Homem tenta contra a vida de desafeto que teria “roubado” sua mulher

Após descobrir uma suposta traição da sua ex-companheira, um homem identificado como Marquinhos foi preso por tentativa de homicídio contra o atual companheiro da mulher, no município de Conceição do Lago-Açu.

De acordo com informações, Marquinhos atentou contra a vida de “José Pinto” que, segundo ele, teria “roubado” sua companheira.

Marquinhos e Eduarda tiveram um relacionamento de quatro meses, até que ele descobriu que ela estava o traindo com José Pinto. Logo depois, ela fugiu com o amante para São Paulo.

Recentemente, o casal retornou para Conceição do Lago-Açu, e ao vê-los, Marquinhos teria trocado ameaças contra a vítima, sacou uma garrucha e disparou contra José Pinto. A Polícia Militar foi acionada e Marquinhos acabou sendo preso.

Veja o vídeo:

ESCÂNDALO! PF confirma que Luciano Genésio era verdadeiro dono de empresas que desviaram mais de R$ 38 milhões de PHo

A investigação se concentra nos Pregões 030/2018 e 016/2020, que custaram cerca de R$ 38 milhões aos cofres públicos, e deram origem a contratos firmados com empresas pertencentes aos membros da organização criminosa. Foram localizados diversos indícios no sentido de que o proprietário de fato dessas empresas seria o gestor público municipal, o que se confirmou por meio da análise das movimentações bancárias.

Nessa oportunidade, constatou-se que parte dos pagamentos realizados pelo Poder Público para tais empresas era revertido para as contas do servidor público. Diante desses fatos, a Polícia Federal cumpriu 11 (onze) mandados de busca e apreensão, 10 (dez) mandados de sequestro de valores, além de ordens de suspensão do exercício da função pública, proibições de acessar ou frequentar a prefeitura, de manter contato com os outros investigados e de ausentar-se da comarca de sua residência durante a investigação. Ao todo 60 (sessenta) policiais federais cumpriram as determinações judiciais expedidas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que decorreram de uma representação elaborada pela Polícia Federal.

BOMBA BOMBA! Roubo no dinheiro da educação faz PF amanhecer na casa de Luciano Genésio

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira, 12/01/2022, nas cidades de São Luís/MA, Pinheiro/MA e Palmeirândia/MA, a Operação Irmandade, com a finalidade de desarticular organização criminosa estruturada para promover fraudes licitatórias, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no âmbito do Município de Pinheiro/MA, envolvendo verbas federais do Fundo Nacional de Saúde e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica.

A investigação se concentra nos Pregões 030/2018 e 016/2020, que custaram cerca de R$ 38 milhões aos cofres públicos, e deram origem a contratos firmados com empresas pertencentes aos membros da organização criminosa. Foram localizados diversos indícios no sentido de que o proprietário de fato dessas empresas seria o gestor público municipal, o que se confirmou por meio da análise das movimentações bancárias.

Nessa oportunidade, constatou-se que parte dos pagamentos realizados pelo Poder Público para tais empresas era revertido para as contas do servidor público. Diante desses fatos, a Polícia Federal cumpriu 11 (onze) mandados de busca e apreensão, 10 (dez) mandados de sequestro de valores, além de ordens de suspensão do exercício da função pública, proibições de acessar ou frequentar a prefeitura, de manter contato com os outros investigados e de ausentar-se da comarca de sua residência durante a investigação. Ao todo 60 (sessenta) policiais federais cumpriram as determinações judiciais expedidas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que decorreram de uma representação elaborada pela Polícia Federal.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação (Art. 96, inciso I, Lei 8.666/93), peculato (Art. 312, Código Penal), lavagem de capitais (Art. 1º, caput, Lei 9.613/84) e integrar organização criminosa (Art. 2º, Lei 12.850/13). Somadas, as penas podem chegar a 34 anos de prisão.

A denominação “Irmandade” faz referência à composição da organização criminosa, que possui, tanto no núcleo político, quanto no núcleo empresarial, irmãos participantes do estratagema criminoso.

Após faturar R$ 14,8 milhões em 2021, posto que pertence aos familiares de Luciano Genésio pode dobrar os contratos em 2022

Ex-liso, Luciano Genésio agora é dono de mansões em condomínios de luxo, carros luxuosos e até aviões.

Levantamento de dados, mostra que em pouco mais de um ano, a gestão de Luciano Genésio (PP), já comprou R$ 14.813.923,74 em combustíveis. É o que aponta os dados do Portal de Transparência da prefeitura de Pinheiro.
Segundo o levantamento, foram 16 contratos fechados no período de 15 de maio do ano passado a junho deste ano. Todos os contratos foram fechados com a mesma empresa, posto Kiefer Eireli.

Em consulta ao site do Tribunal de Contas do Estado, através do Sistema de Acompanhamento de Contratações Públicas (Sacop), o posto só tem contrato com a prefeitura de Pinheiro.

O ano de 2022 deve ser mais um ano lucrativo ao posto de combustível que sempre abocanha os contratos em Pinheiro, os concorrentes já estão sabendo que mais uma vez o posto se sagrará vencedor dos certames.

Coronel Leite deve ser o novo Secretário de Segurança Pública

O novo cenário político do estado do Maranhão deve colocar o Coronel Leite como substituto do atual Secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, que deve concorrer a uma vaga na Câmara Federal.

Pelo menos publicamente, as reuniões envolvendo a base do Governo Flávio Dino estão suspensas por conta do novo surto da Covid-19 e da Influenza H3N2. Uma nova reunião decisiva está prevista para o fim deste mês.

Tudo indica que uma minirreforma deve estar por vir. O secretário de Segurança, Jefferson Portela, por diversas vezes já mostrou interesse em disputar uma das vagas na Câmara Federal. Na última reunião com os coronéis do Maranhão, ele avisou que deixará a pasta no dia 31 de janeiro.

