Documentos são apreendidos durante busca e apreensão na residência da secretária Ana do Gás

Deputada licenciada, Ana do Gás e o seu esposo e ex-prefeito de Santo Antônio dos Lopes, Eunélio Mendonça. 

A  residência da secretária estadual da Mulher e deputada estadual licenciada Ana do Gás (PCdoB), foi alvo de busca e apreensão realizada no mês de maio último, em São Luís. Na ocasião, foram  encontrados  documentos que apontam indícios de possíveis crimes cometidos.

A ação de busca e apreensão foi consequência após a  Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) abrir um processo investigatório criminal  para apura uma suposta participação da deputada licenciada em fraudes em licitações na Prefeitura Municipal de Santo Antônio dos Lopes.

Os documentos  foram  obtidos e divulgados  com exclusividade pelo ATUAL 7 que revelou mais cedo haver falhado, por decisão proferida pelo desembargador Raimundo Melo, do Tribunal de Justiça do Maranhão, a tentativa da secretária Estadual da Mulher, Ana do Gás; em tornar inválida toda a operação e provas dela obtidas.

A busca e apreensão na residência de Ana do Gás, autorizada pelo juiz da Comarca de Santo Antônio dos Lopes, teve como alvo o esposo dela, o ex-prefeito do município, Eunélio Mendonça. Outros  documentos de propriedade da integrante da gestão estadual comunista, no entanto, também foram apreendidos pelos investigadores.

Abaixo, a relação completa dos documentos, atribuídos à Ana do Gás, apreendidos pela operação:

» 12 cópias de notas promissórias, que somadas totalizam o valor de R$ 6.646.200,00. As notas teriam como emitente a própria Ana do Gás, Eunélio Macedo como avalista e José Manoel Figueiredo de Almeida como beneficiário;

» 3 cópias de notas promissórias, que somadas totalizam exatos R$ 3 milhões. Estas notas têm também como emitente Ana do Gás;

» 26 cópias de cheques assinados da prefeitura de Santo Antônio dos Lopes. Os cheques possuem datas de vencimento semelhantes as datas de vencimentos das notas promissórias;

» 7 listas contendo datas, valores, saldos e nomes de pessoas e empresas;

» 4 folhas de cheques originais e assinadas, canceladas, da prefeitura de Santo Antônio dos Lopes;

» e 7 recibos bancários (06 originais e 01 cópia).

Com informações do ATUAL7

Deixe uma resposta