Secretário Lula Fylho firmou contratos com duas das empresas da quadrilha de empresários com prisões decretadas

Prefeito Edivaldo Holanda Jr. e secretário Lula Fylho. Foto: reprodução, google

Os empresários Alexandre Chuairy Cunha, Sormane Silva Santana e João de Deus Souza Lima Júnior, formam um conjunto de empresas envolvidas e um esquema milionário que estão faturando alto com os contratos do covid-19.

As investigações apontas as empresas Precision Soluções, CJ Comercio Saneantes, Global Diagnósticos e Pleno Distribuidora como epicentro do esquema.

A secretária de saúde do município de São Luís que é comandada pelo secretário Lula Fylho, firmou contratos com pelo menos duas empresas pertencentes a organização criminosa.

Com a Precision Soluções, a Secretária de Saúde de São Luís – SEMED, fechou um contrato de R$ 2.673.000,00 para aquisição de mascaras descartáveis. Já a empresa C.J Comercio Saneamentos, firmou contrato com a gestão de Lula Fylho, também para aquisição de EPIs e insumos para o Covid-19, o valor desse contrato foi de R$ 495.000.00.

 Outro Lado

O secretário Lula Fylho afirmou ao blog do Werbeth Saraiva, que se os casos forem relacionados á semus de São Luís, ele, irá se posicionar.

Veja os contratos:

 

Secretário Lula Fylho fala ao blog sobre suposto contrato com empresa de fachada

Sede da empresa Precision Soluções em Diagnósticos

De acordo informações divulgadas no Portal da Transparência, consta que a Secretaria de Saúde do Município de São Luís contratou a empresa PRECISION SOLUÇÕES EM DIAGNÓSTICOS LTDA, em que o contrato firmado de n° 100/2020 confirma a compra de 270 mil unidades de máscara cirúrgica descartável tripla, filtragem superior a 95% em não tecido, e o valor total dos materiais adquiridos chega a R$ 2.673.000,00.

No mesmo contrato, a descrição indica que a empresa está localizada na Rua 04, quadra 03, n° 15, conjunto Habitacional Vinhais, mas no local não há nenhuma instituição ou placa indicando a existência de empresa.

A empresa é administrada pelas sócias Terezinha de Jesus Neves Bottentuit e Lúcia Maria Chuairy Cunha.

Diante dessas informações, o vereador Umbelino Jr afirma que irá acionar os demais órgãos fiscalizadores para investigar as denúncias e formular um pedido de impeachment do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr e a saída de Lula Filho da Secretaria Municipal de Saúde.

Outro Lado

Secretário Lula Filho

O blog procurou o secretário de saúde, Lula Filho, para prestar esclarecimentos sobre a denúncia, mas, segundo ele, os pagamentos só são feitos após a entrada dos produtos na SEMUS, para não correr o risco de causar dano ao erário.

“Todas as compras só ocorrem após criteriosa análise das documentações e com atestado de capacidade técnica. O mais importante. Só compramos após aprovação da comissão de compras que analisa a qualidade do item. E só pagamos após a entrega e conferência da mercadoria. Então, não há prejuízo para o erário”, disse o secretário.