Bolsonaro assina MP que desobriga publicação de licitação em jornais

Jair Messias Bolsonaro

As licitações públicas, editais de concursos e de leilões não precisam mais ser publicados em jornais impressos de grande circulação. Uma medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, e publicada nesta segunda-feira (9/9) no Diário Oficial da União, determina que basta serem publicadas na imprensa oficial ou no site do órgão responsável pelo processo.

O governo já havia alegado que a publicação em jornais está ultrapassada e “representa gasto adicional e injustificado para os cofres públicos, que hoje passam por desequilíbrio fiscal”.

Em agosto, Bolsonaro já havia assinado uma medida provisória permitindo que as empresas de capital aberto publicassem seus balanços financeiros em seus sites, e não em jornais impressos.

MP apura irregularidades em obras e licitações na gestão de Valmira Miranda

Prefeita de Colinas, Valmira Miranda

O Ministério Público do Maranhão por intermédio do promotor Aarão Carlos Lima Castro resolveu investigar a gestão da prefeita Valmira Miranda em Colinas.

Segundo apurou o blog do Werbeth Saraiva a promotoria expediu oficio à Prefeitura de Colinas-MA, para fornecer, no prazo de 10 (dez) dias, as informações de quais as obras que começaram a serem realizadas no ano de 2019, quais as empresas responsáveis em realizá-las, bem como todas as cópias das
licitações do ano em curso.

O Ministério Público deve apurar possíveis favorecimentos a empresas de pessoas ligadas a gestão Valmira.

O promotor vai fazer auditoria para constatar irregularidades nas obras e realização dos procedimentos licitatórios da prefeitura de Colinas-MA no ano de 2019.

Alô, MP! Farra das licitações em Pedro do Rosário enriquece empresa de Viana

A prefeitura de Pedro do Rosário administrada pelo prefeito Raimundo Antônio se transformou em uma verdadeira “mina de ouro” para uma empresa do município de Viana MA.

A empresa que tem como nome fantasia Lenny Magazine fica localizada em Viana e pertence ao sócio Diogo Deyvison Soeiro Nenes e Alberlene Soeiro Nunes.

Em Junho deste ano a empresa “ganhou” quatro contratos nos valores de:  R$ 569.400,00 (Quinhentos e Sessenta e Nove Mil e Quatrocentos Reais), R$ 126.760,00 (Cento e Vinte e Seis Mil Setecentos e Sessenta Reais), R$ 457.600,00 (Quatrocentos e Cinquenta e Sete Mil e Seiscentos Reais), R$ 254.385,00 (Duzentos e Cinquenta e Quatro Mil e Trezentos e Oitenta e Cinco Reais).

Os contratos foram assinados no dia 08 de junho de 2018 e tem validade de (12) meses, conforme está publicada no Diário Oficial do município. Os contratos firmados foram para o fornecimento de camisetas.

Já no mês de julho a mesma empresa faturou mais três contratos nos valores de R$ 74.671,00 (SETENTA QUATRO MIL E SEISCENTOS E SETENTA E UM REAIS) R$ 361.156,00 (TREZENTOS E SESSENTA E UM MIL E CENTOS E CINQUENTA E SEIS REAIS) R$ 126.675,00 (Cento e Vinte e Seis Mil e Seiscentos e Setenta e Cinco Reais)

Os contratos firmados entre a prefeitura de Pedro do Rosário e a Lenny Magazine já ultrapassam o valor de um milhão, novecentos e setenta mil reais.

Os fortes indícios de direcionamento licitatório e superfaturamento dos valores licitados devem abrir precedentes para o Ministério Público e os demais órgãos fiscalizadores cobrar e investigar a gestão de Pedro do Rosário

Veja os contratos abaixo.


Prefeito de Bela Vista MA, Orias Mendes vai torrar mais de 2,8 Milhões com material de consumo

No primeiro mês do ano a prefeitura de Bela Vista assinou dois contratos, no valor total de R$ 2.811.247,17 para a aquisição de material de consumo. A Comercial Ferroplastma LTDA-EPP levou R$ 1.574.821,17(um milhão, quinhentos e setenta e quatro mil, oitocentos e vinte e um
reais e dezessete centavos)

a W.W.E. dos Santos Amorim Comércio e Serviços-ME, faturou R$ 1.236.426,00 (um milhão,
duzentos e trinta e seis mil, quatrocentos e vinte e seis reais) O fornecimento vai até 31 de dezembro de 2018.

O prefeito de Bela Vista Orias de Oliveira Mendes já foi denunciado pelo MPF por Fraude em licitação reveja AQUI