Balsas: Empresa Primavera Distribuidora é investigada por fraude em licitações

Em Balsas, a empresa Primavera Distribuidora e Comércio Eirelli está sendo investigada sob acusação de falsificar documentos e notas fiscais.

Conforme o apurado, há indícios de cometimento de crime de falsificação de documentos, pelo proprietário da empresa Primavera Distribuidora, Raimundo Gomes Maia Neto, em processos licitatórios no Maranhão.

Na mesma investigação, o proprietário da empresa Adão Gomes Maia Eireli foi colocado como investigado. Os dois empresários teriam supostamente utilizado documentos com informações falsas usando empresas para fraudar notas fiscais.

A investigação foi aberta pela promotora de Justiça de Balsas, Dailma Maria de Melo Brito, que afirmou que a abertura de uma ação penal não depende de prévio inquérito policial e que são funções institucionais do Ministério Público, dentre outras, zelar pelo efetivo respeito dos Poderes Públicos e dos serviços de relevância pública aos direitos assegurados na Constituição Federal.