Homem segue desaparecido desde março

A família do ex-presidiário Carlos Eduardo Barros de Oliveira, de 43 anos, tem buscado por informações sobre o seu paradeiro.

Ocorre que, de acordo com o relato da família, ele tinha acabado de sair da prisão, no dia 23 de março, após cumprir 8 meses por porte ilegal de arma de fogo.

Nesse dia, ele teria ido, junto de um parente em sua moto, ao encontro de uma pessoa, na Vila Samara, na zona rural de São Luís, que tinha ligação com outras pessoas de dentro da prisão.

Chegando no local combinado, os dois foram abordados por três elementos, mas o motorista foi liberado.

Carlos foi levado para os trilhos do trem, onde teria sido executado com dois tiros, segundo um dos elementos localizados três dias depois, mas não disse onde o corpo estava.

Após duas semanas detido, ele foi solto, de acordo com informações recebidas pela família do desaparecido.

A família continua utilizando as redes sociais para compartilhar fotos de Carlos Eduardo, a fim de saber o real paradeiro dele.

Deixe uma resposta