Flávio Dino cria personagem na tentativa de se destacar nacionalmente

O governador Flávio Dino vem tentando nacionalmente projetar uma imagem que não condiz com a realidade. O gestor estadual quer se passar por bom administrador quando, na verdade, não consegue resolver os problemas mais antigos no estado. O Maranhão, por exemplo, ainda segue no topo da miséria do país.

O percentual de maranhenses na extrema pobreza subiu 17,75% entre 2016 e 2018, segundo último estudo do IBGE. Em todo o estado, são mais de 1 milhão de maranhenses vivendo em situação de extrema pobreza. O Maranhão também continua sendo a unidade da federação com o menor rendimento médio por pessoa do país, com 12,2% da sua população sobrevivendo com menos de R$ 85 por mês.

E foi com o discurso que acabar com a pobreza no estado que Flávio Dino se elegeu em 2014, mas até agora o Maranhão segue no mesmo cenário, com índices negativos que se destacam mais que a imagem que o governador pretende passar.

Flávio Dino também posa de diplomático, mas coleciona episódios de falta de diálogo, como no caso do conflito com os moradores do Cajueiro, que desabrigou famílias da região para dar lugar a um empreendimento bilionário.

1 pensou em “Flávio Dino cria personagem na tentativa de se destacar nacionalmente

  1. Acho que uma boa parte da pobreza “não é uma culpa somente do governador “mas sim dos prefeitos que sucateiam as prefeituras com os agiotas, eu estou falando isso com conhecimento de causa do município em que meu pai e meu irmão moram em Araguanã. O município está cada vez mais acabado e uma grande parte da população ainda reelegeram por causa da compra de votos na eleição passada e agora nesta eleição elegeram o sobrinho o Flávio Amorim,é uma pena que com essa compra de votos o município acaba ficando sem EDUCAÇÃO, SAÚDE E DEMAIS nas outras áreas.

Deixe uma resposta