Por unanimidade, TSE decide pela cassação da prefeita de Santo Amaro

O Tribunal Superior Eleitoral de Brasília votou em desfavor da permanência da prefeita de Santo Amaro, Luziane Lisboa, a frente da gestão do município.

Ela é acusada de compras de votos durante campanha das eleições de 2016.
De acordo com denuncia, durante o pleito, a vereadora Domingas Santana Lisboa foi gravada comprando votos em nome da atual gestora.

No vídeo que está sob domínio do TSE, uma eleitora fez imagens do momento em que a vereadora compra os votos. O vídeo prova que as imagens foram feitas de forma espontânea, não havendo qualquer indução ou coação.

O processo que dura mais de três anos, foi enviado ao TRE/MA para que as provas sejam aceitas e cumpra-se a sentença. Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral, decidiram por unanimidade, em receber os embargos de declaração opostos por Luziane Lopes Rodrigues e José Hernani Bruzaca Castro como agravo regimental, negando-lhe provimento e também negar provimento ao agravo regimental interposto por Domingas Santana Lisboa, nos termos do voto do relator.

1 pensou em “Por unanimidade, TSE decide pela cassação da prefeita de Santo Amaro

Deixe uma resposta