Geral

Câmara de vereadores de Nunes Freire notifica vice prefeito sobre o retorno de Indalécio Vieira

A câmara de vereadores de Governador Nunes Freire comunicou por meio de ofício o vice prefeito do município sobre o retorno do prefeito eleito Indalécio Vieira. Cessando mediante atestado médico sua licença para tratamento de saúde, o ofício assinado pelo presidente do legislativo municipal informa ao vice prefeito que deve está ciente que não ocupa mais o cargo de prefeito interino do município. 

Segundo informações obtidas pelo blog o banco na qual o município é “conveniado” também já foi notificado. 

 Desta forma como o blog adiantou, Indalécio Vieira já está prefeito no exercício do mandato em Governador Nunes Freire. 

Ex-prefeito de Cururupu Junior Franco teve contas rejeitadas pela câmara de vereadores

Os Vereadores  acompanharam parecer do Tribunal de Contas pela rejeição das contas de 2011 do ex-prefeito Junior Franco, a prestação de contas anual do Ex-Prefeito de Cururupu, José Carlos de Almeida Júnior (Júnior Franco), após receber parecer de desaprovação pelo TCE, também foi rejeitada pela Câmara de Vereadores de Cururupu.

Na manhã da última quinta-feira, dia 15, os vereadores julgaram o parecer enviado pelo TCE-MA Processo nº 3835/2012, que desaprovou as contas anuais, relativas ao exercício financeiro de 2011, no período de (01/11/2011 a 31/12/2011), de responsabilidade do Ex-Prefeito, José Carlos de Almeida Junior.

O parecer emitido pelo Tribunal de Contas do Estado, que decidiu por unanimidade, em seção plenária ordinária com a participação de dez Conselheiros do TCE/MA, em dezembro de 2016, pela rejeição das contas do ex- gestor Junior Franco, em razão de restarem infrações às normas legais e regulamentares de natureza contábil, financeira, orçamentaria, operacional e patrimonial, recebeu também desaprovação do legislativo municipal.

O Parecer Prévio PL – TCE Nº 121/2016, chegou no final do ano passado a CASA LEGISLATIVA “CESAR RONALDO SANTOS MACHADO” Após analises das comissões do legislativo municipal e a apresentação da defesa do ex-gestor, o parecer das comissões de constituição justiça, legislação, administração, assuntos municipais e redação final e a de orçamento, finanças, obras públicas e patrimônio municipal, julgou pela desaprovação. O parecer foi lido na manhã de ontem quinta (15), em seção no Plenário “ITALINO PIRES RODRIGUES”.

Analisar as contas de um prefeito, logo após o envio do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), é de um mês.

Com a decisão de parecer pela desaprovação emitida pelo legislativo, o futuro político do ex- gestor quanto a possíveis intensões politicas nas eleições deste ano, ficam comprometidas.

De acordo com o pronunciamento do vereador Antônio Filho, há um pedido de reconsideração junto ao Tribunal impetrado pelo ex- gestor.

Decisão de cassar o mandato de Xixico vieira em São João do Caru já teria sido anunciada aqui. Não acabou para Xixico…

A meses atrás o Blog do Werbeth Saraiva informava que não seria apenas especulação um novo afastamento do ex prefeito de São João do Caru Xixico Vieira RELEMBRE AQUI 

Informávamos que atos imorais feitos na gestão xixico culminaria na perca de seu mandato,e hoje 15/02/2018, se confirmo o que  uma fonte de bastante confiança e Credibilidade revelou ao Blog.

A Câmara de Vereadores do Município de São João do Caru, cassou por unanimidade, o mandato do prefeito Municipal, Francisco Vieira Alves, mais conhecido como Xixico (PTC). A sessão foi realizada na tarde desta quinta-feira (15) encerrando há pouco.

Prefeito Xixico é cassado

Todos os vereadores chegaram a um consenso e decidiram pela cassação do gestor por conta da prática das infrações político-administrativas, previstas no art. 4°, incisos VII e VIII, do Decreto Lei 201/67.

Esta situação é inédita, pois todos os 11 vereadores da cidade votaram pela cassação do mandado do prefeito.

Segundo a denúncia que vem sendo investigada por uma Comissão Processante, o prefeito Xixico arrecadava contribuições previdenciárias dos salários dos servidores públicos municipais mas não repassava para a Previdência Social.

Não acabou para Xixico…

Uma fonte bastante confiável ao blog revelou que a cassação de mandato imposta pela Câmara de vereadores já era dada como certa entre Xixico seu grupo politico e seu setor jurídico, que inclusive já”mexeram os pauzinhos” para derrubar a decisão da Câmara o blog voltará com mais detalhes do caso amanha 16/02/2018.

AGUARDEM!!!!

  • Blogs

  • Links Últeis

  • Contato

  • Facebook

  • Twitter