MP vai investigar relatos de atos de violências contra pacientes em Hospitais de Imperatriz

Em todo o Maranhão é difícil alguém precisar de um atendimento em posto de saúde e não ser mal atendido. Infelizmente alguns funcionários esquecem que estão ali para prestar um serviço à população, que é quem de fato paga os seus salários.

Em Imperatriz não é diferente, e por conta do grande número de denúncias, o Ministério Público decidiu fiscalizar se os estabelecimentos de saúde do município estão cumprindo com suas obrigações. De acordo com informações, existem relatos de atos de violência de todos os tipos cometidos contra pacientes, tanto nos hospitais municipais, quanto nos estaduais.

As denúncias foram feitas durante o I seminário Sobre Notificações de Violências. Em função disso, o MP solicitou aos diretores do Hospital Municipal, Regional Materno Infantil e o Macrorregional, informações acerca das medidas já tomadas pelos estabelecimentos, no sentido de aprimoramento e combate a essas ações.

A instituição estabeleceu o prazo de 1 ano para que as medidas surtam efeitos e os problemas sejam resolvidos.

Deixe uma resposta