Prefeito Luciano Genésio acompanha obras de construção de estradas vicinais no povoado Vitória dos Bragas


Em Pinheiro, as máquinas intensificaram o serviço de construção das estradas vicinais através do programa pró-vicinais. Na tarde desta quinta-feira, 16, o Prefeito Luciano Genésio vistoriou as obras das estradas que dão acesso ao povoado Vitória dos Bragas, o gestor estava acompanhado dos vereadores Edinildo, Fernando Caminhão, Paulinho Enfermeiro e da secretária de Cultura Alexsandra Koqueiro.

“É como eu tenho dito, o trabalho que temos realizado desde o início do nosso primeiro mandato, foi acompanhado de perto por todos, tenho certeza que o povo da zona rural sentiu a diferença. Reconstruímos mais de 800 km de estradas vicinais ao longo desses 6 anos de mandato. O trabalho continua e daqui de Vitória dos Bragas as máquinas seguirão em frente cumprindo o cronograma da Secretaria de Infraestrutura”, afirmou Luciano Genésio.

O objetivo do trabalho é melhorar a trafegabilidade de veículos e pedestres que precisam usar as estradas diariamente. Esse é só o começo da reconstrução das estradas do polo de Pacas, nesse polo estão previstos mais de 100 km de benefícios. Após finalizar os serviços no polo de Pacas as máquinas seguirão para outras regiões da zona rural de Pinheiro, já está no cronograma o polo da Chapada começando por Ponta de Santana.

Açailândia: prefeito Aluísio Sousa é denunciado pelo Conselho das Pessoas com Deficiência

O Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Açailândia (COMDIPE) protocolou uma denúncia contra o prefeito Aluísio Sousa pela falta de profissionais especializados para o atendimento educacional aos estudantes com deficiência visual e um espaço para produção dos materiais em braile.

Segundo a denúncia, em novembro de 2021 o COMDIPE já havia denunciado a ausência de espaço físico adequado para a produção de materiais em braile para atendimento dos alunos da educação especializada, bem como ausência de materiais didáticos e de profissionais.

A Prefeitura de Açailândia forneceu materiais didáticos, no entanto, persistem as irregularidades quanto ao espaço para produção dos materiais e quantitativos de profissionais especializados.

Maranhão sem Lei: “Liminar não faz carro rodar, não vai encher o bolso dos trabalhadores”, diz presidente do Sindicato dos Rodoviários

“Liminar não faz carro rodar, não vai encher o bolso dos trabalhadores de dinheiro” essa foi a resposta do presidente do Sindicato dos Rodoviários, Matias Ferreiro, ao ser questionado sobre a ordem judicial determinada pelo Tribunal Regional do Trabalho – TRT sobre a colocação de um percentual de 80% da frota de ônibus nas ruas, que atende um pedido da Prefeitura de São Luís.

Matias Ferreiro ainda afirmou que mesmo com a liminar da Justiça do Trabalho, eles vão permanecer parados. Os trabalhadores cobram um reajuste de 15% no salário, vale-alimentação de R$ 800, regularização de direitos em atraso e que seja mantido o cargo de cobrador nos veículos.

Se a ordem judicial não for seguida, uma multa está prevista no valor de R$ 50 mil por dia.

Série de contratos entre a Prefeitura de São Luís e o “Instituto Lógica” que ultrapassam R$ 2 milhões são investigados

Uma série de contratos realizados pela Prefeitura de São Luís por meio da Fundação Municipal de Cultura com a empresa “Instituto Lógica”, que ultrapassam o valor de R$ 2 milhões, são alvos de investigações após indícios de desvios desses recursos.

O Ministério Público instaurou inquéritos que vão apurar as supostas irregularidades na destinação dos recursos públicos nos Contratos de Patrocínio nº 12/2016, no valor de R$ 1.450.000,00 (um milhão quatrocentos e cinquenta mil reais), do Convênio nº 04/2015, no valor de R$ 200.800,00 (duzentos mil e oitocentos reais), e do Convênio nº 21/2014, no valor de R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais), firmado com a Fundação Municipal de Cultura.

 

Inoperância de Paula Azevedo leva MP a investigar denúncia de danos ambientais no Haras Honorato

Inoperância de Paula Azevedo leva MP a investigar mais denúncia de danos ambientais em Paço do Lumiar

Dessa vez o Ministério Público requisitou à Secretaria de Meio Ambiente de Paço do Lumiar que realize vistorias e fiscalize uma área de desmatamento de muitas árvores nativas (babaçu, cedro, pau brasil, etc) no terreno do antigo Haras Honorato.

Um inquérito civil foi aberto com um pedido de relatório da diligência e das medidas administrativas adotadas, que precisam ser entregues ao MP, no prazo de 20 dias. O proprietário do Haras Honorato deverá aparecer no dia 6 de outubro para prestar esclarecimentos sobre a situação na Promotoria de Justiça, preferencialmente por meio virtual (Google Meet).

Em vídeo, Rayssa Leal explica porque não cumprirá programação de recepção em Imperatriz

A skatista e medalhista de prata em Tóquio 2020, Rayssa Leal, cancelou a programação preparada para recepcioná-la em Imperatriz, que seria realizada nesta quarta-feira (28). A atleta justificou que o momento ainda não é adequado para aglomerações e aproveitou o comunicado para incentivar que o público se vacine contra a Covid-19.

Rayssa usou o seu perfil do Instagram para explicar a decisão:

Na programação estava previsto um passeio em um carro aberto do Corpo de Bombeiros do Maranhão pelas principais ruas de Imperatriz. O destino final seria a praça Mané Garrincha, onde ela seria recepcionada por autoridades locais.

