Tentativa de Lupi pressionar Flávio Dino foi um verdadeiro fracasso

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi esperava sair do encontro com o governador Flávio Dino, nesta terça-feira (20), com o compromisso de apoio ao pré-candidato do seu partido ao governo em 2022, senador Weverton Rocha, mas teve que se conformar apenas com a fotografia explorada ostensivamente nas redes sociais.

Lupi, que chegou ao Maranhão dando a impressão de que arrancaria o compromisso de Dino de apoio a Weverton, saiu do encontro falando mansinho, em conquistar o coração do governador, sem a arrogância demonstrada durante uma entrevista à TV Meio Norte quando afirmou que Rocha seria candidato com ou sem o apoio do Palácio dos Leões.

Como era de se esperar, a conversa aconteceu em clima de descontração, a final o PDT faz parte da aliança governista e Lupi faz acenos ao PSB na corrida presidencial para Ciro Gomes, mas nada relacionado a compromisso envolvendo sucessão estadual.

O governador solicitou ao dirigente pedetista e ao pré-candidato que não se precipitem em fechar questão sobre candidatura e aguardem o desfecho do processo.

A precipitada investida de Lupi e Weverton ficou a sensação de mal sucedida. O semblante do senador na fotografia deixa transparecer que ele esperava sair do encontro com outra resposta.

E Lupi, que parecia um leão na entrevista à TV Meio Norte, se comportou como um cordeirinho diante do governador.

Para sua contrariedade, terá que esperar até novembro, prazo estipulado pelo governador para definir qual dos pré-candidatos do grupo terá o seu apoio.

E o figurino desenhado pelo governador não veste no senador do PDT.

Bebê de 3 meses é sequestrado pelo próprio pai em São João dos Patos

O caso aconteceu na cidade de São João dos Patos. A Polícia Militar foi acionada para uma ocorrência envolvendo o sequestro de um bebê de apenas três meses de vida na cidade.

De acordo com a mãe da criança, o principal suspeito de cometer o crime teria sido o próprio pai da criança, que residia na zona rural do município.

Ao avistar a polícia, o suspeito entregou a criança aos familiares e empreendeu fuga em um matagal, mas ainda não foi localizado. A mãe e a criança foram encaminhadas ao Conselho Tutelar.

 

Prefeito de Nova Colinas é investigado por supostas irregularidades em contrato com a empresa RAVA

O prefeito de Nova Colinas do Maranhão, Joseí Rego Ribeiro, é alvo de um inquérito que apura possíveis irregularidade na obra da reforma da Praça Nossa Senhora Santana, que teve como prestadora do serviço a empresa RAVA – Empreendimentos Construções E Comércio Ltda – Epp, com dispensa de licitação.

De acordo com informações, o mandatário pode responder por improbidade administrativa. O Ministério Público do Estado do Maranhão solicitou que a prefeitura apresente cópia dos processos de pagamento em favor da empresa RAVA em razão da reforma, objeto de investigação.

Vídeo: homem é baleado na Rua Rio Branco no Centro de São Luís

Um homem ainda não identificado foi atingindo por um tiro na rua Rio Branco, no centro de São Luís, na noite dessa terça-feira (20). De acordo com informações, ele teria tentado realizar um assalto em que a vítima teria reagido e disparado um tiro contra ele.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde do indivíduo ou se ele veio a óbito.

Veja o vídeo: 

 

Peritos querem prorrogação do inquérito que apura a morte de Hamilton Bandeira

O prazo de conclusão do inquérito que apura a morte do jovem Hamilton Bandeira, que sofria de deficiência mental e foi morto a tiros por policiais civis no dia 17 de junho, no Povoado Calumbi em Presidente Dutra, encerra nesta quarta-feira (21), mas como a perícia ainda não tem o resultado dos laudos, deve ser pedida a prorrogação do prazo das investigações.

De acordo com superintendente da Superintendência de Polícia Civil do interior, delegado Guilherme Campelo, as equipes policiais estão concentradas no intuito de resolver logo o caso.

“Eu acredito que pela experiência dos investigadores, dos delegados envolvidos no caso, inclusive são de outras superintendências, eles só vão encerrar os trabalhos quando, de fato, puderem dar uma resposta coesa e concisa para a população”.

A polícia aguarda o resultado dos exames feitos pela perícia no corpo da vítima e no local onde ocorreu o homicídio, para iniciar uma reconstituição simulada dos fatos, para esclarecer o que aconteceu na ação que resultou na morte de Hamilton Bandeira.

