Virou Piada! Vereadora de Presidente Médici MA, Elabora Projeto reduzindo Horários de sessões na câmara, que já ocorre apenas uma vez por semana!

Na última segunda-feira 03/04/17 a câmara municipal de Presidente Médici aprovou um vergonhoso projeto de resolução da vereadora Aline Silvamudando o único dia das sessões das segundas para sexta-feiras e ainda limitou no máximo 04 horas de sessão, Então os Vereadores que são nossos funcionários deveriam trabalhar no mínimo 03 dias na semana segunda, quarta e sexta-feira e não apena no máximo 04 horas na sexta feira. Se você concorda que com no mínimo três dias de trabalho dos nobres vereadores Compartilhe,veja bem o blog tomou conhecimento do assunto após uma postagem da página (Presidente Médici Notícias ) a atitude realmente é lamentável pessoas que foram eleitas por maioria ampla popular deveria dedicar se a servir o povo, fazer e projetar planos para o bem comum da população, não fazer projeto para reduzir o trabalho, o que chama mais atenção nisso tudo é que a câmara de vereadores de presidente Médici Ma, é uma das únicas que funcionam com sessões apenas uma vez na semana, a população está indignada com a situação, “já que segundo os populares os vereadores teriam que fazer jus ao salário que recebem e e tinham que estar  promovendo sessões na câmara pelo menos três vezes por semana,deixando a população ciente do trabalho do legislativo que é fiscalizar o executivo e demais ações.”

Bomba! Dr Francisco prefeito de Bom Jardim é Investigado por desvios de recursos da saúde na época que foi secretário .

o prefeito de Bom Jardim, Francisco Alves de Araujo é investigado pelo ministério Público pela suposta prática de desvios de recursos oriundos da saúde do Município, o prefeito responde por quando ele foi secretário do município, segundo o ministério publico ofereceu denúncia o atual prefeito ” destinava  em diversas unidades básicas de saúde do município ” onde o antigo prefeito Antônio Roque Portela de Araujo e o secretário que agora é atual prefeito, registravam as ” casas de saúde no cadastro nacional de estabelecimentos da saúde (CNES)  a denúncia afirma que apesar dos registros jamais chegaram existir ou funcionar . O que é mais grave é que verbas foram utilizadas na contratação de profissionais da saúde,embora tais profissionais não tenham desempenhado quaisquer atividade no âmbito da saúde municipal,os desvios perpetrados pelos denunciados teria ocorrido entre janeiro de 2010e junho de 2012. 

Após denúncias de Blogs PROCON-MA autua Três agências bancárias de Zé Doca por desrrespeito aos clientes .

