Candidata a prefeita de Lagoa Grande do Maranhão, Graciane Miranda é investigada por abuso de poder político

A candidata a prefeita do município de Lagoa Grande do Maranhão, Graciane Miranda, está sendo investigada por suposta prática de abuso de poder político. O Ministério Público instaurou um procedimento preparatório eleitoral para apurar a denúncia.

De acordo com informações, a candidata que é apoiada pelo grupo político do atual prefeito, Francisco Silva Freitas, estaria se aproveitando de maquinários públicos do município de Lagoa Grande do Maranhão (patrol, pá carregadeira e trator) para uso de fins eleitorais. Ainda de acordo com informações, as máquinas estariam sendo usadas nos povoados Lagoa das Antas, Lagoa do Arroz e Centro do Raimundo Galvão.

O Ministério Público também tomou conhecimento que a candidata realiza visitas aos povoados e oferece a utilização de maquinário municipal para uso particular aos possíveis eleitores como forma de compra de votos.

A instituição considera que a prática de Graciane Miranda atenta contra a isonomia de oportunidades dos candidatos e contra a liberdade de escolha dos eleitores, afetando a normalidade e a legitimidade das eleições.

A Prefeitura de Lagoa Grande do Maranhão terá o prazo de 10 dias para prestar esclarecimentos sobre os fatos, com apresentação de documentos que legalize a ação. Graciane Miranda também será notificada.

Deixe uma resposta