Tio Gal prestigia desfile cívico em Maracaçumé

A Prefeitura de Maracaçumé realizou  desfile cívico ocorrido  na tarde do último domingo(08). Acompanhado por familiares, o prefeito tio Gal presenciou a passagem  dos pelotões .

“Estou muito feliz em poder ver uma parte de nossas crianças homenageando a nossa pátria querida. Essa manifestação é importante porque reafirma o compromisso de um país livre, encorajado para buscar mudanças e renovação todos os dias” disse Gal.

Prefeito Chico Velho desafia justiça e ao invés de nomear concursados contrata mais de 1000

Foto: Aprovados no último concurso de Maracaçumé.

Leitores do Blog enviaram uma denúncia relatando o descaso  da Prefeitura  de Maracaçumé.

Segundo os denunciantes, que terão  suas identidades mantidas em sigilo,a Prefeitura de Maracaçumé descumpre uma ordem judicial que determina a nomeação dos aprovados no último concurso realizado em 2016.

Ainda segundo a denúncia, a prefeitura já contratou mais de 1 mil terceirizados no lugar dos aprovados.

O Tribunal de Justiça, através da 1ª Vara da Comarca de Maracaçumé,deferiu a homologação do concurso, em processo contra a Prefeitura de Maracaçumé. O processo de mandado de segurança está registrado no nº 21922016.

Veja na integra a decisão judicial:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MP apura irregularidades em licitação na Prefeitura de Maracaçumé

Francisco Gonçalves de Souza Lima,prefeito de Maracaçumé.

O Ministério Público do Maranhão (MPMA), abriu um procedimento investigatório criminal para apurar possíveis irregularidades na administração do prefeito  de Maracaçumé, Francisco Gonçalves de Souza Lima.

O procedimento encaminhado pela promotora de Justiça Geraulides Mendonça Castro, da Assessoria Especial da  Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), pede que o MP apure as suspeitas de irregularidades em procedimentos licitatórios realizados pela atual gestão.

O prazo para  conclusão das investigações é de 90 dias.

OLHA AI, PROMOTOR ANDRÉ CHARLES! Prefeito Chico Velho pode ter pago R$ 110 mil por reforma que nunca existiu

Prefeito Francisco Gonçalves de Souza Lima o “Chico Velho

O município de Maracaçumé administrado pelo prefeito Francisco Gonçalves de Souza Lima o “Chico Velho,” contratou a empresa MARILOU CONSTRUCOES LTDA para realizar os serviços de reforma de 20 leitos do Hospital municipal.

O contrato foi assinado no dia  05/12/2018 e o valor recebido pela empresa que tem sede no município de Bom Jesus das Selvas, foi de exatos; R$ 110.218,60 (Cento e dez mil duzentos e dezoito reais e sessenta centavos.)

Segundo denuncias de um dos vereadores do município e da própria população a reforma que consta no portal de transparência, nunca se quer foi realizada pelo gestor, o que se for comprovado pode complicar e muito a situação do prefeito, o caso será levado ao conhecimento do Ministério Público.

De acordo com levantamento realizado pelo blog, a “reforma” de leitos de um Hospital que se quer funciona, não foi licitada, o que é ilegal, pois não existe qualquer decreto emergencial para que serviços fossem contratados sem licitação no município, ou seja não foi respeitado os princípios constitucionais da legalidade, isonomia, impessoalidade, moralidade e publicidade. O promotor André Charles Alcântara Martins deve se posicionar sobre o caso.

O vereador Pablo Mendes também repercutiu a possível imoralidade na justificativa dos gastos do recurso; acompanhe um trecho

No dia 05/12/2018 na gestão do Atual Prefeito CHICO VELHO, consta uma reforma no valor de R$110.218,60. reforma referente aos 20 leitos desse mesmo hospital. Aí eu pergunto a população alguém já fez uso desses 20 leitos ? Ou todos vocês quando precisaram de hospital foram encaminhando a cidade vizinha? Em conversa com o Vigia do hospital o mesmo também afirmou que nunca houve nenhuma reforma nos 20 leitos que o hospital possui. Então Sr. Prefeito CHICO VELHO eu como Vereador e representante do povo lhe pergunto onde foi parar esse dinheiro da reforma ?

 

MAIS…

Desde o ano de 2016 o Ministério Público do Maranhão tem em mãos um bojo de denúncias que está arrolado a gestão de Maracaçumé. Uma operação do GAECO em Maracaçumé nos próximos meses não é nem de longe considerada anormal para os ordenadores de despesas do município.