Garantir o exercício da cidadania através da melhoria da qualidade do serviço. Este foi o objetivo central das ações de fiscalização dos bancos, feitas de forma inédita em Zé Doca, localizada na Região do Alto Turi. As ações, ocorridas nesta terça-feira (16), foram realizadas pelo Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Estado do Maranhão (Procon/MA).
Dos quatro bancos presentes na cidade, três foram autuados por irregularidades na estrutura oferecida aos consumidores ou pelo tempo de espera acima do permitido pela Lei Municipal 370/2011, configurando como falha na prestação do serviço.
No banco Bradesco, foram identificadas irregularidades como demora no atendimento, falha na porta giratória e ausência do número do Procon nas dependências da agência. As duas últimas ocorrências, também, foram registradas no Banco do Brasil, além da ausência de bebedouro e CDC, e falha no funcionamento da máquina de senha. Já na Caixa Econômica Federal foi identificada, também, demora no atendimento. Dentre os quatro bancos fiscalizados, apenas o Banco do Nordeste não apresentou irregularidades.
A reclamação mais comum encontrada durante a fiscalização foi a demora no atendimento – na quase totalidade dos bancos os consumidores estavam há mais de uma hora aguardando serem atendidos, configurando como falha na prestação de serviço, de acordo com a Lei Estadual 7.806.
Para a lavradora Maria do Socorro, de 68 anos, a fiscalização chegou em boa hora. “Nós idosos temos problemas em utilizar o cartão. Procuramos atendentes, e nunca tem alguém para nos ajudar. A fiscalização serve para identificar esses problemas e resolvê-los”, comentou.
Além dos bancos, também, foram fiscalizados lotérica e posto de combustíveis, sem ocorrências de irregularidades. No posto, os consumidores foram orientados a realizar o teste de qualidade do combustível.
Além das ações de fiscalização, foi realizada, também em Zé Doca, uma audiência pública na câmara municipal, com o tema “Serviço Bancário”. Na ocasião, o presidente do Procon/MA e do Viva, Duarte Júnior, garantiu a realização de ações de fiscalizações semanais no município. “O nosso papel [do Procon/MA e do Viva] em Zé Doca será fundamental em garantir os direitos básicos ao cidadão, com fiscais monitorando as relações de consumo em toda a cidade, semanalmente. Assim, além de melhorarmos a segurança e a economia da cidade, estaremos melhorando a qualidade de vida do município”, disse.
O presidente da Câmara Municipal, o vereador Edilson Ramos, também elogiou o sucesso da fiscalização. “Contar com esta ação e saber que, em um futuro próximo, seremos todos beneficiados, só demonstra a força que o Procon tem em todo o Estado”, revelou.
Além do presidente do Procon/MA, participaram da audiência pública: o Presidente da Câmara Municipal, vereador Edilson Ramos (PR); o Vice-Presidente Alexandre Barroso (PTB); o Primeiro Secretário Hennio Silvestre (PSD); o segundo secretário Rogério Sousa (DEM); e o Major Andrade.

Prefeito de Santa Helena Beneficia empresa de aliado criada em dezembro do ano passado!

