PDT pode apoiar Boulos em SP por apoio do PSOL ao projeto de Weverton

Weverton em conversa com líderes do PSOL e PCdoB

Enquanto o PT sonha que Guilherme Boulos abandone sua pré-candidatura ao governo de São Paulo, o líder dos sem-teto esteve em Brasília com lideranças do PDT e do PCdoB para articular não apenas aliança para a sua campanha – mas para fechar acordos em outros estados.

Uma de suas conversas foi com o senador Weverton Rocha. Com ele, o Boulos ficou de articular em sua legenda o apoio do PSOL ao senador, que é pré-candidato ao governo do Maranhão. Em troca, PCdoB e PDT apoiariam o Boulos em São Paulo.

Conversas entre o PCdoB e o PSB para uma eventual fusão voltaram a andar

As conversas entre o PCdoB e o PSB para uma eventual fusão voltaram a andar. O partido tenta definir uma estratégia antes das eleições de 2022, de modo a tentar tornar competitiva a candidatura do governador Flávio Dino (Maranhão).

Em 2019, o PCdoB já teve de se fundir ao PPL para não cair na cláusula aquele ano.

Há, internamente, quem defenda uma adesão com o PT, mas o sentimento é minoritário. Ficou ainda menor com proposta petista de deixar os comunistas como uma corrente petista. A presidente do partido, Luciana Santos, que é vice-governadora de Pernambuco e próxima dos caciques socialistas, respondeu à Gleisi Hoffmann, que lidera o PT, que seu partido é que acabaria virando uma corrente comunista.

Bastidor

NOVO RICO! Empresário ligado ao PCdoB faturou quase R$ 700 mil para realizar projeto de Marcelo Poeta

O mais novo milionário do Maranhão

O empresário Igor de Jesus Mesquita, ligado ao PCdoB, partido do Governador Flávio Dino, conhecido como ‘Rey do Vidro’, vem faturando alto com um projeto do vereador Marcelo Poeta, que também integra o partido comunista.

Segundo apurou o titular do Blog, a liberação dos recursos ocorreu via Secretaria do Estado de Esporte e Lazer (SEDEL).

Em 2016 por exemplo, quando Marcelo estava se preparando pra enfrentar as urnas, o governo autorizou, em junho daquele ano, uma captação de recurso através da Lei n° 9.436, de agosto de 2011, no valor de R$ 354 mil, para realização do projeto ‘Movimento Grande Anil’.

Vereador Marcelo Poeta terá que explicar destino de quase R$ 700 mil.

O resultado da captação do dinheiro poucos meses antes da eleição foi refletido nas urnas com a vitória de Poeta com exatos 4,920 votos.

Já eleito vereador por São Luís, a parceria entre Marcelo Poeta e Igor Mesquista só aumentou.

Em 2018, o empresário faturou R$ 338 mil para realização do mesmo projeto. No entanto, o que nunca foi explicado à população do bairro do anil é pra onde foram parar todos esses recursos, e porque o vereador utilizou um instituto fora do bairro para ‘realizar’ tal projeto.

Outra indagação pertinente dos moradores é sobre a prestação de conta dos referidos recursos que, segundo informações, o vereador esconde a sete chaves.

E MAIS…

Engana-se quem pensa que a ligação com o PCdoB rende a Igor Mesquita apenas benefícios com vereador Marcelo Poeta.

Uma pesquisa feita pelo blog apurou que o empresário tem atuação em várias áreas do governo comunista. Uma delas, é na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (AL-MA).

Ainda segundo apurou o blog, Igor faturou alto no legislativo estadual na gestão do ex-presidente Humberto Coutinho e na atual, comandada por Othelino Neto, seu antigo amigo.

Coincidência ou não, o empresário deu um verdadeiro salto na vida com o Governo Flávio Dino. Nas próximas postagens o blog irá trazer mais detalhes sobre a vida de Igor Mesquita, que chegou a ganhar o apelido de ‘novo rico’ por conta de sua aproximação com o governo.