma diferente”, disse.

Mauro César disse que a prioridade da gestão do PROS será as pessoas. “Eu quero fazer uma gestão para as pessoas. Eu não posso deixar de dizer que a saúde será a melhor na nossa gestão, mas nós escolhemos no nosso programa a gestão das pessoas. O carro-chefe será cuidar das pessoas, principalmente aquelas menos favorecidas”, disse.

O candidato falou sobre as propostas na área de saúde. “O nosso programa tem 180 páginas. Apresentamos o contexto da situação, o que está sendo proposto e de onde vão ser tirados os recursos. Vamos diminuir o drama da marcação de consulta com realização de exames no mesmo local. Tem candidato ai dizendo que vai acabar com a fila de urgência e emergência. Isso não existe. Não existe fila para isso porque se você se acidentou é atendido imediatamente. Isso é desconhecimento. A superlotação existe porque não existe um hospital de retaguarda. Vou dar um exemplo. A Santa Casa poderia ser um hospital de retaguarda do Socorrão e ajudaria a eliminar as filas e os corredores lotados no Socorrão. Vamos apresentar também o sistema de marcação de consultas por meio de um aplicativo com direito ao passe livre. Vamos investir no
serviço de radioterapia e ampliar o horário de atendimento das unidades de saúde”, destacou.

Mauro César destacou a preocupação com a cultura maranhense. “Nós temos uma riqueza cultural muito grande e muitas capitais que não tem essas atividades culturais o ano inteiro e nós não. A nossa ideia é realizar uma agenda cultural anual para nossas manifestações para que possamos atrair o turismo também. A cultura terá total apoio na nossa gestão. Vamos fazer festivais de música, de teatro…”.

O candidato do PROS disse que a prioridade na educação será a recuperação do ano letivo perdido por conta da pandemia do novo coronavírus. “Precisamos que a criança recupere o conteúdo e não o tempo”, finalizou

MP investiga prefeito de Loreto, Marfran Bringel, por suposta irregularidade em contrato com COSMANG

Após denúncia de supostas irregularidades cometida pelo prefeito do município de Loreto, Marfran Bringel, o Ministério Público instaurou um inquérito civil para apurar anormalidades em gastos efetuados com limpeza pública, em serviços prestados pela Empresa COSMANG no ano de 2018.

Na apuração, o MP solicitou ao DETRAN-MA informações acerca de todos os veículos registrados em nome da empresa Construções, Serviços e Locações – EIRELI-EPP (COSMANG) no CNPJ 09.489.502/0001-00.

Também foi solicitado ao Ministério do Trabalho informações acerca de todos os trabalhadores vinculados da empresa. Além disso foi enviado à Comarca de São Raimundo das Mangabeiras uma Carta Precatória Ministerial solicitando apoio no sentido de realização de vistoria na sede da empresa que está locada no município, para que seja constatada a estrutura física e pessoal do estabelecimento.

Difusora de Weverton vai pra cima de Fábio Macedo

A Difusora, emissora do senador Weverton Rocha, fez uma reportagem especial contra o deputado estadual do Republicanos, Fábio Macedo. Ambos chegaram a ser aliados e membros do mesmo partido, o PDT.

Em reportagem sobre situação de Fábio Macedo com sua ex-mulher, a emissora diz que o parlamentar tem histórico de violência e usa vídeos, imagens e áudios, além de enumerar situações, para caracterizar Fábio Macedo como uma pessoa violenta.

A emissora do senador foi a única no Maranhão que fez até reportagem especial para narrar o caso.

Santo Amaro: moradores do povoado Travosa reclamam de obra abandonada pela prefeita Luziane Lisboa, há mais de 7 anos

Os moradores do município de Santo Amaro do Maranhão denunciam que a prefeita Luziane Lisboa abandonou completamente, há mais de 7 anos, a obra de uma escola que deveria ser construída no povoado Travosa.

Em vídeo publicado na internet, uma moradora mostra sua indignação e exige que o poder público tome providências. Nas imagens, é possível ver os escombros da obra, tomado por matos e sujeiras. Também não foi notada a presença de nenhum trabalhador no local.

Veja o vídeo:

Prefeita de Santa Luzia, França do Macaquinho segue esvaziando os cofres do município

A prefeita de Santa Luzia do Maranhão, França do Macaquinho, segue esvaziando os cofres públicos municipais. Mesmo diante do momento de pandemia, no qual as atividades da prefeitura estão acontecendo de forma remota, a gestora segue realizando contratos milionários causando danos ao erário.

Em um novo contrato, França do Macaquinho vai estourar quase meio milhão de reais para aquisição de combustível. Com o contrato a empresa R. P. Mota Junior _ EIRELI, vai faturar exatos R$ 431.950,00. (quatrocentos e trinta e um mil, novecentos e cinquenta reais). O objeto está especificado como “Aquisição de Combustíveis para Atender as Necessidades da Frota do Município de Santa Luzia e suas secretarias”.

