Edivaldo Holanda é suspeito de derramar mais de R$ 200 milhões em empresa de parentes

O prefeito  Edvaldo Holanda Júnior (PDT) está  no olho do furação por episódios de escândalos envolvendo o seu nome. Recentemente o blog maranhaodeverdade vem relatando uma série de matérias, que segundo ele, evidenciam uma suposta  corrupção envolvendo pessoas  ligadas  diretamente ao gestor de São  Luís.

Ainda segundo o blog, a pressuposição do esquema de corrupção envolve  pagamento  de propina cujo valor chega a 30% que são repassadas às empresas que prestam serviços ao município.Toda movimentação estaria sendo gerenciada pelo  assessor técnico da Prefeitura de São Luís, Ronaldo Lopes Lima; braço direito de Edvaldo Holanda.

De acordo prestadores de serviço que delataram o aliciamento, seria também atribuição de Ronaldo Lima, cobrar, receber e  comandar o esquema de direcionamento nos processos licitatórios para beneficiar as empresas “parceiras” do ex-bancário Pedro Ricardo Aquino da Silva, conhecido  como “Cachorro Doido” e o empresário Igor Bandeira de Freitas Costa, ambos primos do prefeito de São Luís.

Empresas Parceiras

Igor  Bandeira é sócio proprietário de duas empresas, dentre elas, a Invicta Conserv Eirelli, que mantém  contratos  milionários com a atual gestão de São Luís. Nos últimos oito anos, a Invicta faturou R$ 200 milhões, conforme levantamento realizado pela reportagem.

Já Pedro Ricardo Aquino faz parte do quadro de  sócio – proprietário da  empresa Classi Segurança Privada, que  também mantém vínculo com a Prefeitura de São Luís.O faturamento  da empresa já somou cifras de R$ 188 milhões de reais.

Todos esses fatos, deverão posteriormente, passar por análise  do  Ministério Público.

1 pensou em “Edivaldo Holanda é suspeito de derramar mais de R$ 200 milhões em empresa de parentes

Deixe uma resposta