Em Santa Helena, município da baixada maranhense, a prefeitura celebrou quatro contratos com a empresa  F. L. ALVES ARAÚJO – ME. Os contratos para serviços de manutenção da frota de veículos da prefeitura do município foram feitos por meio de quatro secretarias, Administração e Finanças, Assistência Social, Educação e Saúde. O valor total dos contratos soma mais de R$750.000,00, segundo publicação do Diário Oficial, publicação de terceiros, do dia 11 de Maio deste ano.
Dois pontos chamam atenção nesse caso. A empresa F. L. ALVES ARAÚJO – ME Foi criada em Dezembro de 2016 e em tão pouco tempo já abocanha contratos desse porte.
O outro ponto é o dono da empresa, Fábio Araújo, um aliado do prefeito Zezildo Almeida. Fábio, que foi candidato a vereador pelo PROS nas últimas eleições,  teve apenas 350 votos e não conseguiu se eleger.  Seria essa uma forma de compensar o amigo que não teve sucesso nas eleições?
EXTRATO DO CONTRATO. PARTES: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA HELENA – MA. F. L. ALVES ARAÚJO – ME. Objeto: Contratação de empresa para prestação de serviços de manutenção da frota de veículos da Prefeitura do Município de Santa Helena – MA. Valor: R$ 345.300,00 (trezentos e quarenta e cinco mil e trezentos reais). Data da assinatura: 28 de Abril de 2017. Base Legal: Lei Federal nº 8.666/93 e Pregão Presencial nº 035/2017. Dotação Or- çamentária: Órgão: 02 Prefeitura; Unidade Orçamentária: 10 Sec. Mun. de Administração e Finanças; Sub. Unidade: 01 Unidade Administrativa de Adm. e Finanças; Classificação Funcional: 04.122.0305.2005.0000 Manut. e Func. da Sec. Mun. de Adm. e Finanças; Elemento de Despesa: 3.3.90.39.00 Outros Serviços de Terceiros Pessoas Jurídica.; Assinaturas: p/ Contratante: Sr. Eduardo Cassio Beckman Gomes, Secretário Municipal de Administração e Finanças e o Contratado Sr. Fabio Luis Alves Araújo /Proprietária. Santa Helena – (MA), 28 de Abril de 2017. Publique-se.
EXTRATO DO CONTRATO. PARTES: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA HELENA – MA. F. L. ALVES ARAÚJO – ME. Objeto: Contratação de empresa para prestação de serviços de manutenção da frota de veículos da Prefeitura do Município de Santa Helena – MA. Valor: R$ 85.750,00 (oitenta e cinco mil setecentos e cinquenta reais). Data da assinatura: 28 de Abril de 2017. Base Legal: Lei Federal nº 8.666/93 e Pregão Presencial nº 035/2017. Dotação Orçamentária: Órgão: 02 Prefeitura; Unidade Orçamentária: 05 Secretaria Municipal de Assistência Social; Sub. Unidade: 01 Unid.Adm. do Fundo Munic.de Assist. Social – FMAS; Classificação Funcional: 08.122.0342.2043.0000 Manut. E Func. Da Assist. Social – FMAS; Elemento de Despesa: 3.3.90.39.00 Outros Serviços de Terceiros Pessoas Jurídica. Assinaturas: p/ Contratante: Sra. Laurinete Lobato, Secretária Municipal de Assistência Social e o Contratado Sr. Fabio Luis Alves Araújo /Proprietária. Santa Helena – (MA), 28 de Abril de 2017. Publique-se.
EXTRATO DO CONTRATO. PARTES: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA HELENA – MA. F. L. ALVES ARAÚJO – ME. Objeto: Contratação de empresa para prestação de serviços de manutenção da frota de veículos da Prefeitura do Município de Santa Helena- MA. Valor: R$ 204.530,00 (duzentos e quatro mil quinhentos e trinta reais). Data da assinatura: 28 de Abril de 2017. Base Legal: Lei Federal nº 8.666/93 e Pregão Presencial nº 035/2017. Dotação Orçamentária: Órgão: 02 – Prefeitura; Unidade Orçamentária: 02.03 – Secretaria Municipal de Educação; Sub. Unidade:02 FUNDEB – Fundo Municipal da Educação Básica; Classificação Funcional – 12.365.0314.2213.0000 – Manutenção das Unid de Ens.de Creches e JD. de Infância (40%); Elementos de Despesa – 3.3.90.39.00 Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica; Órgão: 02 Prefeitura; Unidade Orçamentária: 03 Secretaria Municipal de Educação; Sub. Unidade: 01 MDE – Manut. e Desenvolvimento do Ensino; Classificação Funcional: 12.361.0311.2185.0000 Manut. e Func. da Sec. Mun. de Educação; Elemento de Despesa: 3.3.90.39.00 Outros Serviços de Terceiros Pessoas Jurídica. Assinaturas: p/ Contratante: Sra. Gilvanda Barros Roland, Secretária Municipal de Educação e o Contratado Sr. Fabio Luis Alves Araújo /Proprietária. Santa Helena – (MA), 28 de Abril de 2017. Publique-se.
EXTRATO DO CONTRATO. PARTES: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA HELENA – MA. F. L. ALVES ARAÚJO – ME. Objeto: Contratação de empresa para prestação de serviços de manutenção da frota de veículos da Prefeitura do Município de Santa Helena – MA. Valor: R$ 121.640,00 (cento e vinte e um mil seiscentos e quarenta reais). Data da assinatura: 28 de Abril de 2017. Base Legal: Lei Federal nº 8.666/93 e Pregão Presencial nº 035/2017. Dotação Orçamentária: Órgão: 02 Prefeitura; Unidade Orçamentária: 04 Secretaria Municipal de Saúde; Sub. Unidade: 01 Unid. Administ. da Sec. Mun. de Saúde (Fundo Municipal);Classificação Funcional: 10.122.0315.2027.0000 Manut. e Func. da Secretaria de Saú- de; Elemento de Despesa: 3.3.90.39.00 Outros Serviços de Terceiros Pessoas Jurídica. Órgão: 02 Prefeitura; Unidade Orçamentária: 04 Secretaria Municipal de Saúde; Sub. Unidade: 02 Unid. Operacional Médico/Hospitalar (Fundo Municipal);Classificação Funcional: 10.302.0318.2071.0000 Manut. e Func. Das Und. Hospitalares e Ambulatoriais; Elemento de Despesa: 3.3.90.39.00 Outros Serviços de Terceiros Pessoas Jurídica. Assinaturas: p/ Contratante: Sr. Fábio Silva Nascimento, Secretário Municipal de Saúde e o Contratado Sr. Fabio Luis Alves Araújo /Proprietária. Santa Helena – (MA), 28 de Abril de 2017. Publique-se
(Maranhão livre) 

