Após a maior convenção da história, oposição ciente de derrota entra em desespero e tenta criar novo factoide

Após a maior convenção da história de Pastos Bons, que homologou a candidatura do pré-candidato a prefeito, Enoque e Reinaldo, apoiados pelo grupo da situação, a oposição desesperada e ciente da derrota tentou criar mais um factoide.

O irmão do pré-candidato da oposição lançou um desafio em rede social, propondo R$ 100 mil em espécie a quem apostasse em quem seria o novo prefeito de Pastos Bons. O desafio foi aceito por uma advogada do lado da situação, que foi ao local combinado, mas o apostador tinha apenas 30 mil.

Para contornar a situação, o apostador foi ao cartório registrar uma aposta de quem será que vai assumir a prefeitura para tentar desviar o foco da convenção e tentar desacreditar a candidatura da chapa Enoque e Reinaldo. Inclusive, o dono do cartório onde foi registrada a aposta é pai do vice-prefeito da oposição.

A oposição vem colecionando diversas derrotas a nível municipal e estadual é imagina que criar um factoide pode desviar as atenções voltadas para a maior convenção da história de Pastos Bons.

Enoque segue firme nas pesquisas e no trabalho rumo à vitória, enquanto a oposição vem gastando esforços na criação de factoides e fake news.

Somente no final do mandato o prefeito de Tufilândia, Vildimar Alves Ricardo lembrou que população precisava de água

O prefeito de Tufilândia, Vildimar Alves Ricardo, que não tem nada de besta, resolveu finalmente fazer alguma coisa pela cidade. Isso porque de acordo com informações, o mandatário celebrou um contrato para construir um poço no município.

O contrato vai render a empresa Andre Xavier Conceição Eireli exatos R$ 204.366,13 (duzentos e quatro mil trezentos e sessenta e seis mil e treze centavos). O objeto está especificado como a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de implantação de um poço com reservatório no município de Tufilândia.

De acordo com uma moradora, o poço é um pedido antigo da comunidade, mas o prefeito nunca demostrou interesse em solucionar a demanda e que só no final do mandato e com a chegada da eleição, o mandatário lembrou da população.

Mesmo com essa ação, a credibilidade do prefeito em Tufilândia está em baixa.

Veja o contrato:

PREFEITURA MUNICIPAL DE TUFILÂNDIA – MA EXTRATO DE CONTRATO Nº 170/2020. PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 051/2020. PARTES: Prefeitura Municipal de Tufilândia/MA e a Empresa ANDRE XAVIER CONCEIÇÃO EIRELI, CNPJ: 30.242.484.0001-46. OBJETO: contratação de empresa especializada para prestação de serviços de implantação de um poço com reservatório no Município de Tufilândia – MA. VIGÊNCIA: até 31 de dezembro de 2020, podendo ser prorrogado por iguais e sucessíveis períodos conforme preceitua o artigo 57, inciso I e II, § 1 e incisos da lei nº 8.666/93, condicionada sua eficácia à publicação no Diário Oficial. VALOR DO CONTRATO: R$ 204.366,13 (duzentos e quatro mil trezentos e sessenta e seis mil e treze centavos). MODALIDADE: Tomada de Preço, com FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Lei 8.666/93. RECURSOS: Órgão: 02 – Poder Executivo; 18 – FUNDO MUNICIPAL DE COMP. FIMNAN. E EXPLORAÇÃO MINERAL; 17.512. 1524.2856.00004.4.90.51.00 – INSTALAÇÕES. FORO: Fica eleito o Foro de Pindaré Mirim MA. 10/08/2020. JHEYMISON CARLOS DOS SANTOS PEREIRA – Secretário Municipal de Administração.

Prefeito de São Francisco de Brejão, Adão Carneiro, segue esvaziando os cofres do município

Após celebrar vários contatos milionários com valores que vão de R$ 1 milhão a R$ 5 milhões, o prefeito de São Francisco de Brejão, Adão Carneiro, sela mais um contrato por quase um milhão de reais. De acordo com informações, o contrato seria para reformas de escolas.

O novo contrato vai render a empresa Metal Serviços e Locação Ltda, exatos R$ 963.063,37 (novecentos e sessenta e três mil, sessenta e três reais e trinta e sete centavos). O objeto é a contratação de empresa para reforma e ampliação das escolas municipais da sede e dos povoados.

Esse é mais um contrato eleitoreiro e suspeito de superfaturamento que foi assinado novamente pelo Secretário de Administração e Finanças, Claudenir de Sousa Gomes.

De acordo com os moradores da pequena cidade de São Francisco do Brejão, o prefeito pouco fez durante a sua gestão, mas resolveu esperar o fim do seu mandato para selar contratos altíssimos em serviços que nunca foram prioridade em são gestão. Ainda segundo os moradores, a soma dos valores contratuais no final do mandato ultrapassam R$ 20 milhões.

