Tiago Bardal é condenado a prisão e perda de cargo público

O ex-titular da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Tiago Bardal, foi condenado pela 3ª Vara Criminal de São Luís à perda do cargo de Delegado de Polícia Civil do Estado do Maranhão.

A sentença também condena o ex-delegado à dois anos de reclusão e três meses de detenção, pelos crimes de apropriação indevida e prevaricação. A pena privativa de liberdade foi convertida, pela Justiça, em restritiva de direitos, obedecendo aos requisitos legais do artigo 44 do Código Penal.

Tiago Bardal respondia por acusação de fazer parte de organização criminosa contribuindo com obstrução das investigações contra o bando de contrabando de mercadorias e de assalto a banco.

Deixe uma resposta