Prefeitura de Paço do Lumiar é investigada por possíveis irregularidades em concurso público realizado em 2018

A prefeitura de Paço do Lumiar terá o prazo de 15 dias para disponibilizar ao Ministério Público informações sobre o resultado com listagem específica de candidatos portadores de necessidades especiais, que participaram do concurso público realizado no município em 2018, assim como a lista de todos os candidatos classificados e convocados.

Após denúncia, o Ministério Público instaurou um Inquérito Civil para apurar irregularidade quanto à reserva de vaga para pessoa com deficiência naquele certame. A instituição ressalta que a Notícia de Fato SIMP n.º 015646-500/2019, já teve seu prazo expirado, porém é evidente a necessidade de prosseguir na coleta de provas para apuração de possível violação à reserva de vagas.

Presidentes do PDT e PSD de Codó, são investigados por possíveis crimes de infração de medida sanitária preventiva

Os Presidentes dos Diretórios Municipais do PDT e PSD, de Codó estão sendo investigados por possíveis crimes de infração de medida sanitária preventiva, em desrespeito as medidas sanitárias, recomendadas pelo Poder Público, para evitar a propagação da COVID –19.

De acordo com informações, as irregularidades aconteceram nas convenções partidárias municipais do Partido Democrático Trabalhista – PDT, realizada no dia 14 de setembro, e do Partido Social Democrático – PSD, realizada no dia 16 de setembro.

O Ministério Público instaurou um Procedimento de Investigação Criminal que apura se há informações sobre outros partidos que comentaram a ilegalidade. A instituição está fazendo levantamento das informações que permitam melhor apurar as responsabilidades, alcançando todos os envolvidos e abarcando todos os fatos possíveis.

O Procuradoria Geral de Justiça já havia recomendado aos partidos políticos e candidatos que observassem as orientações quanto a prática de atos de campanha nas eleições de 2020 em razão da pandemia por Covid-19. Cabe ao Cartório Eleitoral da 7ª Zona Eleitoral, informar os nomes dos presidentes dos partidos municipais do PDT e PSD, de Codó.

Glaudson Oliveira arrasta multidão no último dia de campanha em Icatu

A coligação “Juntos por Icatu”, de Glaudson Oliveira (Podemos) realizou nesta quinta feira (13), a grande caminhada para sua eleição ao cargo de prefeito de Icatu
Um grande público acompanhou pelas avenidas da cidade , reforçando fidelidade nas urnas e ressaltando a confiança no homem que reside na cidade e respeita todos os icatuenses.

Todo o percurso foi acompanhado por pessoas que faziam questão de expor seu respeito à candidato, em forma de bandeiras, adesivos, panfletos, e principalmente a predominância do verde e azul, em homenagem a cor que representa sua campanha.

Essa grande mobilização, que iniciou às 15h no crissanto com uma concentração calorosa, e seguiu rumo ao centro da cidade, tomou conta das ruas do município com muita alegria e esperança, com pessoas de todas as idades que cantavam, dançavam, e gritavam pelo nome do candidato.

Por onde passava, Glaudson Oliveira recebia atenção, sorrisos, e a certeza de sua vitória através desses gestos que a acompanharam em todas as caminhadas e reuniões de sua linda e justa campanha.

Ao final do longo percurso, Glaudson Oliveira ainda mostrava energia e gratidão a todos que participaram não só da caminhada desta quinta feira , mas também dos dias dedicados a sua campanha política.

Bomba: prefeito de Pedro do Rosário, Raimundo Antônio, é denunciado ao Gaeco por diversas irregularidades

O prefeito de Pedro do Rosário, Raimundo Antônio, foi denunciado ao Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas, organização ligada ao Ministério Público. A denúncia foi protocolada pelo PSL do município, liderado por Reinaldo Serra.

Prefeito de Pedro do Rosário, Raimundo Antonio

De acordo com a denúncia, o prefeito deve ser investigado por diversas irregularidades envolvendo formação de quadrilha, corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações. Para isso, o partido juntou diversos documentos que estariam provando as irregularidades e enviou ao Ministério Público.

A denúncia, a pouco dias das eleições, cabe com uma bomba na cidade de Pedro do Rosário, haja vista as várias denúncias de moradores da cidade contra o prefeito, que tenta a reeleição e está em segundo lugar nas pesquisas.

