Venda de bebidas alcoólicas para menores no município de Estreito tem preocupado autoridades

A venda de bebidas alcoólicas para menores de idade no município de Estreito passou a ser motivo de preocupação para autoridades ligadas aos órgãos responsáveis por garantir os direitos de crianças e adolescentes.

O Ministério Público Estadual deu início a uma série de investigação para apurar a venda ilegal de bebida alcoólica para menores. Apesar da instituição não ter especificado quais eventos são alvos direto da investigação, ressaltou que a instituição vai examinar o caso com a finalidade de zelar pelo efetivo respeito aos direitos e garantias legais assegurados às crianças e adolescentes, promovendo as medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis.

Deixe uma resposta