MP investiga possíveis irregularidades em contrato entre o Governo Do Estado e a Gran Medh

O Ministério Público Estadual instaurou um inquérito civil para investigar se o Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Saúde, ao realizar a despesa sem cobertura contratual com a Gran Medh Distribuidora de Medicamentos e Produtos Médicos Hospitalares LTDA – EPP, a ser paga por meio do Termo de Ajuste de Contas nº 33/2017, praticou conduta fraudulenta em benefício da empresa ou se enquadrou na Lei de Improbidade Administrativa.

A instituição estabeleceu o prazo de 1 ano para a conclusão do Inquérito Civil. A assessora do Promotor de Justiça, Ana Beatriz Fonseca Tomaz, é quem vai acompanhar o caso.

Deixe uma resposta