Othelino oferece regalias no governo estadual para aliados de Sarney no berço do Oligarca, e aliados de Flávio Dino ficam “chupando dedo.”

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado estadual Othelino Neto (PC do B ) vem trabalhando alguns acordos políticos no município de Pinheiro e na região da baixada, visando a reeleição no pleito de Outubro do ano em curso.

Um fato que tem chamado atenção dos “aliados” do governo estadual no município, são que os acordos estão acontecendo com políticos que formam a base aliada do ex prefeito Filuca Mendes (MDB), uma das raízes oligarcas aliado da mais antiga oligarquia que já existiu no Maranhão e no Brasil.
Depois de manter aliança constante desde a eleição de 2014 com o então deputado federal Victor Mendes (PSD), Filho de Filuca Mendes adversário do governador e aliado de Roseana Sarney, o comunista agora confisca através de “bondades” do estado alguns vereadores que fazem ferrenha oposição ao então prefeito de Pinheiro Luciano Genésio (AVANTE), que segundo o governador o tem como um de seus aliados na estrutura física estadual.
Os constantes desrespeitos causados por Othelino, enfrentando o prefeito e 11 vereadores que formam a base do gestor na câmara, irá trazer grandes consequências ao governo, já que os vereadores tem se mostrado bastante incomodados com as atitudes do parlamentar.
Othelino anunciou em sua página no Facebook a aliança com o mais fiel escudeiro dos Mendes no município,
Diante das afrontas de Othelino ao prefeito e aos onze vereadores que formam a base do governo no municipio, os edis prometem se colocarem na oposição ao governo se tal situação não ganhar outros rumos na política pinheirense. Ou seja, se o governador Flávio Dino preferir ficar com um ou dois em detrimento de onze, poderá fazê-lo, mas o ciclo será interrompido, garantem os edis.
Por último Othelino, garantiu o apoio do Vereador Walter Soares (PV) o mesmo que vive de “ofender” o governador, e até o Secretário de articulação politica Márcio Jerry, sarcasmos proferidos que não vale a pena citar, pelo visto a real intenção do novo todo ” poderoso” do Maranhão é se eleger, e não está dando a mínima para a eleição do governador de seu partido Flávio Dino.
“Lideranças que votaram e até hoje apoiam Dino estão chupando dedo, enquanto a oposição faz “farra” usando a estrutura do estado.”

VÍDEO! Luciano Genésio “Sarrando e quicando.”

Que uma “cachacinha” de vez enquanto não faz mau para ninguém isso todo mundo sabe, e quem é expert nesse assunto é o prefeito de Pinheiro, o jovem Luciano Genésio não fica atrás quando a garotada estar “sarrando e quicando” Luciano mostra que tem “gingado” e “cai no rebolado” um exemplo foi no pré carnaval de Pinheiro, onde Luciano se mostrou muito “alto astral ” e deu show no palco “atacando como dançarino.”
Veja o vídeo:

Vídeo! Visivelmente bêbado Prefeito de Pinheiro Luciano Genésio esquece salários atrasados no município e canta “Boate Azul”

Quem aproveitou bem o Natal foi o prefeito de Pinheiro Luciano Genésio que em sua “merecida folga encheu o pote” e deixou aflorar o seu melhor lado, o cantor , o mesmo visivelmente bêbado cantou “lindamente” a música “Boate azul ” de Bruno e Marrone.

Enquanto Luciano bebê e canta Veja como está a situação do município de Pinheiro aqui. e aqui 

Que Lindo!

veja  o vídeo:

Pinheiro! Com quase 70% de reprovação Luciano Genésio quebra acordo com Leonardo Sá e deve lançar mulher candidata a deputada estadual,Leonardo deve anunciar que não é mais aliado de Luciano nos próximos dias…

A nova pesquisa encomenda pela TV Difusora de Pinheiro aponta que 68,9% dos entrevistados desaprovam a gestão do prefeito do município, Luciano Genésio (Avante). O resultado foi até surpreendente  já que a rejeição do prefeito ficou abaixo de 70%.

Apenas 30,4% disseram aprovar a gestão do prefeito. 0,7% dos moradores não souberam responder a pergunta, ou seja, menos de 1%,  mostrando que a população está atenta aos desmandos da gestão do prefeito Luciano Genésio, possuindo opinião formada.

Quando o levantamento perguntou aos entrevistados como eles analisam a administração de Genésio, 34,1% classificaram como “muito ruim”; 23,3% escolheram a opção “ruim”; 15,2% responderam “regular para ruim”; outros 13,0% disseram “regular para bom”; 11,5% escolheram “bom”; o mínimo de 2,6% avaliou como “muito bom”. Não souberam responder marcou 0,4 pontos percentuais.

Mesmo Luciano Genésio com 70% de rejeição popular ele não desiste, acontece que o prefeito está “injetado” sua esposa Thaise Hortegal rumo a uma disputa para o cargo de deputada estadual em 2018, isso mesmo, Luciano quebrou um acordo firmado entre ele e seu “apoiador” Leonardo Sá, que a princípio concorreria a câmara federal mais desistiu a pedido de Luciano e iria apoiar Lucio André Genésio que está foragido por agressão contra a ex mulher, desta feita Leonardo concorreria ao cargo de deputado estadual com o apoio de Genésio,com o acordo “quebrado” o racha por lá é certo, Leonardo já comenta nos bastidores que vai desembarcar do governo de pinheiro e levará com ele 5 vereadores o que deixaria Luciano Genésio em maus lençóis na Câmara já que o mesmo se livrou a poucos dias de uma cassação, por falar em Leonardo ele anda “estressado” com o presidente da Câmara de Vereadores de pinheiro,pois nos últimos dias deu ordem para que alguns blogs do estado “partisse para cima” do presidente.
Confusão grande….

 

O Pai, o irmão e o primo da mulher de Luciano Genésio receberam R$ 535 mil de salário da saúde do município,só nos primeiros meses de gestão

Pinheiro, derrotou o aliado da família do ex-presidente Sarney, Filuca Mendes (MDB), e elegeu Luciano Genésio (Avante, ex-PTdoB) prefeito em 2016.

Logo nos dois primeiros meses de sua gestão, porém, foi identificada uma situação insólita pela Controladoria-Geral da União.O pai, o irmão e o primo da mulher de Genésio receberam R$ 535 mil de salário do sistema municipal de saúde sem que o vínculo de cada um deles com as unidades tivesse sido comprovado em todos os casos.

O irmão da primeira-dama recebeu de Pinheiro R$ 182 mil no período. O primo dela, R$ 162 mil. “Além de ter recebido por serviços prestados no Samu e não ter vínculo com o estabelecimento”, anotou a CGU, o primo dela possui outros quatro contratos, um em Pinheiro, dois em Peri Mirim (MA) e outro em Mirinzal (MA), totalizando 94 horas semanais, quase 19 horas diárias de trabalho.

O sogro do prefeito, sozinho, recebeu no período R$ 191 mil correspondente ao trabalho não demonstrado como médico em quarto unidades de saúde de Pinheiro.

Notasse a roubalheira que está sendo uma administração que falou a muitos meses atrás, e esses dados são da controladoria geral da união, não  são do blog, Luciano Genésio tem conseguido ser pior do que o ex prefeito Filuca Mendes.

Com informações Folha de São Paulo