O Ministério Público precisa investigar essa situação.

Veja o contrato:

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO DO BREJÃO – MA EXTRATO DE CONTRATO nº 184/2020. PROCESSO ADMINIS TRATIVO nº 077/2020; TOMADA DE PREÇO nº 019/2020. PARTES: Prefeitura Municipal de São Francisco do Brejão, CNPJ: 01.616.680/0001-35 e a empresa METAL SERVIÇOS E LOCAÇÃO LTDA, CNPJ/MF nº 12.778.738/0001-63, estabelecida na Avenida Fasto Fernandes, nº 58, bairro Tião Mineiro, Paragominas/PA , OBJETO: Contratação de empresa para reforma e ampliação das escolas municipais da sede e dos povoados .

VIGÊNCIA: 90 dias, VALOR DO CONTRATO: R$ 963.063,37 (novecentos e sessenta e três mil, sessenta e três reais e trinta e sete centavos), MODALIDADE: Tomada de Preço, com FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Lei Federal 8.666/93 e Lei Complementar nº 123/2006. RECURSOS: 12.361.0403.1- 011 – Construção, Reforma, Ampliação de Unidades Escolares; NATUREZA DA DESPESA: 4.4.90.51.00.00 – Obras e Instalações. FORO: Fica eleito o Foro da comarca de Açailândia/MA. 20/07/2020. CLAUDNIR DE SOUSA GOMES – RG nº 026967494-2 SSP/MA e CPF n° 528.365.923-20 – Secretária Municipal de Planejamento, Administração e Finanças/Ordenadora de Despesas de acordo com DECRETO nº 016/2017.

Prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, celebra contrato de mais de R$ 3 milhões com a F & F Construções Ltda

O prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, celebrou um contrato de mais de R$ 3 milhões com uma empresa para construção de duas escolas no município. De acordo com uma denúncia que chegou ao nosso blog, há indícios de irregularidades no contrato com suspeita de superfaturamento.

Com o contrato milionários a empresa J. F. Da Costa Filho & Cia Ltda (F & F Construções Ltda), vai faturar R$ 3.111.165,40 (três milhões cento e onze mil centos e sessenta e cinco reais e quarenta centavos). O objeto do contrato é a contratação de empresa especializada em obras e serviços de engenharia para construção de 10 (dez) escolas de 02 (duas) salas no município de Tuntum.

O contrato milionário foi assinado pelo Secretário Municipal de Educação, Natanael Alves Lustosa e pelo Secretário de Obras e Urbanismo, Carlos Augusto da Cunha Júnior, representando a prefeitura.

O Ministério Público precisa investigar a denúncia e apurar os fatos para que seja evitado danos aos cofres públicos e seja mantida o interesse da população.

Veja o contrato:

PREFEITURA MUNICIPAL DE TUNTUM – MA EXTRATO DE CONTRATO DO TOMADA DE PREÇOS Nº. 004/2020 – Contrato nº. 004/2020-TP – SEMED: CONTRATANTE: Secretaria Municipal de Educação de Tuntum/MA, CNPJ: 30.486.0001-95, CONTRATADA: J. F. Da Costa Filho & Cia Ltda (F & F Construções Ltda), CNPJ nº. 14.795.690/0001-27. OBJETO: Contratação de empresa especializada em obras e serviços de engenharia para Construção de 10 (dez) escolas de 02 (duas) salas no Município de Tuntum/ MA.

VALOR DO CONTRATO R$ 3.111.165,40 (Três milhões cento e onze mil centos e sessenta e cinco reais e quarenta centavos). VIGÊNCIA: 12(doze) meses. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Art. 61 § único da Lei Federal nº. 8.666/93. RECURSOS: 02.05.00-12.361.00 08.1001.0000;02.06.00 – 12.361.0008.1003.0000; 12.361.0008.2020.0000; 12.365.0051.1062.0000; 3.3.90.39.00; 4.4.90.51.00.Signatários: Pela contratada o Sr. José Felix da Costa Filho e pela contratante o Sr. Natanael Alves Lustosa, Secretário Municipal de Educação e Carlos Augusto da Cunha Junior, Secretário de Obras e Urbanismo. Tuntum/MA, 10/07/2020.

BOMBA!!! MP prepara novo pedido de prisão contra Mazinho Leite

O Blog tomou conhecimento que um novo pedido de prisão está sendo preparado pelo Ministério Público contra o prefeito de Cândido Mendes, Mazinho Leite.

Mazinho Leite é acusado de integrar uma quadrilha que desviou milhões dos cofres públicos do município de Cândido Mendes. Ele está afastado por decisão de uma liminar concedida pela justiça em face também de um pedido do Ministério Público.

