Presidente do partido de Edilázio quer Meireles como vice de Lula

O presidente do PSD, Gilberto Kassab, está testando o nome de Henrique Meirelles para vice na chapa do ex-presidente Lula. Ele sabe que a prioridade no PT é ter um empresário ocupando essa posição nas eleições do ano que vem.

Kassab tem se aproximado de Lula porque vê o capital político que o ex-presidente preserva. A pesquisa Datafolha publicada na semana passada confirma que Lula fica à frente de Jair Bolsonaro no primeiro turno e vence no segundo turno.

A aproximação entre PSD e Lula é visível, mas Kassab move suas peças para ocupar espaço e manter portas abertas. Meirelles voltou ao PSD depois de um período no MDB, por onde se lançou candidato a presidente em 2018. De 2016 a 2018 foi ministro da Fazenda de Michel Temer. Atualmente, é secretário da Fazenda de João Dória em São Paulo.

De 2003 a 2010, Meirelles foi presidente do Banco Central no governo Lula. Nesses oito anos, tiveram convivência excelente. Se as negociações para integrar a chapa de Lula como vice não avançarem, Meirelles tem convite para se candidatar ao Senado por Goiás.
No Maranhão o PSD é presidido pelo deputado federal Edilázio Jr.

Sarney diz a Lula que terá apoio do MDB no Nordeste

O prato principal no almoço oferecido por José Sarney a Lula foi o MDB. Pelo menos no Nordeste, parte relevante do partido estará com o ex-presidente na eleição do ano que vem.

Lula agradeceu a lealdade do chefe emedebista. Até nos momentos em que divergiram, o petista disse saber que Sarney sempre defendeu a normalidade democrática. O PT espera ter boa parte do MDB ao seu lado em 2022.

Os dois não trataram das dificuldades regionais que PT e MDB enfrentam em dois Estados do Nordeste. No Maranhão, Roseana Sarney é adversária do governador Flávio Dino. Em Pernambuco, o senador Fernando Bezerra é líder de Jair Bolsonaro no Senado.

Em sua passagem por Brasília, Lula também se reuniu com outros dois líderes emedebistas: o senador Jader Barbalho e o ex-senador Eunício Oliveira.

Lula candidato muda cenário no Maranhão

A mudança do tabuleiro político em busca do Palácio do Planalto pode também ensejar no jogo político local. No Maranhão, Lula presidente pode significar uma avenida para aliados do governador Flávio Dino (PCdoB), que têm reprimido desejos eleitorais por conta do rumo que o comunista deve tomar.

Com a anulação das condenações do ex-presidente Lula e uma candidatura em contraponto a Jair Bolsonaro, a esquerda pode defender uma união em torno da figura, mesmo desgastada, de Lula. E o PSB, possível futuro partido de Flávio Dino, pode indicar uma vaga para a vice-presidência, em torno de uma frente mais ampla à esquerda. É aí que mora o sonho de Flávio Dino, de compor, ao lado de Lula, uma chapa que leve à derrocada do bolsonarismo.

Muda no Maranhão

Sem Flávio Dino no senado, aliados e novos aliados do governador – e até adversários (nem tanto assim) podem brigar pela vaga senatorial. Othelino Neto, Josimar de Maranhãozinho, Roseana Sarney são alguns nomes que podem se animar com a ausência de Flávio Dino aqui no Maranhão.

A formação de chapas no Maranhão, pelo visto até aqui, deve ser influenciada pelos candidatos a presidência.

Site divulga trocas de mensagens entre Dallagnol e Sérgio Moro sobre a Lava-Jato que resultou na prisão de Lula

Na Foto: Deltan Dallagnol, procurador e coordenador da Operação Lava Jato (José Cruz/Agência Brasil)

O site The Intercept Brasil divulgou neste  domingo(09),conversas  atribuídas ao procurador Deltan Dallagnol, do Ministério Público Federal (MPF),e ao ministro da Justiça Sérgio Moro mostrando os dois combinando atuações enquanto trabalharam na operação Lava-Jato.O site divulgou trocas de mensagens de Dallagnol e Moro que fazem referências ao processo em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi condenado no caso do tríplex de Guarujá. O material inclui mensagens privadas e de grupos da força-tarefa no aplicativo Telegram de 2015 a 2018.

Segundo o site, Moro sugeriu durante mensagem de texto, em 21 de fevereiro de 2016,alterações no calendário das operações da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, em decorrência de desdobramentos políticos. Dallagnol,de acordo com The Intercept, Brasil disse ao magistrado que haveria problemas logísticos para acatar a sugestão.

Em 31 de agosto de 2016, Moro teria questionado, de acordo com site, o ritmo das prisões e apreensões ao perguntar se a força-tarefa não estaria muito tempo sem promover operações. “Não é muito tempo sem operação?”, disse Moro segundo o site. A última fase da Lava-Jato, de acordo com o site, havia sido feita 29 dias antes — a operação Resta Um, com foco na empreiteira Queiroz Galvão. Pelo conteúdo das mensagens divulgadas, Dallagnol concorda com a observação sobre o tempo da demora.

Ministro da Justiça, Sérgio Moro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NOTAS

Em nota, o ministro Sergio Moro lamentou “a falta de indicação de fonte de pessoa responsável pela invasão criminosa de celulares de procuradores. Assim como a postura do site que não entrou em contato antes da publicação, contrariando regra básica do jornalismo.”

