Após romper com Flávio Dino, Josimar é alvo de operação da polícia estadual

Dias após anunciar que não existe mais tratativas de voltar a conversar com o governador do Maranhão Flávio Dino, o deputado Josimar Maranhãozinho se torna alvo de uma mega operação da polícia estadual que apura supostas fraudes em licitações de municípios comandados pela sigla do partido liberal.

Além da quantidade de agentes policiais e promotores destacados para realizar a operação, drones, helicópteros e outros meios de transporte foram utilizados para tornar mais espetaculosa ainda uma operação que mira um concorrente direto do grupo do governador ao palácio dos leões.

Sabendo da fama de enrolado do deputado Fernando Pessoa, presidente da Câmara rompe com Eric Costa

O assunto começa a se espalhar pelos corredores e gabinetes da Câmara Municipal de Barra do Corda. O presidente, vereador Gil Lopes, já informou aos amigos mais próximos seu rompimento com o prefeito Erick Costa.

Mas logo vem a pergunta: e como ficará o deputado Fernando Pessoa, cunhado do prefeito? Ocorre que Pessoa deu a palavra de que apoiaria o nome de Lopes para a sucessão municipal agora de 2020 em troca do apoio que o presidente da Câmara lhe deu em 2018. Aliás, não fosse Lopes, Pessoa não estaria hoje como deputado.

O parlamentar, que deve sua eleição ao vereador e ao cunhado a súbita progressão de bens, vai manter a palavra e ficará com o presidente da Câmara Municipal de Barra do Corda?

Ou Gil Lopes será traído antes mesmo de iniciar o ano da eleição?

Luis Cardoso

O deputado Fernando Pessoa, já possui fama de enrolado, antes de sacramentar sua candidatura para deputado estadual, saiu prometendo apoio para “deus e o mundo”, é o que dizem em Barra do Corda.

BOMBA BOMBA! Josimar de Maranhãozinho ameaça romper com governo Flávio Dino

Secretários de Flavio Dino usando a Máquina  Pública para promoção pessoal é assunto na Assembleia..

Nesta quinta-feira (08), poderia se imaginar que o assunto seria esquecido, mas não foi e pelo menos mais quatro deputados, todos governistas, voltaram a afirmar que secretários do Governo Flávio Dino, que querem ser deputados, estariam cometendo crime eleitoral.

O assunto desta vez foi iniciado pelo deputado Josimar de Maranhãozinho (PR). O parlamentar mais votado em 2014, utilizou a Tribuna para ratificar as palavras do colega Raimundo Cutrim e ainda chegou a citar o nome de Márcio Honaiser, secretário de Agricultura do Maranhão.

“Secretário está indo aos nossos municípios, à minha região especificamente e chega lá como secretário presenteando a oposição com dinheiro do governo, com equipamentos que custam mais de R$ 500 mil. No final de semana passada, a oposição com o Secretário Márcio Honaiser, que usa claramente a Secretaria para promover sua própria campanha, foi lá e presenteou com dois tratores, caminhões para a oposição do prefeito. Enquanto que o prefeito, que é meu aliado, prefeito reeleito, o prefeito de Araguanã, prefeito esse que discursou no evento do partido, do PR, representando todos os prefeitos e ali elogiou o governo, que é aliado do governo, em setembro pediu uma colaboração para o Festival do Peixe, não teve. Pediu uma colaboração, em novembro, para o aniversário da cidade, também não teve. Pediu uma colaboração agora para o carnaval e foram liberados cinquenta mil reais para fazer um carnaval com quatro noites de festa na cidade”, desabafou Maranhãozinho.

O deputado ainda deixou claro que se esse desmando continuar, ele deixará a base do Governo Flávio Dino.

“Então, isso eu já comuniquei às pessoas do nosso Governo, eu que faço parte desse governo, mas de forma alguma vou estar no governo que as pessoas que estão à frente, que representam o governo, lá na minha região, não respeitam o meu partido e muito menos os meus aliados”, finalizou.

Com informações  blogdojorgearagao