Secretaria de Saúde de Imperatriz é investigada

O Ministério Público está investigando uma denúncia sobre a falta de funcionamento dos equipamentos de Tomografia Computadorizada, o único sob responsabilidade da prefeitura para os usuários da rede pública do SUS no Hospital Municipal de Imperatriz.

A indisponibilidade do equipamento tem dificultado a assistência de pacientes que necessitam realizar o exame, aumentando o tempo de espera por um diagnóstico preciso e início de tratamento. As possíveis irregularidades ou ausências de serviços podem prejudicar a prestação de serviço à saúde do município.

A instituição instaurou um procedimento administrativo, por considerar a necessidade de assegurar aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Imperatriz as garantias constitucionais que preservam os direitos fundamentais dos cidadãos e a tomografia como serviço de saúde obrigatório da macrorregião de saúde.

Cabe aos gestores de saúde do município, disponibilizar todas as ações e serviços aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Imperatriz.

Deixe uma resposta