Crisógono Vieira,ex- prefeito de Riachão, fechou 1º ano de sua gestão com desfalque de R$ 2,3 milhões

Ex-prefeito de Riachão, Crisógono Vieira.

O ex-prefeito de Riachão, Crisógono Vieira, investigado pela polícia por envolvimento   no esquema de agiotagem e desvio de recursos públicos no Maranhão, fechou o  ano de 2013 de  sua gestão com um rombo de R$ 2,3 milhões;segundo Relatório de Informação do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

De acordo com o documento obtido pelo Blog Werbeth Saraiva,o ex-prefeito apresentou sua prestação de contas com um balanço financeiro divergente.

“O valor apresentado em Caixa e Bancos não confere com o informado no Termo de Conferência de Caixa do início e do final do Exercício, no Termo de Verificação de Saldo de Caixa e no Termo de Verificação de Saldos Bancários: Bancos: R$ 2.612.376,05(início exercício) e R$ 1.611.940,63 (final do exercício)”, diz trecho do documento.

O balanço mostra que a gestão de Crisógono também teve insuficiência de arrecadação apurado em 2013 no valor de R$ -18.214.586,17, que corresponde à diferença entre a receita orçamentária prevista e a receita realizada. Por conta disso, o déficit orçamentário apurado no período foi de R$ -759.227,71, que corresponde à diferença entre a receita arrecadada e a despesa realizada.

AGIOTAGEM

O ex-prefeito de Riachão, Crisógeno,é também suspeito de desviar dinheiro público para pagar empréstimos de campanha eleitoral, segundo investigações da Polícia Civil e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco),do Ministério Público do Maranhão.

Veja aqui o documento divulgado pelo TCE;

 

Deixe uma resposta