SINFA repudia míseros 9% de aumento salarial, proposto por Flávio Dino

Inconformados com o anúncio do aumento salarial irrisório, o Sindicato dos Servidores da Fiscalização Agropecuária do Maranhão (SINFA-MA) publicaram uma nota de repúdio contra o Governador Flávio Dino que, segundo eles, propôs míseros 9% de reparação salarial aos servidores.

Veja a Nota:

O Grupo AFA (Atividade de Fiscalização Agropecuária), representado pelo Sindicato dos Servidores da Fiscalização Agropecuária do Maranhão (SINFA-MA), manifesta seu repúdio à proposta do governador Flávio Dino de Castro e Costa, propondo míseros 9% de reparação salarial aos servidores, quando a implacável inflação, ao longo dos sete anos de congelamento no seu mandato, eleva-se a draconianos 56,11% de perda de poder aquisitivo, isto só no Grupo AFA. Chegada à ALEMA no dia da Audiência Pública (a terceira) para cobrar a reposição de perdas salariais frente à inflação, os valores da Medida Provisória foram considerados “esmola”.

Deixe uma resposta