Aírton Marques não declara ao TRE-MA clínica suspeita de ter superfaturado contratos com um instituto investigado pela PF

O Médico e ex candidato a prefeito do município de Carutapera Aírton Marques Silva (PTN) que foi exonerado do hospital regional do município á meses atras pela secretaria estadual de saúde REVEJA, por suspeitas de liderar um “esquema de propinagem” dentro do hospital regional, resolveu esconder em sua declaração de bens a clinica de sua propriedade de nome MEDCLINICA.

O médico é suspeito de ter superfaturado contratos com um instituto investigado pela PF no estado. Ocorre que ao comparar duas notas fiscais sendo uma emitida no ano de 2016 ao Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (Idac) e outra no ultimo dia do ano de 2017 (31/12/2017) a Secretaria de estado da saúde do Maranhão.

Os valores variam e o que se observa é que á um superfaturamento absurdo em relação aos dois contratos, no contrato com a IDAC a MEDCLINICA faturou  quase o dobro do que faturou com a secretaria de saúde em doze meses, sendo que os serviços eram os mesmos, o pagamento de diárias de médicos do hospital regional.

Agora candidato a deputado estadual, Aírton Marques não declarou ao TRE-MA a existência da clinica de sua propriedade.

O que se comenta no estado é que a candidatura do médico nas eleições de 2018 é uma “jogada” para escapar de investigações, e se por acaso acontecer o mesmo dirá que é perseguição politica.

Veja

Haddad cresce 32 pontos e já lidera pesquisa para presidente no MA

Impressionante o desempenho, no Maranhão, do candidato a presidente pelo PT: Fernando Haddad.

Saiu de 4% na pesquisa Ibope de agosto para 36% no levantamento divulgado hoje (19) pela TV Mirante.

Crescimento de 32 pontos percentuais.

Prova de que o lulopetismo segue muito vivo em território maranhense.

Dignos de registro, também, a queda de 11 pontos de Marina Silva (Rede) e o crescimento de Jair Bolsonaro (PSL) – saiu de 14% para 18%.

FRACASSO! Sissi Viana não consegue reunir 100 pessoas para ouvirem seus candidatos em Godofredo

Mesmo após o prefeito Sissi Viana de Godofredo “baixar” ofício ordenando que funcionários contratados comparecessem a reunião que teve a presença do candidato a deputado estadual Fábio Macedo e Julião Amin, foi um verdadeiro fiasco. 

Os poucos funcionários que compareceram temendo perder seus empregos não numeravam cem pessoas. Fábio Macedo e Julião amim saíram do evento perplexos com a impopularidade e rejeição do prefeito Sissi Viana .

 Fontes ligadas ao blog revelaram que pela tarde, um livro de ponto foi colocado à disposição, para quem chegasse assinar, e uma grande quantidade de combustível também liberada para que fossem para uma carreata. Porém a noite esqueceram de colocar o livro de ponto, e foi um verdadeiro fracasso a reunião. 

Veja o vídeo

Posto de Saúde do município de Santa Luzia do Paruá recebe 200 mil de fundo a fundo da SES

O município de Santa Luzia do Paruá administrado pelo prefeito Plácido Holanda recebeu de fundo a fundo da Secretaria de estado de saúde (SES) uma segunda parcela no total de 200 mil reais.

O recurso deve ser usado para ações da saúde na unidade mista do “Paruá ditoso ferraz.”

Segundo fontes ligadas ao blog do Werbeth Saraiva a unidade está em completo abandono, faltando desde medicamentos a médicos para atender a população. Resta o Ministério Público apurar onde está sendo usado os recursos destinados a saúde do município.

Com pensão vitalícia e salário, ex-governadores ganham até R$ 64 mil

Dezoito Estados brasileiros incluem em suas folhas de pagamento pensões vitalícias a ex-governadores. O gasto com esse tipo de benefício chega a quase R$ 25 milhões por ano.

Com aposentadoria vitalícia e salário de parlamentar, alguns desses políticos chegam a ganhar até R$ 64 mil por mês.

Foram considerados os últimos dados disponíveis no Portal da Transparência de cada Estado ou município, da Câmara dos Deputados, do Senado Federal, da União ou relatórios enviados pelas administrações estaduais.

No Maranhão, cinco ex-governadores recebem R$ 30.471,11 todos os meses. Um deles é José Sarney (MDB), que tem outra aposentadoria, do Senado, no valor de R$ 29.036,18 — total de R$ 59.507,29 mensais.

José Reinaldo Tavares (PSDB) recebe a pensão e o salário de deputado federal, de R$ 33.763. O senador Edison Lobão (MDB) também acumula o salário de parlamentar e a pensão. Ambos recebem R$ 64.234,11 mensais.