 

 

Com capital de R$ 5,9 milhões, Erlânio Xavier vira empresário da especulação imobiliária

O prefeito de Igarapé Grande e presidente da Famem, Erlânio Xavier (PDT), é o mais novo “primo rico” da política maranhense. O braço direito do senador Weverton Rocha (PDT), tem conseguido a façanha de multiplicar sua fortuna ao passo que governa a pobre cidade Igarapé Grande e mantém relações estreitas com prefeitos e prefeitas do Maranhão, por meio da Famem.

Erlânio é o mais novo sócio de uma empresa com capital social de quase R$ 6 milhões. A Farol do Araçagy Patrimonial Ltda, segundo dados da Receita Federal, tem o capital social de R$ 5.917.000,00 e no rol de sócios consta também as imobiliárias Ronierd Barros Empreendimentos Imobiliários e Opport Imobiliária.

Ou seja, Erlânio Xavier, depois de se especializar na compra e venda de combustíveis, agora é o mais novo “grande jogador” da especulação imobiliária. Tarefa fácil para quem ocupa a posição que ocupa, que consegue saber – antes do mercado imobiliário – onde vai ter investimento do setor público e, consequentemente, valorização de lotes, bairros, regiões metropolitanas, etc.

É por isso que o prefeito de Igarapé Grande já está sendo chamado de Erlânio Nigro, em alusão ao consultor financeiro Thiago Nigro, que ensina na Internet como pobres mortais multiplicar o seu dinheiro e fazer investimentos vantajosos. Até Thiago Nigro, o primo rico da Internet, ia ficar espantado com, por exemplo, a compra da Fazenda São Rafael, em que Erlânio se comprometeu em pagar 4 parcelas anuais de R$ 300 mil.

Chuva de Meteoro dever ser a grande atração do céu da noite desta quinta-feira (06)

Uma histórica chuva de meteoro poderá ser vista pelos moradores do estado do Maranhão, em especial os ludovicenses, que serão os mais privilegiados.

De acordo com o pesquisador de Física da Universidade Federal do Maranhão, Antônio Oliveira, o evento espacial vai acontecer nesta quinta-feira (06).

O físico destacou que São Luís está em uma posição privilegiada para ver o fenômeno. No entanto, tudo vai depender das condições meteorológicas e da localização do expectador.

“Para observação da chuva de meteoros não se precisa de equipamentos especiais. São muito rápidos. Basta olhar para o céu noturno. Em especial nós que estamos na região do equador geográfico. No entanto, o tempo está muito fechado”, explica.

O melhor horário para ver a chuva de meteoros será da meia-noite até o amanhecer do dia 07/05. Um lugar ideal seria uma praia, mas nos centros urbanos também é possível ver, se o tempo estiver bom e sem nuvens.

Chuvas de meteoros advém da atração gravitacional da terra como resultado de detritos deixados por algum cometa ou corpo celeste. No caso específico desta quinta-feira (6), a chuva acontece em consequência dos detritos deixados pelo cometa Halley, em sua passagem em maio de 1910.

Maranhão recebe hoje mais 86.600 doses de imunizantes contra a Covid-19

O Maranhão recebe nesta sexta-feira (23), mais 86.600 doses de imunizantes contra a Covid-19, sendo 19.600 de CoronaVac e 67.000 de AstraZeneca. De acordo com informações, as doses serão encaminhadas para a Rede de Frio da SES, responsável pela distribuição aos municípios maranhenses.

A Secretária de Estado de Saúde informou que as novas doses serão destinadas à aplicação da 2° dose relativa ao esquema vacinal da população de 65 a 69 anos e relativa às pessoas do grupo de forças de segurança e salvamento, e forças armadas visando garantir o esquema em tempo oportuno.

Adicionalmente, a pauta prevê a distribuição da 1ºdoses da vacina CoronaVac para a continuidade da imunização do grupo de forças de segurança e salvamento, e forças armadas. E da vacina AstraZeneca para continuidade do grupo de pessoas de 60 a 64 anos.

Com a nova remessa, o Maranhão totaliza 1.499.190 doses recebidas, sendo 532.750 da AstraZeneca e 1.585.790 doses da CoronaVac.

Polícia Federal: Caminhões com 32 m² de madeira são apreendidos em Caxias

Caxias/MA – A Polícia Federal, em fiscalização na divisa entre os municípios de Caxias e São Joao do Sóter, apreendeu nesta quinta-feira (22/04) dois caminhões, contendo aproximadamente 32 m³ de madeira (equivalente a 11 toneladas) transportada ilegalmente, após denúncia sobre a existência de desmatamento ilegal na região.

Durante a ação, os policiais federais identificaram a inexistência com os condutores de documentos para o transporte regular da madeira, como o DOF (Documento de Origem Florestal), o qual se constitui como licença obrigatória para o transporte e armazenamento de produtos florestais de origem nativa.

Após a observação de indícios de possíveis crimes ambientais, as cargas de madeira e os caminhões foram apreendidos e os motoristas foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal em Caxias.

Os motoristas assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), tendo em vista que se trata de crime ambiental o transporte ou armazenamento sem licença válida outorgada por autoridade competente de madeira, lenha, carvão e outros produtos de origem vegetal, conforme dispõe o parágrafo único do art. 46 da Lei nº 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais).

O modo de agir, verificado no caso, demonstra uma tentativa de se desviarem da fiscalização da Polícia Federal, tendo em vista que eram utilizadas estradas secundárias, desviando dos pontos de fiscalização.

A apuração se insere no contexto de investigação de danos ambientais decorrentes desse crime na região leste do Maranhão, visando reprimir a extração e o tráfico ilegal de madeira na região.