MP exige que prefeito de Rosário realize concurso público no prazo de 180 dias

O Ministério Público Estadual está apurando as providências adotadas pelo município de Rosário para dar cumprimento à sentença que determinou a realização de concurso e desligamento de contratados pela Prefeitura.

De acordo com informações, uma ação civil promovida pelo MP transitou em julgado, a sentença que obrigou o município de Rosário realizar concurso público em 180 dias e a promover o desligamento de todos os servidores contratados, ocupantes de cargo cujo provimento deve ser através de concurso.

O prefeito Calvet Filho terá que encaminhar documentos informando o quantitativo de cargos de provimento efetivo no município, o número de pessoal admitido por meio de contrato temporário de trabalho com indicação das funções, os cargos cujo provimento se dá através de nomeação em cargos de livre nomeação e exoneração e respectivas leis de criação do cargo e prova da publicação. Além da previsão de realização de concurso além daquele realizado para a área de educação.

 

Deixe uma resposta