Veja o exato momento da prisão do suspeito de assassinar o vereador de Maranhãozinho

O Blog Werbeth Saraiva obteve com exclusividade o exato momento da prisão do suspeito de assassinar o vereador Jango do Maranhãozinho. O suspeito foi identificado como “Cego”.

RELEMBRE O CASO:

O vereador e ex-presidente da Câmara  de Vereadores  de Maranhãozinho,Jango,  foi morto no último dia 23, quando voltava de uma fazenda nas proximidades do município de Santa Luzia do Paruá.

Jogador de futebol é preso suspeito de estuprar menor de idade

Renato, que é conhecido na região por ser jogador de futebol, foi encaminhado para a Delegacia Regional de Pedreiras e está à disposição da justiça para responder pelo crime de estupro.

Foi preso na zona rural de Igarapé Grande, a 365 quilômetros da capital, Renato Castro de Aguiar, de 29 anos. Ele é suspeito de ter arrastado e estuprado uma adolescente de 14 anos.

Segundo o 19º Batalhão de Polícia Militar de Igarapé Grande, o crime teria acontecido no povoado Angical dos Coríntios. A denúncia foi feita à polícia pelo padrasto da vítima e a prisão aconteceu no povoado Monte Verde, em São Luiz Gonzaga.

Renato, que é conhecido na região por ser jogador de futebol, foi encaminhado para a Delegacia Regional de Pedreiras e está à disposição da justiça para responder pelo crime de estupro.

Idoso é preso por suspeita de pedofilia em Zé Doca

A Polícia Militar de Zé Doca, a 174 km de São Luís, prendeu Osiel Manga Rosa, de 74 anos. Ele é suspeito de abuso sexual contra uma menina de sete anos. De acordo com a polícia, o caso foi flagrado pelo pai da criança.

Segundo a polícia, o pai falou em depoimento que sua filha saiu para comprar cheiro verde em uma mercearia perto de casa, onde Osiel atendia os clientes. Como a menina demorou a voltar, ele (pai) decidiu ir até o estabelecimento e se deparou com uma cena suspeita.

“O pai flagrou tanto a criança sem as vestes, quanto o seu Osiel também nu. Ele alertou, teve uma discussão e chamou a polícia”, contou o delegado regional de Zé Doca, Jader Alves.

Na ficha criminal de Osiel não há registro de prisões anteriores, mas o delegado Jader afirma que há histórias em que o idoso é citado por tentar abusar de menores. Diante do caso na mercearia, a Polícia Civil pediu que a menina fosse levada ao hospital para fazer o exame de conjunção carnal.

“Mediante das informações médicas e dos indícios que chegaram a mim, autuamos o seu Osiel Manga Rosa pelo crime do artigo 217-a, que é o estupro de vulnerável”, declarou o delegado Jader.

Ex prefeito de Serrano é preso por desvios de verbas públicas

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Cururupu, prendeu na segunda-feira (29) Leocádio Olímpio Rodrigues, ex-prefeito da cidade de Serrano do Maranhão.

Segundo informações da polícia, Leocádio foi condenado a 13 anos e 4 meses de prisão pelo crime de apropriação ou desvio de bens e recursos públicos em benefício próprio (art. 1°, I, do Decreto-Lei n° 201\1967).

O juiz acatou o argumento da polícia para o afastamento da vedação insculpida no art. 236 do Código Eleitoral, que afirma que nenhuma autoridade poderá, desde 5 dias antes e até 48 horas depois do encerramento da eleição, prender qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, no sentido de que a prisão não tem relação com o pleito e não interfere no livre exercício do sufrágio, até porque o preso não apresenta a condição de eleitor, por se encontrar com os direitos políticos suspensos, em decorrência de sentença criminal transitada em julgado.

Após os procedimentos administrativos, Leocádio Olímpio Rodrigues será conduzido para o Presídio de Cururupu, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Policia Federal começa a preparar prisão de Lula

A Polícia Federal começa a se preparar para o momento em que terá que cumprir a ordem de prisão contra o ex-presidente Lula. Na alta cúpula da PF há preocupação sobre como proceder. Buscá-lo em casa de camburão teria a mesma repercussão de quando foi conduzido coercitivamente. Uma ideia é combinar com os advogados para que ele se apresente no local onde irá cumprir a pena. Se não houver acordo com a defesa, como Lula não teria direito a prisão especial, regalia concedida a quem tem curso superior, a polícia pedirá ao juiz que especifique não só o local, mas para quem ela deve entregá-lo.

Delegados dizem que a prisão de Lula tem que ser bem articulada para garantir a segurança do petista e também dos policiais. A partir do momento em que o juiz determinar o cumprimento da pena, a PF já está autorizada a buscá-lo.

A alta cúpula da PF levanta questionamentos sobre o que será feito dos oito assessores a que Lula tem direito como ex-presidente, principalmente porque quatro deles atuam como seguranças.

O ESTADO