LASCOU! Profissionais de imprensa da Câmara de São Luís estão há meses sem receber

Presidente, Osmar Filho

De acordo com informações veladas recebidas pelo núcleo de inteligência do site SJ noticias, o presidente da Câmara Municipal de São Luís Osmar Filho, está dando calote nos profissionais da imprensa que “cobrem” e divulgam os trabalhos do legislativo municipal.

Ainda de acordo com as denúncias de dezenas de comunicadores que divulgam os trabalhos do legislativo ludovicense, Osmar Filho, alega que ainda não foi concluído o processo licitatório para realizar o pagamento dos profissionais, de acordo com uma fonte bem posicionada do blog, não passa de balela. O processo já foi concluído e o que prova isso é a divulgação do programa publicitário da CMSL, em uma emissora que pertence ao grupo Sarney.

Osmar Filho, está se projetando para as eleições municipais da capital, mais sua atuação “apagada” na Câmara, e agora com essa fama de “velhaco” seu destino pode estar bem longe do executivo de São Luís e até mesmo do legislativo.

Projeto Cajari 2020

Enquanto os comunicadores do legislativo de São Luís estão há “pão e água,” a movimentação de uma pessoa bem próxima de Osmar Filho pela prefeitura de Cajari começou bem cedo. Dizem que por lá não está faltando nada para os apoiadores do projeto “Cajari 2020.” Falaremos mais sobre o “projeto” nos próximos dias.

 

Osmar filho emudece sobre “farra das aposentadorias” na Câmara de São Luís

Osmar Filho e Astro de Ogums

O presidente da Câmara de vereadores do município de São Luís, Osmar Filho, silenciou sobre o escândalo que foi a ilegalidade na aposentadoria do ex-presidente e atual vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum e das aposentadorias, do irmão, cunhada e esposa do vereador Chico Carvalho.

Entenda…

Ocorre que Ogum se auto-aposentou ano passado, no cargo de diretor da Câmara Municipal em pleno exercício do seu mandato de vereador e quando ainda era presidente do legislativo municipal. O ato é no mínimo imoral.

A população e o meio politico ludovicense ainda espera um posicionamento do atual presidente da casa, o jovem Osmar Filho, algo que até agora ainda não ocorreu. Osmar deveria ser o primeiro a se posicionar de forma contraria ao que fez seu “colega” e vice-presidente.

Chico Carvalho concede aposentadoria a Astro.

Sistema de votação da CMSL deve custar quase R$ 100 mil reais

Presidente da CMSL, Osmar Filho

O presidente da Câmara Municipal de São Luís contratou a empresa RIOLE ELETRÔNICA LTDA-EPP, para executar os serviços de sistema automatizado e microfones para plenário.

R$ 86.801,90 (Oitenta e seis mil oitocentos e um real e noventa centavos.) Esse é o valor do contrato assinado pelo chefe do legislativo municipal de São Luís e a empresa do estado do Paraná.

A RIOLE ELETRÔNICA LTDA-EPP pertence aos empresários Eloir Antônio Moro e Eliana Gaida Percegona.

O contrato firmado teve prazo final de execução de 15 dias.

Weverton Rocha confia em boa gestão de Osmar Filho à frente da Câmara

O senador eleito fez questão de prestigiar solenidade de posse de aliado partidário que terá como missão manter o tom conciliatório e progressivo do Parlamento Municipal.

O senador eleito Weverton Rocha (PDT) prestigiou, na manhã desta terça-feira (1º), no auditório da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), em São Luís, a solenidade de posse da nova mesa diretora da Câmara Municipal, que durante o biênio 2019-2020, será comandada pelo vereador Osmar Filho (PDT).

“Osmar Filho é um jovem advogado, de um partido que pela primeira vez assume a presidência do Legislativo da capital maranhense e não tenho dúvida de que tem todos os requisitos para fazer uma grande gestão neste biênio” disse Weverton. Como presidente do PDT no estado, Weverton acrescentou que o partido o apoia, sobretudo, por acreditar no seu talento e potencial. “Ele já demonstrou sua liderança, ao ser eleito por unanimidade pelos seus pares”, destacou.

O mais jovem parlamentar a assumir o comando do Legislativo Municipal, Osmar Filho disse que uma das suas principais ações será promover um debate pleno e eficaz acerca das problemáticas da cidade e que, para isto, espera contar com a participação efetiva do cidadão. Parabenizando seu antecessor, Astro de Ogum, por sua gestão à frente do parlamento municipal, o novo presidente fez questão de lembrar da importância dos servidores na condução dos trabalhos. “Tenham certeza da valorização e respeito a todos vocês”, afirmou.

Além de Osmar, a nova composição da mesa diretora da Câmara Municipal de São Luís tem Astro de Ogum como 1º vice-presidente, Nato Júnior (2º vice-presidente); Josué Pinheiro (3º vice-presidente); Chico Carvalho (1º secretário); Francisco Chaguinhas (2º secretário); Beto Castro (3º secretário); Concita Pinto (4ª secretária) e Afonso Manoel (5º secretário). A cerimônia de posse reuniu autoridades e representantes dos mais variados segmentos da sociedade.

MPF recomenda exclusão dos nomes de pré-candidatos em divulgação de evento de Osmar Filho

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) propôs recomendação aos organizadores do evento Copa dos amigos, que será realizado no dia 22 de junho, para que retirem cartazes, placas, adesivos, bandeiras, banners, ou qualquer outro instrumento de divulgação do evento, inclusive na internet, que indiquem pré-candidatos como patrocinadores/apoiadores.

O vereador do município de São Luís, Osmar Filho, foi o responsável por divulgar o evento em seu perfil na rede social Facebook. No cartaz de divulgação constam como apoiadores políticos os deputados federais Pedro Fernandes e o deputado estadual Edivaldo Holanda, além de constar o nome do próprio vereador Osmar Filho como responsável pela realização do evento.

O evento envolverá significativa movimentação de recursos, de acordo com a divulgação. Foi anunciado o sorteio da quantia de R$ 1.000,00 a cada gol da seleção brasileira de futebol, a distribuição de brindes e a realização de atrações. O convite é aberto ao público.

A partir disso, o Ministério Público Eleitoral recomendou que, além de retirar qualquer publicação em relação ao evento que indiquem pré-candidatos como patrocinadores, os organizadores devem se abster de difundir mensagens, falas, pronunciamentos durante a realização do evento, que configure exaltação ou promoção dos pré-candidatos, mesmo que com o título de apoiadores ou patrocinadores.