Weverton e Erlânio Xavier compram postos de Pacovan alvos da Operação Jenga

Senador Weverton e Erlânio Xavier

Pelo menos dois Postos de Gasolina que pertenciam ao empresário Josival Cavalcante da Silva, o agiota Pacovan, pertencem agora aos políticos Weverton Rocha (PDT) e Erlânio Xavier (PDT), senador da República e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, respectivamente.

Os postos comprados por Rocha e Xavier também estão em nome de uma terceira pessoa, Cyntia Vanessa de Sousa Muniz. Cyntia Muniz foi nomeada representante da prefeitura de Igarapé Grande (MA), comandada por Erlânio Xavier, no Conselho de Alimentação Escolar (CAE) no período 2018/2026. O Conselho, dentre outras coisas, é responsável por fiscalizar a aplicação dos recursos da merenda escolar.

A parceria de Weverton e Erlânio tem ido além da política e invadido o mundo dos negócios. A dupla que já se aventurou no setor da comunicação agora ‘investe’ no comércio de combustíveis. O ponto de partida escolhido pelo senador do PDT e pelo prefeito de Igarapé Grande foi justamente os negócios nebulosos do empresário Josival “Pacovan”, arrolado na justiça maranhense em vários processos.

Um deles, fruto da “Operação Jenga”, tem como alvo dois postos, recém adquiridos pelos pedetistas, quando estavam sob administração de Pacovan. Um no Araçagy, ao lado do Condomínio Costa Araçagy, e outro em uma das avenidas mais movimentadas de São Luís, na Avenida Jerônimo de Albuquerque, Angelim.

Posto do Araçagy

A Justiça do Maranhão condenou Pacovan e mais 21 réus denunciados pelo Ministério Público estadual por crimes contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa, que seriam praticados por meios de postos de gasolina em São Luís e no interior do Estado, da rede “Nosso Posto”, dois postos da rede, citados acima, agora pertencem à cúpula do PDT do Maranhão.

Apesar de uma localização privilegiada e valorizada, o capital social da Petro São José Ltda e Petro São Francisco Combustíveis Ltda é de apenas R$ 150 mil cada. A ascensão ao mundo dos negócios de Erlânio Xavier e Weverton Rocha também salta aos olhos.

Posto do Angelim

Enquanto Erlânio é prefeito de uma cidade de um pouco mais de 11 mil habitantes e com vencimentos de R$ 11,9 mil, sem descontos. Já o senador Weverton Rocha, apesar de estar no topo da cadeia alimentar do funcionalismo público, tem o vencimento de R$ 33,7 mil e recebe mensalmente pouco mais de R$ 20 mil, já com os descontos devidos. A dúvida que fica é qual milagre financeiro foi feito para adquirir dois postos de uma só vez de um empresário [Pacovan] que é famoso por não perder um centavo em suas negociações.

O senador Weverton e o prefeito Erlânio foram procurados pelo blog e até o fechamento desta matéria não se pronunciaram.

2 pensou em “Weverton e Erlânio Xavier compram postos de Pacovan alvos da Operação Jenga

  1. Caro blogueiro
    semana passada teve uma sessao aqui na camara de sao jose de ribama que ninguem soube. as escondidas. acordo entre a presidente e o prefeito.
    veja o diario https://www.saojosederibamar.ma.gov.br/abrir_arquivo.aspx?cdLocal=12&arquivo={AB7B2841-EDBC-BA8E-C7BB-E30DAD3A4DBE}.pdf a lei 1273 revoga o parcelamento de divida de impostos do periodo em que o sr beto das vilas foi o presidente. a lei revogada e essa aqui https://www.saojosederibamar.ma.gov.br/abrir_arquivo.aspx/Lei_Ordinaria_1269_2020?cdLocal=5&arquivo={24BCC407-B7CC-1B7D-E7AA-DE08E1DA4363}.pdf
    nao se cale

    na pratica o acordo e para sobra mais dinheiro para a presidente

Deixe uma resposta para eli Cancelar resposta