VEJA DADOS DO EMPENHO DA POSSÍVEL “REFORMA” DE LEITOS DO HOSPITAL E DA EMPRESA BENEFICIADA;

Justificativa da possível reforma,

Leitos do hospital do município

MARACAÇUMÉ! Chico Velho pode ter pago quase 200 mil para empresa realizar o “sábado de aleluia no município”

Prefeito Chico Velho

Prefeito Chico Velho

O prefeito de Maracaçumé, Chico Velho, parece não ter mesmo limites quando se fala em gastar dinheiro público. O que mais impressiona é que o Ministério Público do município parece inerte a alguns gastos , um tanto quanto suspeitos, realizados pela gestão.

Em setembro deste ano por exemplo, a gestão de Chico Velho contratou a empresa V.M.V. DE OLIVEIRA – ME de propriedade da empresária Monica Valéria de Oliveira da Costa, para a realização das festividades em comemoração ao sábado de aleluia do Município.

O valor do contrato para realização do evento é o que mais impressiona, foram estimados R$ 144.900,00 (Cento e quarenta e quatro mil e novecentos reais).

O Ministério Público deve averiguar e ainda saber se de fato o evento aconteceu, além do mais resta saber se tinha algum “enfeite” da festa banhado a ouro para justificar o valor do contrato.

VEJA

MP abre inquérito para investigar irregularidades na saúde do município de Maracaçumé MA

Prefeito de Maracaçumé, Chico Velho.

O Ministério Público do Maranhão determinou a Instauração de Inquérito Civil  para apurar denúncia feita por vereadores acerca de irregularidades na área da saúde do município de Maracaçumé.

As denúncias feitas por vereadores apontam; descumprimento da carga horária de trabalho semanal por parte de médicos e dentistas do
Programa Estratégia Saúde da Família, deterioração e sucateamento de veículos da Prefeitura que servem à Secretaria de Saúde e a existência de funcionários que estão recebendo remuneração sem estar de fato trabalhando. O despacho exarado no aludido Inquérito Civil  determinou seu desmembramento em relação à apuração da denúncia de deterioração e sucateamento de veículos da Prefeitura que servem à Secretaria de Saúde, com vistas a melhor organizar e direcionar a atividade investigativa.

O órgão investigativo ainda requisitou do município vistoria in loco nos veículos destinados à Secretaria de Saúde do Município. O prazo para conclusão do inquérito será de 01(um) ano, prorrogável por quantas vezes for necessário, à vista da imprescindibilidade da conclusão ou realização de diligências.

Ex Prefeito de Maracaçumé é condenado a devolver 9,2 milhões aos cofres públicos

Na sessão plenária desta quarta-feira (10), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) julgou irregular a tomada de contas da administração direta do gabinete do prefeito de Maracaçumé, José Francisco da Costa Oliveira, relativa ao exercício de 2011. Além do pagamento de multa no valor de R$ 111 mil, o gestor foi condenado a devolver aos cofres públicos um total de R$ 9,2 milhões, valores decorrentes de despesas não comprovadas. Cabe recurso da decisão.

Despesas sem comprovação também levaram ao julgamento irregular da tomada de contas da administração direta do gabinete do prefeito de Magalhães de Almeida, João Cândido de Carvalho Neto, exercício de 2013, com débito de R$ 2,6 milhões e multas no total de R$ 242 mil. Cabe recurso.

Na mesma sessão, o TCE julgou irregulares as contas do Fundo Municipal de Educação (FME) de Cantanhede (2011), de responsabilidade de Antonio Emetério Batista, José Martinho dos Santos Barros, Leles Lima dos Santos Ferreira e Manoel Erivaldo Caldas dos Santos, com débito de R$ 570,7 mil e multas no total de R$ 60 mil.

Foram julgadas irregulares ainda as contas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) do município de Presidente Médici (2012), de responsabilidade de Antonio Rodrigues Pinho, Francisco Otacílio Rodrigues Pinho e Neodir Paulo Fossati, com multa de R$ 21 mil.

Foram julgadas regulares as contas de Jacinto Pereira Sousa e Ricardo Araújo Torres (Fundo Municipal de Educação de Codó, 2011, com ressalvas); Leo Bruce Vieira Garcia (Fundo de Aposentadorias e Pensões de Duque Bacelar, 2011); Marlene Serra Coelho e Solimar Alves de Oliveira (Fundo Municipal de Assistência Social de Matões do Norte, 2012, com ressalva e multa de R$ 4 mil); Arenaldo Pereira Lima, Felix Adilton Gomes Costa e João Francimar de Carvalho Feitosa (Fundo Municipal de Saúde de São Raimundo das Mangabeiras, 2012, com ressalva e multas no total de R$ 14 mil); Maria José Curvelo, Maria Ozélia Duarte, Paula Francinete da Silva Nascimento e Ricardo Soares de Almeida (FMAS de Monção, 2012, com ressalva e multas no total de R$ 9 mil); Adriano Barroso Pereira e Leula Brandão (FMS de Newton Bello, 2012, com ressalva e multa de R$ 3 mil); Francisco Taveira Peixoto e Vanderlúcio Simão Ribeiro (FMS de São Pedro da Água Branca, 2013, com ressalva e multas no total de R$ 6 mil); Ivonete de Souza Ribeiro e Vanderlucio Simão Ribeiro (Fundo Municipal de Ação Social de São Pedro da Água Branca, 2013, com ressalva e multas no total de R$ 6 mil).

