Cobiça Fatal: vem chumbo grosso para cima da prefeita Linielda de Eldo

Linielda Nunes Cunha,prefeita de Matinha

Após a prefeita de Matinha, Linielda Nunes Cunha, pagar antecipadamente R$ 170 mil para uma empresa que teve todos os donos presos pela Polícia Federal. A chefe do executivo, se despreocupou após o TRF1 mandar soltar todos os empresários envolvidos no roubo aos recursos da saúde.

Porém a primeira fase da operação “cobiça fatal” não é nada perto do tsunami que está vindo”. O mesmo pode ser dito ao município de Matinha em relação ao inquérito que apura desvios nos recursos do combate ao covid-19.

Lineielda Nunes, deve se preparar, pois esses R$ 170 mil deve sair bem caro para ela…

Linielda Nunes Cunha é investigada por fraude em Licitação

Linielda  Nunes Cunha,prefeita de Matinha

O Ministério Público solicitou abertura de procedimento administrativo contra a gestão de Linielda Nunes Cunha,prefeita de Matinha.

Na manifestação, o MP pede para investigar possíveis irregularidades no Pregão Presencial ,referente ao processo nº 050/2018,que tinha por finalidade a contratação de empresa especializada na recuperação de créditos tributário.

A denúncia teve como base indícios de fraude licitatória no pregão presencial nº 22/2018,onde ficou constatado que a empresa ganhadora da licitação não apresentou documentos que atestam capacidade técnica emitida por órgão competente.