De acordo com o documento, as irregularidades apontam um desvio de milhões de reais dos cofres públicos de Pedro do Rosário, que também serão objetos de investigações da Polícia Federal, uma vez que o deputado Toca Serra, candidato a prefeito pelo PC do B, também já protocolou diversas denúncias.

Vejam o documento…Denúncia – Pedro do Rosário

Paulo Curió lidera corrida eleitoral em Turilândia com 70% das intenções de votos

Reta final das eleições e Paulo Curió segue disparado nas eleições municipais de 2020, em Turilânida. Com 70% das intenções de votos, tudo indica que no dia 15 novembro a vitória vai se confirmar nas urnas. A pesquisa realizada pela ESCUTEC coloca Paulo Curió com mais de 49% na frente do segundo colocado.

Ministério Público investiga vereadores de Matões

Os vereadores do município de Matões, Antônio Maria Ribeiro, Jacqueline Costa Assunção e Igleses Pinheiro Brandão estão sendo investigados por possível ilegalidades em acúmulo de cargos públicos. De acordo com informações, foi identificou no sistema SAAP do TCE/MA que os parlamentares possuem mais de 02 vínculos com a administração pública.

À princípio, o Ministério Público Estadual recomendou que os vereadores que respeitem os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade pública e que optem somente por um dos cargos. Os parlamentares terão o prazo de 15 dias para se adequarem às normas do que determina a Constituição Federal, a Constituição do Estado do Maranhão e a jurisprudência dos Tribunais Superiores.

Caso se oponham às recomendações, o Ministério Público Estadual adverte aos vereadores que tomará todas as medidas administrativas e ações judiciais cabíveis.

Prefeito de São Felix de Balsas é investigado por supostas irregularidades em contratos que ultrapassam R$ 4,6 milhões

O prefeito do município de São Felix de Balsas está sendo investigado por supostas irregularidades em vários contratos com a empresa L.P.A. Neiva – ME em valores que ultrapassam R$ 4,6 milhões. O Ministério Público instaurou um inquérito civil para apurar a legalidade e regularidade dos contratos.

De acordo com informações, durante o período de 2017 a 2019, a prefeitura de São Félix de Balsas e a empresa L.P.A. Neiva – ME firmaram um contrato no valor de R$ 4.670.449,51 (quatro milhões, seiscentos e setenta mil, quatrocentos e quarenta e nove reais e cinquenta e um centavos).

Os contratos foram para a prestação dos serviços de reparos, manutenção e conservação em sistemas de abastecimentos de água, locação de veículos leves, construção de quadra poliesportiva coberta, prestação de serviços de limpeza pública, coleta transporte de resíduos sólidos e conservação de logradouros públicos e coleta de lixo hospitalar, locação de veículos para transporte escolar, recuperação de estradas vicinais e prestação de serviços de implantação de sistema de abastecimento de água.

Em situação de urgência, o Ministério Público solicitou copias dos procedimentos licitatórios n.º 23/2017, n.º 30/2017, n.º 21/2018, n.º 23/2018, n.º 020101/2019, n.º 251102/2019 e n.º 2604001/2019 vencidos pela empresa L.P.A. Neiva – ME. Também foi solicitado ao Executor de Mandados, para que se dirija até a sede da empresa, para a elaboração de relatório que comprove a capacidade técnica e financeira da L.P.A. Neiva para participação em procedimentos licitatórios.

Mauro Cesar diz que gestão será voltada às pessoas

O candidato a vice do PROS, o médico Mauro César, foi entrevistado nesta quarta-feira (21), no programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, com Jorge Aragão. Ele destacou que a sua candidatura e a de Yglésio mostra que é possível fazer política de forma diferente.

“A nossa cidade tem um grande potencial cultural, turístico e econômico. A gente olha como nossa cidade está e é bem diferente de como ela poderia ser. A nossa intenção, minha e de Yglésio é mostrar que é possível se fazer a política correta. Quando eu sair daqui eu vou para o meu consultório. O Yglésio está atendendo agora. Depois, mais tarde nós estaremos nos bairros, nas comunidades. Por isso nós acreditamos que é possível fazer política de forma diferente”, disse.