Preso suspeito de estuprar a própria filha por mais de 6 anos

Um homem investigado pelo crime de estupro da própria filha, foi preso, por policiais civis na manhã da segunda-feira (19), no município de Amarante do Maranhão.

De acordo com informações, a ação policial foi logo após denúncias anônimas que resultaram em uma investigação que apontou que o homem vinha estuprando sua filha biológica há seis anos, desde os 9 anos de idade. Hoje, a vítima tem 15 anos de idade.

Após prestar mais esclarecimentos na sede da Delegacia de Polícia Civil, o preso foi encaminhado para a Unidade Prisional de Imperatriz onde deve aguardar um parecer do judiciário.

Políticos batem boca por conta de réplica da Estátua da Liberdade em São Luís

Um grupo de artistas apoiado pelo PCdoB, o ex-partido do governador Flávio Dino, iniciou uma campanha contra a empresa do bolsonarista Luciano Hang, dono da Havan, que tenta erguer uma réplica da Estátua da Liberdade na capital maranhense.

Em petição entregue à Justiça, os manifestantes alegam que réplica de 35 metros da Estátua da Liberdade em São Luís não é compatível com a cultura e arquitetura da cidade, que é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Os organizadores cobram o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) por uma reação contra o monumento de Luciano Hang.

Quem também se manifestou contra o monumento foi um dos Secretários do Governo do Maranhão, Márcio Jerry, que usou o twitter para publicar a seguinte frase: “Só um imbecil absoluto como esse tal de Véio da Havan pra querer instalar na histórica e bela São Luís uma réplica da estátua da liberdade”
O vereador de São Luís Eduardo Andrade rebateu o comentário de Marcio Jerry.

Veja:

Vale lembrar que nem todas as lojas da Havan tem o monumento na frente. A petição questiona a quem interessa a instalação da réplica na cidade e pede a “resistência do povo de São Luís”. O prefeito Eduardo Braide, que foi apoiado por Bolsonaro em 2020, ainda não comentou sobre as manifestações contrárias à construção do símbolo da Havan.

Prefeito de Codó é investigado após negar receber documentos de vereadores de oposição

O Prefeito de Codó, Zé Francisco, vai responder a um inquérito após ter se negado a receber um documento da Câmara Municipal, representado pelos vereadores de oposição à Prefeitura Municipal.

De acordo com informações, o vereador Raimundo Leonel Magalhães Araújo Filho é o autor da denúncia onde solicita que o Ministério Público Estadual tome as devidas providências. O objeto da investigação está restrito à apuração de possível omissão no recebimento de documentos da Câmara Municipal de Codó/MA, assim como a omissão de informações solicitadas.

O MP solicitou ao prefeito, Zé Francisco que esclareça os motivos para o não recebimento do documento representante ou de qualquer outro vereador de Codó. Foi recomendado ainda que ele atenda todos os requerimentos de que trata a presente representação, no prazo de 10 (dez) dias, sob pena de responsabilidade administrativa.

 

Em 42 dias, 137 pessoas foram presas por violência contra criança e adolescente no Maranhão

Um relatório divulgado pela Delegacia Geral de Polícia Civil do Maranhão aponta um balanço de várias operações deflagradas na capital maranhense, São Luís, bem como em outras cidades do interior do Maranhão com o intuito de combater os crimes de violência contra crianças e adolescentes.

De acordo com as informações, os trabalhos policiais se iniciaram no dia 4 de junho deste ano sendo finalizados na última sexta-feira (16), ou seja, 42 dias de operação policial que resultaram em 85 prisões em flagrantes, no cumprimento de 52 mandados de prisão, chegando ao total de 137 pessoas presas por envolvimento em crimes de violência contra menores de idade.

Ainda como resultado desses trabalhos policiais que foram realizados nos 217 municípios maranhenses, a Polícia Civil do Maranhão cumpriu 12 mandados de busca domiciliar e solicitou 96 medidas protetivas, além da apreensão de 8 armas de fogo.

 

Grave acidente deixa duas pessoas mortas na BR-230

Um grave acidente na BR-230 ocorrido na manhã do sábado (17), no município de Riachão, deixou duas pessoas mortas. De acordo com informações, mãe e filho morreram após o motorista da picape perder o controle do veículo, sair da pista e capotar. A mulher, de 29 anos, e o filho, de 12, morreram no local.

Os nomes das vítimas não foram informados pela PRF. Dentro do veículo haviam ainda outras pessoas que ficaram feridas, mas não tiveram seus nomes divulgados pela PRF.