Em paço do Lumiar, primeira Dama mandona, manda moradores ” calarem a boca”

A atitude da primeira-dama e secretária de Administração, Finanças, Fazenda e Articulação Governamental, Núbia Dutra, discutindo com a população de Paço do Lumiar viraliza nas redes sociais.
A “super” secretária, têm um gênio forte e arrogante, o  que tem desagradado os luminenses. A confusão aconteceu na comunidade Eugênio Pereira enquanto caminhava e falava ao telefone.
Durante a confusão, Núbia chegou a mandar uma pessoa calar a boca, pois este a questionava sobre algumas atitudes da gestão do prefeito, Domingos Dutra (PCdoB).
Enfurecida por ser cobrada, ela soltou.
“Cala a boca!”, esbravejou a primeira-dama. Um dos questionadores retrucou: “Cala boca aqui não, você não é mãe de ninguém aqui não!!! Você não estudou não? Seu marido vai passar aqui pedindo voto novamente!!! Mande chamar quem você quiser”.
Davi max 

Bom Jardim “Cidade dos Buracos”!

Localizada a 277 quilômetros de São Luís, a cidade de Bom Jardim ficou conhecida nacionalmente como a cidade que foi administrada pela prefeita ostentação, Lidiane Leite. 
Após as inúmeras denuncias envolvendo sua pessoa, Lidiane foi afastada do cargo, assumido posteriormente Malrinete Gralhada que por sua vez seguiu com a mesma linha de raciocínio de Lidiane, perdendo a confiança do povo e por fim as eleições em 2016. Eleito com cerca de 12.131 votos, o médico Francisco Alves de Araújo (51 anos) ou Dr. Francisco como é popularmente conhecido, ainda não mostrou a que veio. 
O resultado da demora na tomada de medidas simples e paliativas fez com que as ruas da cidade se transformassem em verdadeiras armadilhas para condutores de carros, caminhões e até mesmo para pedestres desavisados. Mesmo as ruas localizadas no centro da cidade seguem sem melhorias e o resultado da buraqueira termina como prejuízo para o bolso de muitos bomjardinenses que apesar do decepcionante inicio de governo ainda mantêm a esperança que dias melhores possam chegar a cidade. 
Cidade de verdade 

Conselho Tutelar e prefeitura de Nova Olinda realizam evento em referência ao dia nacional de combate a exploração sexual contra crianças e adolescentes.

Ontem, 18 de maio, o Conselho Tutelar de Nova Olinda do Maranhão em parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Assistência Social realizou no ginásio de esportes do bairro do Trator, uma linda festa em referência ao Dia Nacional de Combate a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (Campanha Faça Bonito).
Mais de 700 estudantes da rede municipal e estadual de ensino participaram do evento, que contou com a participação do Promotor de Justiça da comarca de Santa Luzia do Paruá, Dr. Hagamenon Azevedo, da Secretária Adjunta de Assistência Social, Eliane Coelho, professores e conselheiros tutelares. 
A campanha, promovida durante todo o mês de maio pelo Governo Federal em parceria com estado e municípios, tem como proposta a discussão sobre formas de prevenção e combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, além de lembrar a importância do dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que é 18 de maio.
Para a estudante, Maria de Fátima, a campanha ajuda a proteger as crianças e adolescente. “Pra gente que é adolescente essa campanha é muito importante porque a gente se sente mais protegida”, ressaltou.
Assessoria de Comunicação Social do Governo de Nova Olinda do Maranhão.

Temer é vítima de uma “conspiração.”

