Investigado pela Seccor por cobrar propina para pagamento de contrato público, Davi Brandão quer ser deputado Estadual

Mesmo conhecido por conta da investigação por crimes de corrupção e formação de quadrilha, Davi Brandão, secretário de administração de Bacabal e filho do prefeito Edvan Brandão, pretende se candidatar ao cargo de deputado estadual nas próximas eleições.

Davi Brandão e o pai são alvos de um inquérito instaurado pela Polícia Civil, sob responsabilidade da Superintendência de Combate a Corrupção (Seccor), em uma denúncia de corrupção ativa envolvendo o empresário Márcio Gesso, que acusou o gestor de suposta cobrança de propina e extorsão contra fornecedores da prefeitura.

O empresário contou à polícia que recebeu uma proposta indecente para pagar propina ao filho do prefeito Edvan Brandão em transições sobre serviços de instalação de uma subestação de energia no pronto socorro municipal (Socorrão).

Pai e filho se negaram a prestar esclarecimentos e seguem sendo investigados. Mesmo enrolado com a justiça, Davi Brandão manifesta interesse no legislativo estadual, cargo que talvez favoreça os negócios da família. 

Deixe uma resposta