De acordo com informações, o principal nome para assumir a pasta é do coronel Sílvio Carlos Leite Mesquita, que atualmente comanda o Gabinete Militar do governador Flávio Dino.

Homem morre após cair em cratera no meio de uma estrada em Monção

Um homem identificado como João Gino morreu após sofrer um acidente numa estrada no município de Monção. De acordo com informações, ele teria caído dentro de um enorme buraco, não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito.

Moradores relataram que João estava de moto e não deve ter visto o buraco, já que não havia sinalização no local. O lugar onde a vítima teria caído está em obras há mais de dois anos e a Prefeitura nunca concluiu o serviço.

Ainda segundo os moradores, próximo ao local do acidente um ônibus que levava alunos para uma formatura ficou atolado no meio da estrada.

Mãe da cantora May Meneses é assassinada em Chapadinha

A mãe da cantora maranhense May Meneses, identificada como Leonélia Meneses Araújo, foi assassinada a tiros na cidade de Chapadinha.

De acordo com informações, Leonélia foi morta dentro da própria casa enquanto conversava com a nora. A vítima foi surpreendida com vários disparos de arma de fogo, vindo a óbito ainda no local.

“A Polícia Civil já começou a fazer as primeiras diligências e as investigações preliminares apontam que se trata de um homicídio. Provavelmente o alvo dos disparos seria outra pessoa e, como ela estava na residência dessa pessoa, terminou sendo alvejada. Sendo assim a gente já descartou que tenha sido um feminicídio”, explicou o delegado Jesimiel Alves.

Após a fatalidade, a cantora May Meneses anunciou o cancelamento de seus shows durante alguns meses.

Hospital do Servidor está sem material de coleta para teste de Covid-19

Um aviso estampado no vidro da recepção do Hospital do Servidor do Maranhão aponta que o estabelecimento está sem material de coleta para teste de Covid-19.

O aviso acabou se espalhando pelas redes sociais e a população está cobrando do Governador Flávio Dino e Secretário de Saúde, Carlos Lula, respostas que possam justificar a ausência desse material em um novo momento crítico da pandemia.

“Isso se chama falta de planejamento. O governador quer tá é aglomerando e ficar em rede social”, disse um internauta.

Um outro lembrou que quando Flávio Dino testou positivo para Covid-19, e foi ao Hospital São Domingos realizar um exame avaliado em R$ 25 mil.

“O governador não foi aí? Lembrei, foi gastar mais de 25 mil em tratamento no mais caro hospital de São Luís.”

Sequestro: motorista de aplicativo passa 3h no porta-malas do seu próprio carro

Um sequestro relâmpago na capital, fez com que um motorista de aplicativo passasse pelo menos 3h preso no porta-malas do seu próprio carro. O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (10), em São Luís.

De acordo com informações, o crime foi cometido por quatro bandidos que faziam uso de uma arma de fogo e anunciaram o assalto depois do início de uma corrida. O motorista foi deixado na entrada do bairro Vila Nova, região da Área Itaqui Bacanga, e os criminosos levaram o seu celular. Até o momento ninguém foi preso.

Procurador-geral de justiça Eduardo Nicolau recomenda a prefeitos negarem licenças para festas privadas que ocasionem aglomeração

Devido ao aumento do número de casos de Covid-19 e síndromes gripais, a necessidade de evitar internações e mortes em decorrência das novas variantes Delta e Ômicron, o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, emitiu Recomendação, em 6 de janeiro, a todos os prefeitos do Maranhão indicando a adoção de medidas de segurança sanitária.

O Ministério Público do Maranhão recomenda o uso obrigatório de máscaras em locais públicos e privados, fechados ou abertos; e a observância do distanciamento de segurança.

Também foi recomendada a proibição de festividades e demais eventos que possam gerar qualquer tipo aglomeração, a exemplo de vaquejadas, festejos, carnaval e similares, enquanto durar o estado de emergência sanitária decorrente da pandemia.

No documento, Eduardo Nicolau recomendou aos gestores municipais para negarem licenças e autorizações para festividades e demais eventos privados que possam ocasionar qualquer tipo de aglomeração. Além disso, os prefeitos foram orientados a adotar todas as medidas administrativas e judiciais necessárias para impedir a ocorrência de aglomerações e eventos, especialmente no carnaval.

TELETRABALHO

Em razão do aumento de casos de Covid-19, o MPMA adotou o regime de trabalho remoto entre os dias 7 e 31 de janeiro. Todos os prazos dos procedimentos extrajudiciais ficam suspensos. As reuniões de trabalho, cursos, eventos em geral e demais atividades que exijam o encontro de pessoas deverão ocorrer em ambiente exclusivamente virtual. O trabalho remoto se aplica a todos os promotores, procuradores de justiça e servidores da instituição.

As atividades incompatíveis com o trabalho remoto, a exemplo de protocolo, execução de mandados e transporte, serão executadas mediante rodízio, cuja escala será elaborada pelo respectivo chefe imediato ou pelo Diretor da Promotoria de Justiça respectiva.

O atendimento ao público ocorrerá preferencialmente de forma remota, por telefone celular institucional, disponível no site mpma.mp.br. Estão disponíveis também os canais da Ouvidoria do Ministério Público do Estado do Maranhão (WhatsApp: (98) 99137-1298, e-mail [email protected] e contas da Ouvidoria nas redes sociais, buscando o nome de usuário “ouvidoriampma”).

Em caso de atendimento excepcionalmente presencial, os protocolos das Promotorias de Justiça de todo o Estado e o da Procuradoria Geral de Justiça atenderão no horário de 8h às 13h.