Estão presos os principais suspeitos de assassinarem líder comunitário de Zé Doca

Estão presos os dois principais suspeitos de assassinarem o líder comunitário do município de Zé Doca, Francisco Sales Costa de Sousa, 60 anos, com vários disparos de arma de fogo no ano de 2019, no Povoado Centro do Totó, naquela cidade.

Francisco era um ecosindicalista com boa atuação na região e concorreu para o cargo de deputado federal pelo PSOL, em 2O18. A sua morte gerou grande comoção junto à comunidade e de entidades da sociedade civil.

De acordo com informações da Polícia Civil, o primeiro suspeito foi preso no final da tarde de ontem, na zona rural de Formosa do Araguaia (TO), por meio de um mandado de prisão temporária, buscas e apreensões. Na manhã de hoje (13), o segundo suspeito foi preso em Belém (PA).

Ainda de acordo com informações, os suspeitos são parentes da vítima e estão sendo interrogados pelas equipes policiais. As primeiras informações dão conta que a motivação do crime foi uma desavença sobre imóvel de herança.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Feminicidio/SHPP/PCMA e os presos serão encaminhados para o sistema Penitenciário.

Deixe uma resposta