Entre as câmaras municipais, foram julgadas regulares as contas de Ronilson Araújo Silva (Primeira Cruz, 2014), Aldenicio Ribeiro Cavalcante (Graça Aranha, 2015) e Jair Alves dos Santos (Lago do Junco, 2015).

Também foram julgadas regulares as contas de Leula Pereira Brandão (Gabinete Civil de Governador Newton Belo, 2009, com ressalvas); Felipe Costa Camarão (Encargos Administrativos do Estado do Maranhão – SEGEP, 2015); Marcos Antonio Barbosa Pacheco (Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA, 2015); Luiz Gonzaga Martins Coelho (Procuradoria de Justiça do Estado do Maranhão, 2016); Luiz Gonzaga Martins Coelho e Regina Lúcia de Almeida Rocha (Fundo Especial do Ministério Público Estadual, 2016); José Cândido Ribeiro Neto (FMS, Bacuri, 2011); Ana Gabriela Santos da Silva (FMAS, Timbiras, 2011, com ressalva e multa de R$ 3 mil); Edson Francisco dos Santos e Juacy Martins dos Santos Fonseca (FMAS, Lajeado Novo, 2013); Maria Deusdete Lima e Raimunda Damiana Pereira (FMS, Centro do Guilherme, 2013); Elsa Gomes Silva, Lindonelio Pereira Silva e Luciane Ribeiro Guterres (FMS, Monção, 2014); Ivaldo de Jesus Soares Barbosa e José Wellington Monteiro Pereira (18º Batalhão de PM de Presidente Dutra, 2015); Rodrigo Maia Rocha (Procuradoria Geral do Estado do Maranhão, 2016); Joel Fernando Benin (Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Maranhão – IPREV, 2017); Sueline Moraes Fernandes da Silva (Junta Comercial do Estado do Maranhão, 2012, com ressalva e multa de R$ 2 mil); José Irlan Souza Serra e Lucivaldo Barros da Cruz (FMS, Pedro do Rosário, 2013, com ressalva) e Darly Teixeira da Silva, Efigênia Aguiar Souza e José Aldo Ribeiro Sousa (FMAS, São João do Paraíso, 2014, com ressalva e multa de R$ 2 mil)

Na “falta” de prefeito, Josimar Maranhãozinho e Tio Gal conseguem asfalto para Maracaçumé

Atendendo a uma reivindicação do povo e do líder político Tio Gal, o deputado Josimar, levou ao governo do estado a solicitação do programa “mais asfalto” para o município de Maracaçumé. 

Solicitação atendida

As máquinas já estão no município para realizarem o trabalho. Segundo o blog foi informado a falta de comprometimento da gestão em lutar pelo serviço ao município levou o representante Tio Gal a interceder junto ao deputado Josimar pelo povo do município. 

 O benefício foi conseguido único e exclusivamente pelos esforços da liderança Tio Gal e do deputado Josimar Maranhãozinho. 

EXCLUSIVO: Veja o vídeo do momento exato que o corpo do Homem que estava desaparecido no rio Maracaçumé foi encontrado

Um Homem ainda não indetificado que estava desaparecido do rio Maracaçumé foi encontrado por amigos, na tarde de hoje (25) segundo informações o Homem estaria embriagado e resolveu atravessar de uma margem a outra o rio, não dando conta de nadar se afogou e acabou indo ao fundo do rio já sem vida,a população se mobilizou na esperança de encontrá-lo ainda com vida, conseguiram localiza-lo mais já sem vida.

Veja o vídeo do momento exato que o corpo foi encontrado no rio Maracaçumé;

Homem mata ex-companheira e depois se suicida em Maracaçumé

A ocorrência foi registrada na tarde deste domingo (24), em Maracaçumé. De acordo com informações preliminares, o homem identificado como Bruno saiu da cidade de Governador Nunes Freire e se deslocou até a cidade de Maracaçumé para solicitar a guarda temporária da filha, ao chegar a residencia onde reside a ex-esposa, ambos teriam iniciado uma discussão, o homem que estaria armado e se encontrava passando por problemas psicológicos fez uso da arma e desferiu vários tiros na cabeça da ex-esposa na frente da filha, e logo em seguida não sabendo lidar com a situação tirou a própria vida.