NEWTON BELLO: “NÃO FAZ E NÃO DEIXA O POVO FAZER,”SECRETÁRIO DE OBRAS ORDENA QUE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS DO EMPRESÁRIO FELIPE DOS PNEUS SE RETIREM DE PONTE.

CONDIÇÃO DA PONTE

Na tarde dessa sexta-feira  (22) o blog foi informado de um caso de ditadura ocorrido na zona rural do município de Governador Newton Bello-Ma. A associação do povoado Dom Pedro tinha solicitado ajuda do empresário Felipe dos Pneus para realizar melhorando na estrada e na ponte que dá acesso aos povoados próximos.

O jovem empresário Felipe dos Pneus mandou os maquinários quinta-feira  (21) para ajudar a comunidade, mas logo após o secretário de obras ser informado que as máquinas iam consertar a estrada ligou imediatamente para o Felipe dos Pneus ordenando para que retirasse as máquinas do local que a  administração mesma iria realizar as obras. A redação do blog entrou em contato com o empresário Felipe dos Pneus para apurar o caso e o mesmo nos confirmou todo o ocorrido.

Felipe dos Pneus relatou: “Fui convidado para um almoço no povoado Dom Pedro um mês atrás e na oportunidade a comunidade pediu minha ajuda para melhorar o acesso dos mesmos, como de costume do meu pai ajudar a população do município eu falei que iria mandar as máquinas para consertar a péssima raspagem que atual administração realizou. Os moradores ainda pediram que fizesse as canseiras da ponte para dá acesso ao povoado Aniceto para ligar até o município de Bom Jardim, mandei as máquinas nessa quinta-feira mais fui surpreendido com uma ligação do secretário de abras ordenando para eu retirar todas as máquinas do local, vejo um ato de perseguição política já que meu nome está sendo divulgado como um pré candidato em 2020. Estava fazendo o serviço porque a comunidade me pediu e não custava nada ajudar, mais acho engraçado o secretário saber ligar pedindo pedaços de tábua para consertar pontes. Meu pai há anos ajuda o povo do município e ele não é político.

Infelizmente a comunidade irá ficar um período sem acesso por causa da politicagem dessa atual administração mais os moradores são sabedores que minha parte fiz se hoje a estrada  está péssima a culpa não é minha, mandei as máquinas para arrumar e ainda fazer as cabeceiras e aterro da ponte que se encontra sem nenhuma condição de passar por cima dela por falta de responsabilidade de competência da gestão”. Destacou.

Deixe uma resposta