Barra do Corda espera decisão de juiz sobre ação protocolada contra o resultado das eleições de 2016

A população de Barra do Corda espera a decisão do juiz Queiroga Filho sobre uma ação protocolada pela Coligação Juntos Somos Fortes após o resultado das eleições de 2016.

A coligação pede a cassação dos mandatos do prefeito Eric Costa, seu vice Leandro Sampaio e da vereadora Kassí Pompeu.

A ação foi rejeitada pelo juiz em 2017. Os advogados recorrem ao TRE em São Luís, e por lá, os Desembargadores por unanimidade derrubaram a decisão do juiz de Barra do Corda e mandaram ouvir as testemunhas indígenas que foram apresentadas pela Coligação Juntos Somos Fortes.

Os advogados do prefeito Eric Costa recorreram ao TSE em Brasília contra a decisão do TRE/MA, mas perderam. O Ministro Jorge Mussi manteve a decisão dos Desembargadores do Maranhão e determinou que as testemunhas de acusação fossem ouvidas em Barra do Corda.

O juiz Queiroga Filho ouviu as testemunhas. Após a audiência foram apresentadas as alegações finais por ambas as partes, como também o parecer do Ministério Público, que foi favorável pela não cassação do prefeito Eric Costa, Leandro Sampaio e Kassí Pompeu.

Desde o dia 2 de outubro, a Ação encontra-se pronta para ser decidida pelo juiz Queiroga Filho na Justiça eleitoral de Barra do Corda.

Deixe uma resposta