Já a força-tarefa de Curitiba disse em  nota para rebater a reportagem, que “seus membros foram vítimas de ação criminosa de um hacker que praticou os mais graves ataques à atividade do Ministério Público, à vida privada e à segurança de seus integrantes”.

Também em nota, a defesa do ex-presidente Lula diz que a reportagem mostra que houve uma combinação na Lava Jato com o objetivo de processar, condenar e prender o ex-presidente. Afirma ainda que os processos estão corrompidos e que é urgente restabelecer a liberdade a Lula.

Com informaçoões: O Globo

Haddad cresce 32 pontos e já lidera pesquisa para presidente no MA

Impressionante o desempenho, no Maranhão, do candidato a presidente pelo PT: Fernando Haddad.

Saiu de 4% na pesquisa Ibope de agosto para 36% no levantamento divulgado hoje (19) pela TV Mirante.

Crescimento de 32 pontos percentuais.

Prova de que o lulopetismo segue muito vivo em território maranhense.

Dignos de registro, também, a queda de 11 pontos de Marina Silva (Rede) e o crescimento de Jair Bolsonaro (PSL) – saiu de 14% para 18%.

CRIME! Crianças agonizam na espera de atendimento no Hospital Da Criança em São Luís

Definitivamente a saúde do município de São  Luís  está  um caos. Pacientes jogados pelos corredores dos hospitais de forma deplorável, inclusive crianças, médicos e servidores reclamando das condições de trabalho e muita insatisfação por parte da população. Isso sem citar o pequeno numero de médicos diante da grande demanda de atendimentos. Todo esse cenário se passa diante do que é divulgado pela prefeitura em campanhas publicitárias, que mostram instalações de qualidade, pacientes sorridentes, tudo propaganda.

Recentemente o Blog Do Werbeth Saraiva publicou uma reportagem onde mostra crianças recém nascidas dormindo no chão do hospital da criança de São  Luís REVEJA AQUI, um verdadeiro absurdo. A precariedade no sistema de saúde e falta de gestão pública tem feito vítimas nos hospitais da capital.

Somente nos quatro meses deste ano, São Luís recebeu mais de R$ 130 milhões de repasses federais para serem aplicados na rede pública pelo Fundo Municipal de Saúde (reveja).

Falta de médico

Na sexta-feira passada, uma paciente precisou ser atendida por cirurgião de cabeça pescoço, mas foi comunicada pela direção do Hospital Socorrão I, que o médico só estaria na segunda-feira desta semana.

Crianças Padecem na unidade de Saúde

Quando a situação expõe crianças ainda é mais chocante. E no hospital da criança os problemas são os mesmo dos socorrões, ou piores, falta de médicos, materiais hospitalares e pacientes instalados nos corredores. No caso desta unidade, os pacientes são alojados até  em bancos plásticos utilizados para a espera fora dos quartos.

A gestão do prefeito Edvaldo Holanda Júnior (PDT) e do secretário  de saúde  Lula Fylho tem transformado a saúde capital do Maranhão um verdadeiro caos.

Veja o vídeo obtido por nossa reportagem onde mostra crianças agonizando na  espera de atendimento:

 

Flávio Dino Traindo como sempre?

De acordo com reportagem de Thais Bilenky, na Folha de S. Paulo, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), defende que não só o PCdoB, como também o PSOL e o PT abram mão de suas pré-candidaturas para apoiar Ciro Gomes (PDT) na eleição para a Presidência da República.

Segundo ele, a união da esquerda se daria em torno de Ciro, porque ele “é hoje e o melhor posicionado”. Lula está inabilitado e “o PT não tem nome capaz de unir nesse momento”, disse.

“Está chegando o momento de admitir uma nova agenda. Se não oferecermos uma alternativa viável, você pode perder a capacidade de atrair outros setores do centro que se guiam também pela viabilidade”, disse na sexta (4), na sede do governo.

Dino disse que a prisão de Lula é “muito dilacerante, muito traumática, uma tragédia política, a maior derrota da esquerda brasileira desde o golpe [militar] de 1964”

Leia a matéria completa na Folha

Bem longe de conseguir se explicar a maioria absurda de Maranhenses que votam e “idolatram” Lula, o governador do Maranhão já deu claros sinais que deve abandoná-lo, e votar em Ciro Gomes, as palavras de Dino, causaram estranheza para quem não o conhece, mais para  Waldir Maranhão, o ex governador José Reinaldo, e outros, não foi nada estranho, o próprio Waldir já definiu Flávio como “ o maior traidor de todos os tempos.”

 

Policia Federal começa a preparar prisão de Lula

A Polícia Federal começa a se preparar para o momento em que terá que cumprir a ordem de prisão contra o ex-presidente Lula. Na alta cúpula da PF há preocupação sobre como proceder. Buscá-lo em casa de camburão teria a mesma repercussão de quando foi conduzido coercitivamente. Uma ideia é combinar com os advogados para que ele se apresente no local onde irá cumprir a pena. Se não houver acordo com a defesa, como Lula não teria direito a prisão especial, regalia concedida a quem tem curso superior, a polícia pedirá ao juiz que especifique não só o local, mas para quem ela deve entregá-lo.

Delegados dizem que a prisão de Lula tem que ser bem articulada para garantir a segurança do petista e também dos policiais. A partir do momento em que o juiz determinar o cumprimento da pena, a PF já está autorizada a buscá-lo.

A alta cúpula da PF levanta questionamentos sobre o que será feito dos oito assessores a que Lula tem direito como ex-presidente, principalmente porque quatro deles atuam como seguranças.

O ESTADO