Mauro César disse que a prioridade da gestão do PROS será as pessoas. “Eu quero fazer uma gestão para as pessoas. Eu não posso deixar de dizer que a saúde será a melhor na nossa gestão, mas nós escolhemos no nosso programa a gestão das pessoas. O carro-chefe será cuidar das pessoas, principalmente aquelas menos favorecidas”, disse.

O candidato falou sobre as propostas na área de saúde. “O nosso programa tem 180 páginas. Apresentamos o contexto da situação, o que está sendo proposto e de onde vão ser tirados os recursos. Vamos diminuir o drama da marcação de consulta com realização de exames no mesmo local. Tem candidato ai dizendo que vai acabar com a fila de urgência e emergência. Isso não existe. Não existe fila para isso porque se você se acidentou é atendido imediatamente. Isso é desconhecimento. A superlotação existe porque não existe um hospital de retaguarda. Vou dar um exemplo. A Santa Casa poderia ser um hospital de retaguarda do Socorrão e ajudaria a eliminar as filas e os corredores lotados no Socorrão. Vamos apresentar também o sistema de marcação de consultas por meio de um aplicativo com direito ao passe livre. Vamos investir no
serviço de radioterapia e ampliar o horário de atendimento das unidades de saúde”, destacou.

Mauro César destacou a preocupação com a cultura maranhense. “Nós temos uma riqueza cultural muito grande e muitas capitais que não tem essas atividades culturais o ano inteiro e nós não. A nossa ideia é realizar uma agenda cultural anual para nossas manifestações para que possamos atrair o turismo também. A cultura terá total apoio na nossa gestão. Vamos fazer festivais de música, de teatro…”.

O candidato do PROS disse que a prioridade na educação será a recuperação do ano letivo perdido por conta da pandemia do novo coronavírus. “Precisamos que a criança recupere o conteúdo e não o tempo”, finalizou

Prefeito de Mata Roma é investigado por suposta irregularidade na aquisição de 169 aparelhos de ar condicionados

O vereador do município de Mata Roma, Paulo Garreto, apresentou uma denúncia no Ministério Público Estadual onde relata a existência de uma possível irregularidade na aquisição de 169 aparelhos de ar condicionado adquiridos pelo prefeito Raimundo Ivaldo do Nascimento Santos.

O MP instaurou um inquérito civil para apurar os atos descritos pelo parlamentar. São investigados o prefeito Ivaldo Bode e o secretário de educação municipal. A instituição considerou que eles são os são responsáveis direto pela aquisição. O representante da empresa selecionada nos certames também será notificado.

De acordo com as primeiras evidências, a empresa contratada não possui capacidade técnica para o fornecimento dos aparelhos. Além disso, somente uma pequena quantidade dos equipamentos foi efetivamente entregue ao município e instalada nas escolas.

O prefeito Raimundo Bode e o secretário municipal de educação terão que prestar esclarecimento sobre os fatos, além de enviar cópias dos processos de licitação, liquidação e pagamento referentes aos Pregões PP 012/2017, 019/2017, 035/2017 e 036/2017. Cabe também ao prefeito identificar o fiscal dos referidos contratos.

Marido da prefeita de Matinha é investigado por suposta acumulação de cargos e salários de forma indevida

O Ministério Público Estadual está investigando o marido da prefeita do município de Matinha, Eldo Jorge Everton Cunha, por suposta acumulação de cargos e salários recebidos de forma indevida. De acordo com informações, Eldo Jorge acumulou durante o período de 2017 a 2019 dois cargos de professor e um cargo em comissão de secretário municipal.

O Ministério Público solicitou à Secretaria de Educação do Estado do Maranhão, informações sobre a nomeação do Professor Eldo Jorge Everton Cunha, designado para lecionar no C. E. Aniceto Mariano Costa, para o município de Matinha.

O Ministério Publico considera a necessidade de maiores investigações sobre o caso. Até o momento supõe-se que o professor recebia três remunerações. Porém, exercia somente a função de secretário municipal.

A instituição ainda requer informações quanto ao pagamento de suas remunerações relativas as matrículas ID: 00293003-00 e ID: 00293003-02. Caso se confirme a irregularidade, o MP propõe que o marido da prefeita devolva os salários recebidos indevidamente.