Vale ressaltar que, no pedido que resultou no afastamento do gestor, o promotor solicitou que a justiça condene Mazinho Leite com as sanções máximas da lei.

Um assessor do prefeito Mazinho Leite espalhou aos quatro cantos da cidade que os advogados do escritório Daniel Leite conseguiriam uma liminar na justiça do Maranhão até quarta-feira, para que o gestor retome ao comando do município. Enganam-se os aliados de Mazinho Leite que pensam que a justiça do Maranhão está banalizada.

Alô, Cassandra Parazi! Desvio de recursos para combate à Covid-19 em Coroatá pode ter chegado a quase 1,5 milhão

A prefeitura de Coroatá realizou, em maio e agosto deste ano, dois contratos com dispensa de licitação que somam o valor de R$ 1.492.062,50. Os recursos federais, destinados ao combate à Covid-19, podem ser sido aplicados em contratos superfaturados e para a compra de um quantitativo exagerado de materiais.

Em contrato realizado com a empresa E A Silva Distribuidora, de imperatriz, no valor de R$ 667.942,50, a prefeitura de Coroatá, por exemplo, adquiriu um termômetro clínico digital de testa por R$ 990,00. Mas o equipamento pode ser encontrado por menos de R$ 100,00, o que indica um superfaturamento cerca de 1.000% do valor praticado no mercado.

Já no mês de agosto, o prefeito Luis Mendes Ferreira Filho firmou um outro contrato no valor de R$ 824.120,00, com a empresa I V Brito da Mota-ME, também para a aquisição de insumos médico-hospitalares para enfrentamento da Covid-19. No novo contrato, chama atenção a quantidade de itens adquiridos. Foram 27.500 produtos. Foram comprados, por exemplo, mais 3 mil litros de álcool 70%, sendo que no primeiro contrato, a Secretaria de Saúde do Município já havia comprado 1.500 unidades do mesmo álcool.

Será que todo esse material realmente foi adquirido e está beneficiando os profissionais de saúde e a população?

É necessário que a superintendente da Polícia Federal no Maranhão, Cassandra Parazi, abrisse uma investigação contra a prefeitura de Coroatá, a fim de apurar eventuais irregularidades nos contratos que podem ter resultado em desvio milionário.

Leia mais:

.

Convenção oficializará neste domingo candidatura de Venancinho em Bacabeira

Nada destrói mais a confiança de alguém do que fazer uma promessa e não cumpri-la, assim como também, nada amplia e fortalece a confiança como cumprir as promessas que fazemos.

Quando uma pessoa empenha a própria palavra como forma de fazer você acreditar nela, logo você busca saber se aquela pessoa costuma cumprir o que diz. A confiança está diretamente ligada ao cumprimento de promessas, portanto se alguém não cumpre o que diz a confiança é quebrada.

É justamente o fator “PALAVRA” que está fazendo a diferença na condução dos assuntos políticos no município de Bacabeira. De um lado, o líder do grupo Gonçalo já não conta mais com a mesma confiança que obteve dos aliados em 2016, exatamente por não cumprir o que prometeu a quase todos eles.

Do outro, o principal líder do grupo de oposição, ver sua base crescer com alianças estabelecidas apenas com o poder da “PALAVRA”. Isso está sendo possível porque na cidade, todos sabem que a trajetória do ex-prefeito Venancinho foi marcada por seriedade e respeito a todos, sem distinção.

A união da oposição na cidade até foi possível em um passado recente, mas não sem influência abusiva do poder financeiro, que desta vez não terá o mesmo efeito no pleito vindouro. Agora, a questão vai muito mais além, é sobre libertar Bacabeira mais uma vez e devolver a cidade aos bacabeirenses.

É por isso, que cada membro da oposição deixou as diferenças de lado para se unir em torno de um objetivo em comum. Bacabeira foi transformada em quintal do município vizinho Santa Rita, dominada pelos Gonçalos. A cidade que era exemplo e referência em qualidade no serviço público, agora amarga constrangimentos.

A inédita operação da Polícia Federal, denominada de “FALSA ESPERANÇA” fez a população despertar e perceber que os últimos três anos e nove meses foram perdidos com belas maquiagens e serviços sem nenhuma qualidade.

Não se construiu escolas e nenhum outro prédio público, a não ser os famosos puxadinhos. A merenda escolar que antes era frango, carne e frutas, passou a ser suco com biscoito de sal e até farofa de fubar. É isso que se ofereceu as crianças, jovens e adolescentes daquela cidade.

Os contratados, que em todos os governos anteriores receberam décimo terceiro, foram excluídos no governo atual. A administração de Venancinho pagou até décimo quarto aos servidores públicos municipais.