Os ex-governadores João Alberto de Souza e Roseana Sarney (MDB) também constam na folha de pagamento das pensões especiais. O Estado com a população mais pobre do país gasta R$ 152.355,55 por mês com as pensões a políticos.

Buraco da Caema “engole” veículo no Olho d’Água

Uma cena que, por incrível que parece, já se tornou até comum em São Luís voltou a ser registrada na manhã de hoje (19).

Um veículo foi “engolido” por uma cratera na Rua das Cegonhas, entre o Olho d’Água e o Parque Atlântico.

A via é acesso diário de quem quer evitar o trânsito da Avenida dos Holandeses e acessar a Avenida Litorânea.

No local, recentemente, uma obra da Caema “rasgou” grande parte do pavimento e, depois disso, o buraco que restou foi tapado com uma mistura de cimento e brita.

E deu no que deu…

Gilberto Léda 

Ex-Prefeito de Vila Nova dos Martírios é condenado por atirar contra candidato a vereador

O Poder Judiciário em Imperatriz condenou o homem identificado como Wellington de Sousa Pinto, que foi prefeito de Vila Nova dos Martírios, termo judiciário da comarca. Ele estava sendo acusado de disparar, em duas ocasiões, contra Wesley Barros da Silva. Acusado e vítima eram, à época, candidatos à reeleição aos cargos de prefeito e vereador, respectivamente. O crime foi desclassificado de ‘tentativa de homicídio’ para ‘disparo de arma de fogo’, tese acatada pelo Conselho de Sentença. O julgamento foi nesta terça-feira, dia 18, presidido pela juíza Edilza Barros Lopes, titular da 1ª Vara Criminal de Imperatriz.

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual, o fato aconteceu em 26 de setembro de 2012, no município de Vila Nova dos Martírios. O acusado, ao sair de uma reunião com correligionários, teria encontrado na rua o candidato à reeleição. Neste momento, passou a segui-lo, imaginando que Wellington estava indo comprar votos. Em seguida, o acusado parou às margens da Rodovia MA 123 e fechou o carro de Wesley, disparando quatro vezes contra ele.

A vítima conseguiu fugir do local e, minutos depois, se cruzaram no Posto de Combustíveis Mariana, onde Wellington efetuou novamente dois disparos na direção de Wesley. Conforme apurado pela polícia, Wellington não teria gostado da conduta do candidato a vereador, de ficar fiscalizando seus passos. Diante da decisão do Conselho de Sentença em desqualificar o crime, o julgamento passou a ser de responsabilidade do juiz singular, no caso, Edilza Barros Lopes, titular da 1a Vara Criminal de Imperatriz.

“De acordo com as provas colhidas em plenário, especialmente o relato das testemunhas e da vítima, restou demonstrado que o réu efetuou disparos de arma de fogo em duas oportunidades, sendo a primeira em via pública e a segunda em local habitado, mais precisamente no centro de Vila Nova dos Martírios, na data citada. As condutas previstas são disparar arma de fogo ou acionar munição”, relatou a magistrada na sentença.

A pena aplicada a Wellington Pinto foi de dois anos e quatro meses de reclusão. Como a pena privativa de liberdade é menor que quatro anos e o réu preencheu os requisitos previstos em Lei, a pena foi substituída por prestação de serviços à comunidade ou entidade pública e ainda multa no valor de R$ 1 mil, a ser revertida em favor do Fundo Especial de Modernização e Reaparelhamento do Judiciário do Estado do Maranhão (FERJ).

 

CABRESTO! Desesperado prefeito de Godofredo Viana convoca funcionários contratados para reunião

O prefeito de Godofredo Viana mostrou que não está preparado e com popularidade suficiente para enfrentar uma eleição. 

 A mais última prova que Sissi Viana está desesperado, foi um ofício encaminhado a todos os funcionários do município.

No ofício os funcionários são convocados para uma reunião política, e o motivo é exigir que os mesmos votem em seus candidatos.

Veja:

Vice prefeito de Newton Bello rompe com Roberto do posto…

O vice prefeito do município de Governador Newton Bello, Nego da união fez questão de deixar claro que não é mais aliado do prefeito Roberto do Posto. 

 Se alguém tinha alguma dúvida, “Nego” fez questão de jogar por terra nos últimos dias quando declarou apoio a candidatos diferentes do apoiados por Roberto. 

Nego da união declarou apoio a um empresário de pouca expressão no município e ao ex secretário do estado, Márcio Jerry. 

Segundo apurado pelo blog, o motivo do rompimento se deu por conta de dívidas não sanadas por Roberto, ao vice prefeito. E por vários compromissos não cumpridos também pelo gestor.