Prefeito de Buriti é investigado por contratação ilegal de servidores

Uma série de denúncias sobre supostas irregularidades funcionais de servidores da administração pública municipal de Buriti, coloca o prefeito Arnaldo Cardoso como alvo de uma investigação que apura ilegalidades nos processos de contratação e remunerações e funções de empregos públicos ocupados.

As denúncias foram protocoladas ainda no início do ano de 2021, mas por conta da pandemia e em razão das medidas de distanciamento social as investigações foram suspensas. Nos próximos dias, o MP vai elaborar uma tabela com o nome de todas as pessoas com possível situação irregular, seja por cargo ocupado ou remuneração indevida.

O prefeito Arnaldo Cardoso tem o prazo de 10 dias para apresentar esclarecimentos sobre o caso e responder por que ainda não enviou documentos referentes aos ofícios pendentes de respostas.

Deixe uma resposta