O governo atual não conhece Bacabeira e muito menos Venancinho, é por isso que eles passam a maior vergonha quando atacam o democrata. Fernanda Gonçalo é a primeira prefeita de Bacabeira que não atendeu o povo na prefeitura. A ausência da gestora é porque ela é também a única prefeita que não mora na cidade.

A candidatura de Venancinho representa esperança para a população do município de Bacabeira. É como esse sentimento que a polução está abraçando a candidatura de Venancinho.

Quem conhece Venancinho sabe que cumprir compromissos e horar a palavra é sua principal marca. Enquanto esteve prefeito de Bacabeira, o democrata viu sua popularidade crescer e ser consolidada até os dias de hoje, oito anos depois de seus dois mandatos.

Sem vaidades pessoais, Venancinho sempre preferiu o SIM e o NÃO como resposta, nunca usou meios termos para agradar momentaneamente, preferiu surpreender do quê decepcionar.

A convenção eleitoral da oposição no dia 13, (domingo) é o primeiro passo para libertação da cidade que já havia sido libertada em 10 de novembro. E assim a historia se repetirá em 15 de novembro, fazendo mais uma vez, jus a letra do belo hino da cidade.

Prefeito de Bacabal, Edivan Brandão, é investigado por suposto contrato irregular com a empresa H F Empreendimentos

O Ministério Público Estadual instaurou um Inquérito Civil para investigar irregularidades em um contrato realizado entre o prefeito de Bacabal, Edvan Brandão, e a empresa H F Empreendimentos em Construção e Serviços EIRELI. De acordo com uma denúncia protocolada pelo vereador, Francisco Leal da Silva, há indício de fraude no Pregão Presencial n° 18/2019.

A HF Empreendimentos teria sido contratada para executar os serviços de pavimentação e recapeamento asfáltico nas vias públicas do município. A ação o parlamentar também acusa o Secretário Municipal de Obras, Carlos Jorge Santos Silva, de participar do esquema.

Na representação protocolada no dia 29 de agosto de 2019, o vereador aponta uma série de irregularidades na contratação da empresa, como ausência de ampla pesquisa de mercado, projeto básico deficiente, antecipação injustificada dos prazos contratuais com a conclusão do objeto em menos de 30 dias da sua celebração e ausência de publicidade da resenha de contrato na imprensa oficial.

O Ministério Público apura a grave denúncia que pode está caracterizada como ato de improbidade administrativa. A instituição requisitou ao Prefeito de Bacabal, Edvan Brandão, e ao Presidente da Comissão Permanente de Licitação para que encaminhem a cópia integral do Pregão Presencial nº 18/2019, e que se manifestem sobre a acusação no prazo de 15 dias.

Glauber Azevedo debate propostas e projetos com a juventude de Olho d’Água das Cunhãs

Em Olho d’Água das Cunhãs, o pré-candidato Glauber Azevedo reuniu a juventude na noite desta terça-feira (8) para debater propostas e projetos para o município. Durante o encontro, jovens contribuíram com sugestões e tiveram oportunidade de conhecer o plano de governo do pré-candidato.

Glauber respondeu a perguntas e comentou que as sugestões serão contempladas. “O nosso plano de governo é construído com a participação de todos. O diálogo com a juventude é fundamental para compreendermos o que os jovens esperam de uma gestão municipal e, assim, poder atender aos anseios da juventude”, disse o pré-candidato.

No evento foi adotado o protocolo de segurança recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Logo na entrada, os jovens receberam máscaras, depois de ter a temperatura aferida. Também foi disponibilizado pela organização álcool em gel para higienização das mãos. O espaçamento entre uma pessoa e outra também foi respeitado.

Medidas Sanitárias nas Eleições 2020 serão debatidas entre MPE e partidos

Nesta sexta-feira (11), membros do Ministério Público Eleitoral (MPE) participarão de reunião para tratar sobre assuntos relacionados a protocolos e medidas sanitárias contra a pandemia da Covid-19 nas eleições de 2020. O encontro também terá a participação de representantes do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) e da Vigilância Sanitária, além de presidentes de partidos políticos. A reunião será realizada no auditório do TRE/MA, com uso de proteção individual.

Segundo o procurador regional Eleitoral, Juraci Guimarães Júnior, a finalidade da participação dos partidos na reunião é a democratização da discussão, “a fim de que eles possam colocar suas observações, que serão analisadas pelos agentes públicos de saúde. Com a participação dos partidos também se pretende que haja maior cumprimento por parte das agremiações das normas que serão estabelecidas, evitando futuras sanções”, disse.

Além disso, ele afirma que não é objetivo do Ministério Público proibir a propaganda eleitoral. “Pelo contrário, ela é fundamental no regime democrático para melhor escolha do cidadão, mas que ela seja exercida com respeito à saúde e à vida da população durante a pandemia”, finalizou.