Assis Ramos perde o controle sobre o Sistema de Saúde de Imperatriz

Ao que parece, o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, não tem controle sobre as suas secretarias e tem encontrado dificuldade para harmonizar as demandas de sua população principalmente em relação a área da saúde.

Com uma série de denúncias e investigações relacionadas aos péssimos serviços prestados no Hospital Municipal e nas UBS, o prefeito vai perdendo a sua popularidade e o Ministério Público segue intervindo para que a população não seja prejudicada.

Em uma nova denúncia, a Promotoria de Justiça tomou conhecimento de uma suposta ineficiência ou omissão no atendimento prestado pelos profissionais (médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem) que compõem as equipes de saúde do Hospital Municipal de Imperatriz.

O comportamento inadequado desses profissionais gerou uma força tarefa do MP que agora vai fiscalizar e investigar para que a população não seja prejudicada e seja garantida a qualidade e eficiência dos serviços prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no município, mesmo que para isso sejam adotadas as medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis.

Deixe uma resposta