Após viajar sem autorização Karen do Procon chama população de desavisados

Procon-MA adotou o silêncio como estratégia depois de revelar-se que não há no Diário Oficial do Estado publicação de autorização para a viagem da presidente do órgão, Karen Barros, aos Estados Unidos.

Ela acompanhou o deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB) durante a Brazil Conference at Harvard & MIT 2019.

Em nota emitida no sábado (6), quando se noticiou a viagem, o Procon-MA afirmou que Barros fora convidada ao evento e que toda a viagem fora bancada com recursos próprios, sem ônus ao Estado.

Depois disso, questionado sobre a falta de autorização para a saída do país – exigida pela Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 – o órgão não mais se manifestou, pelo menos até a niote de ontem (7).

Registro

Depois de evitar expor-se na viagem durante os primeiros dias de estada em solo norte-americano Karen Barros fez no domingo a primeira postagem sobre sua presença no evento (imagem que ilustra o post).

Destacou o debate sobre políticas públicas e reiterou que pagou do próprio bolso pela “capacitação”.

A postagem, é claro, foi curtida e comentada pelo namorado…

Gilberto Ledá

Deixe uma resposta