De acordo com uma moradora, França do Macaquinho é precursora da pior gestão do município de Santa Luzia do Maranhão. Ainda de acordo a moradora, o município atravessa gravíssimos problemas na saúde pública, infraestrutura e educação.

Os últimos contratos selados pela gestora são suspeitos de superfaturamento pela própria população do município, que pede a intervenção dos órgãos fiscalizadores para interromper a grande farra com o dinheiro público.

Veja o contrato:

Obra eleitoreira: prefeita de São João dos Patos vai estourar mais de R$ 2 milhões em pavimentação

A prefeita do município de São João dos Patos, Gilvana Evangelista, vai gastar mais de R$ 2milhões em serviço de pavimentação em paralelepípedo no município. Tudo indica que com esse valor absurdo, a cidade não terá mais problemas de asfaltamento.

Em São João dos Patos, os moradores reclamam insistentemente das péssimas condições de ruas e vias da cidade. Um verdadeiro lamaçal que prejudica tanto o tráfego como a saúde da população. Para alguns moradores, esse contrato, além de ser uma obra eleitoreira, é suspeito de superfaturamento, já que os serviços prestados não condizem com o valor pago pelo trabalho.

Com o contrato a empresa J.W. Sousa Lima Eireli-EPP vai faturar exatos R$ 2.719.286,41 (Dois milhões setecentos e dezenove mil duzentos e oitenta e seis reais e quarenta e um centavos). Objeto do contrato está especificado como a contratação de empresa especializada para pavimentação em paralelepípedo, calçadas com acessibilidade e sinalização viária, de ruas, avenidas e travessas no município de São João dos Patos – MA.

O contrato milionário, foi assinado pela Secretária de Administração, Thays Marjunny de Sousa Coelho Campos Araújo. O Ministério Público precisa investigar mais essa investida da prefeita e apurar a denúncia dos moradores de São João dos Patos.

Veja o contrato:

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DOS PATOS – MA EXTRATO DE CONTRATO Nº 14301/2020; PROCESSO ADMINISTRATIVO N°. 14300/2020, TOMADA DE PREÇOS Nº 03/2020. CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DOS PATOS – MA – SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E SERVIÇOS URBANO. CONTRATADA: J. W. SOUSA LIMA EIRELI – EPP, CNPJ nº 08.672.027/0001-32, Av. Domingo Sertão, Nº 150, Bairro: São José, Cidade: Pastos Bons – MA, neste ato representado pelo seu representante legal o Sr. José Wilton Sousa Lima, portador da cédula de identidade RG nº 51.900.296-2 SSP/MA e CPF: 330.240.063-20. Residente domiciliado na Rua Cicero Correia, nº 222, São José, Pastos Bons, Estado do Maranhão.

OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA PAVIMENTAÇÃO EM PARALELEPÍPEDO, CALÇADAS COM ACESSIBILIDADE E SINALIZAÇÃO VIÁRIA, DE RUAS, AVENIDAS E TRAVESSAS NO MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DOS PATOS – MA, VALOR: R$ 2.719.286,41 (Dois milhões setecentos e dezenove mil duzentos e oitenta e seis reais e quarenta e um centavos). DATA DO CONTRATO: 26 de junho de 2020. VIGENCIA DO CONTRATO: O presente contrato terá validade de 1(um) ano a contar da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado nos termos do art. 57 da Lei 8.666/93. Contratante: THAYS MARJUNNY DE SOUSA COELHO CAMPOS ARAÚJO – Secretária de Administração/ Ordenadora de despesas, Contratada: J. W. SOUSA LIMA EIRELI – EPP. São João dos patos – MA, 26 de junho de 2020.

Dino quer mascarar vergonha da derrota de Rubens Jr com eleição da incompetente Paula da Pindoba

Para tentar amenizar a vergonha de não ter seu candidato eleito na capital maranhense, o governador Flávio Dino busca eleger a incompetente Paula Azevedo em Paço do Lumiar. O apoio à prefeita, que vem apresentando péssimo desempenho à frente da administração municipal, é uma tentativa desesperada do gestor estadual mostrar a sua influência na região metropolitana, já que a Prefeitura de São Luís já está perdida.

O desempenho de Rubinho na campanha é lamentável, ainda mais depois que foi diagnosticado com a Covid-19 e precisou suspender as atividades. Assim, certo da derrota de Rubens Jr e tentando se garantir entre as prefeituras da Grande Ilha, Dino manifesta seu apoio à Paula Azevedo, gestora cada vez mais envolvida em contratações irregulares e compras superfaturadas.

Com o apoio, Flávio demonstra que corrobora com as questionáveis e suspeitas práticas de Paula da Pindoba à frente da gestão municipal.