11 são detidos durante operação da PM em Humberto de Campos

Foto: Polícia Militar

Policiais  Militares da 5ª Companhia Independente  prenderam 11 pessoas, na noite da última segunda-feira(05), no município de Humberto de Campos.

Segundo informações, a equipe de plantão recebeu relato que ocorrera no Povoado Achui teria ocorrido uma festa, onde os seguranças contratados para  o evento teriam roubado a renda feita no estabelecimento Botequim do Clube.

Ainda no local, a população juntamente com um dos donos da festa teriam encurralado os seguranças impedindo que os mesmos fugissem com a renda de R$ 20.805,00 vinte mil oitocentos e cinco reais.

De imediato a guarnição ao tomar conhecimento dos fatos, realizou a condução de todos os envolvidos para a delegacia da cidade de Humberto de Campos. No veículo Fiat Strada, de cor branca,  placa OEH 7406; foram encontradas  duas armas calibre  32 e 38;  duas armas calibre 12; nove placas de colete balístico, 7 celulares, uma trouxinha de substância semelhante a crack, além de fardamento de uso exclusivo da Polícia Militar.

Os 11 envolvidos foram apresentados no Distrito Policial de Humberto de Campos para os procedimentos legais.

Foto: Polícia Militar

Empresa de Teresina ganha contrato de R$ 1,5 milhão em Humberto de Campos

 

R$ 1.543.346,60 milhão. Esse é o valor que a Prefeitura de Humberto de Campos vai gastar com materiais permanentes.

O contrato foi firmado com a V.R Costa, de nome fantasia Mirante Indústria, localizada em Teresina, no Piauí.

A empresa piauiense vai atuar em Humberto de Campos por 12 meses, segundo informações publicadas no Diário Oficial.

“Máfia dos Caixões”: Prefeito de Humberto de Campos contrata funerária por mais de R$ 206 mil

Prefeito de Humberto de Campos, Jose Ribamar Reibeiro Fonseca

A prefeitura de Humberto de Campos administrada por José ribeiro Feitosa, já pode entrar na mira da PF, pela chamada investigação da “máfia dos caixões” que já inclusive levou a ex-prefeita Lidiane Leite de Bom Jardim (Prefeita ostentação) para cadeia.

O esquema é feito com recursos da assistência social. A prefeitura de Humberto de Campos, por exemplo; contratou a empresa J DE R S LISBOA por valores exorbitantes, para fornecer os serviços fúnebres ao município.

 De acordo com levantamento do blog o município de Humberto de Campos, possui pouco mais de 16 mil habitantes, ocorre que o contrato celebrado entre a prefeitura é de exatos; R$ 206.850,00 (duzentos e seis mil, oitocentos e cinquenta reais). É possível afirmar que a estimativa da gestão é que, “80% da população do município morra para justificar o contrato.” 

A funerária Humbertuense tem sede em São Luís, o contrato firmado entre José Ribamar Silva Lisboa e a prefeitura de Humberto de Campos deve ser mais um a entrar na “mira” da PF. É aguardar!

Veja o contrato;