Câmara de Coroatá é investigada por irregularidades em licitações durante a suspenção de atividades na pandemia

Durante o período pandêmico, a Câmara de Vereadores de Coroatá suspendeu suas atividades, mas, no entanto, continuou realizando licitações que são investigadas pelo Ministério Público já que há vários indícios de possíveis irregularidades nos certames.

A instituição instaurou um Inquérito Civil e o processo foi encaminhado à Assessoria Técnica da Procuradoria Geral de Justiça para análise do caso que tem como objeto: “apurar possíveis irregularidades em licitações da Câmara de Vereadores de Coroatá/MA, na época da suspensão de atividades da Câmara, por motivo da Pandemia.”

Deixe uma resposta