Presidente Michel Temer diz que não irá renunciar à Presidência durante pronunciamento no Palácio do Planalto, em Brasília
Presidente Michel Temer 

Pesquisem a etimologia da palavra “conspiração”. Lá está o verbo “spiiro”, que significa “soprar”, “respirar”, mas também “emitir um odor”. A conspiração, então, é uma teia de sopros, respiros e odores subalternos. Metaforicamente, é o cochicho das sombras. Cecília Meireles soube trabalhar tal origem no seu magnífico “Romanceiro da Inconfidência”. Pesquisem a respeito.
É claro que o presidente Michel Temer está sendo vítima de uma conspiração meticulosa e muito bem-sucedida. Todos sabem que os irmãos Joesley e Wesley Batista eram íntimos e grandes beneficiários do regime petista. Aliás, dava-se de barato: querem pegar o PT? Então peguem a JBS. A coisa ganhou até tradução popular. Que jornalista não foi indagado no táxi sobre uma suposta fazenda de Lulinha, em sociedade com a JBS? Que se saiba, tudo conversa mole. Nunca houve.
Mas a dupla caiu na rede da Lava Jato. Os irmãos foram assediados pela força-tarefa. Sabe-se lá com quantas ameaças. Como não devem ter memória muito limpa do que fizeram nos verões passados, resolveram “colaborar”. Mas não com uma delação premiada no molde Marcelo Odebrecht. Não!
Empregou-se a tática aplicada no caso Sérgio Machado, aquele que se dispôs a gravar peixões da República. Com a mesma generosidade. Em troca, os filhos de Machado nem processados foram. O criminoso pegou dois anos e três meses de cadeia em sua mansão, em Fortaleza.
Aos irmãos Batista se ofereceu ainda mais: “Entreguem o presidente da República, apelando a uma conversa induzida, gravada de forma clandestina. Façam o mesmo com o principal líder da oposição, e vocês nem precisarão ficar no Brasil, sentindo o odor dessa pobrada, que vai pagar o pato. Nós os condenaremos a morar em apartamento de bilionário em Nova York. Impunidade nunca mais!”
Querem saber?
Sim, sou grato ao Ministério Público Federal e à tal força-tarefa. Oh, sim, também pelos relevantes serviços prestados no combate à corrupção. Lembrando o cineasta Bertolucci, sob o pretexto de caçar tarados, vocês ainda chegam ao fascismo, valentes! Avante, “giovinezza, giovinezza,/ Primavera di bellezza/ (…)/ Per Janot, Dallagnol, la mostra Patria bella”.
Sim, sou grato a todos os Torquemadas e Savonarolas da política porque admitem, na prática, agora sem nesga para contestação, que eu estava certo. Os procuradores têm um projeto de poder e estão destinados a refundar a República. E, por óbvio, seu viés é de natureza revolucionária, não reformista. Em recente prefácio que escreveu, o juiz Sergio Moro alcançou voos condoreiros: haverá dor.
Sim, sou grato a esses patriotas porque, quando afirmei, há meses, que a direita xucra estava se juntando a alguns porras-loucas, com poder de polícia, para devolver o poder às esquerdas, alguns tentaram me tachar de maluco. Perdi amigos –não por iniciativa minha. E, no entanto, tudo está aí, claro como a luz do dia.
Então vamos ver. O presidente Michel Temer disse que não renuncia. Sim, ele é um político, é hábil, é consciencioso e certamente saberá avaliar, de forma criteriosa, as circunstâncias. Estas são sempre boas conselheiras dos prudentes. Como ele próprio lembrou, trechos de gravações vêm a público naquele que é o melhor momento do governo.
No breve pronunciamento que fez nesta quinta, Temer subiu um pouco o tom —ou o som— que lhe é habitual. Havia uma irritação extrema, mas contida (como é de seu feitio). A tensão era óbvia.
O Brasil está pronto para ser o território livre do surrealismo jurídico.
Ali falava um presidente da República, ninguém menos, a negar a renúncia, mas sem saber do que era acusado. Tinha consciência, sim, de que o relator do petrolão no STF, Edson Fachin, já havia aceitado o pedido de investigação. Mas ele próprio não tinha ouvido nada. O conteúdo já foi liberado.
Ali falava um presidente da República, ninguém menos, que lutava para não ser refém do Terror Jurídico em curso no país. Sob o pretexto de “cassar tarados”.
O Brasil afunda, e a esquerda deita e rola.