Ausência de prestação de contas nas gestões dos ex-prefeitos Mão de Ouro e Dulcinha deixam Satubinha em situação de inadimplência

Mão de Ouro e Dulcinha, ex-prefeitos de Satubinha já não comandam mais a cidade, mas pelo visto a população ainda terá que conviver por muito tempo com os efeitos de suas administrações desastrosas.

Pesquisa realizada pelo Blog constatou que o município se encontra inscrito no Cadastro Estadual de Inadimplentes – CEI, tudo porque os ex-prefeitos deixaram de prestar contas dos recursos recebidos do Estado. Na gestão de Mão de Ouro foram os Convênios 212/2008 e 439/2009, celebrados com a Secretaria de Estado da Cultura, que juntos somam a quantia de R$ 596.999,00 (quinhentos e noventa e seis mil, novecentos e noventa e nove reais). Já Dulcinha deixou de prestar contas dos Convênios 13/2017 e 30/2018, celebrados com a Secretaria de Estado da Cultura, no importe de R$233.000,00 (duzentos e trinta e três mil reais).

Contatamos a atual gestão que informou que já esta adotando as medidas necessárias para ressarcir o erário, representando criminalmente os ex-gestores e ingressando com Ação Civil Pública para ter de volta os valores que não foram prestados contas e ainda com ação para suspender as inadimplências.

Segundo apuramos caso as ações sejam julgadas procedentes, não terá muitas repercussões, pois já possui várias condenações. Já Dulcinha poderá ficar inelegível, o que deverá frustrar seus planos políticos.

veja:

ACP CONVENIOS 13 2017 E 30 2018 SECMA

Deixe uma resposta