Presidente do partido de Edilázio quer Meireles como vice de Lula

O presidente do PSD, Gilberto Kassab, está testando o nome de Henrique Meirelles para vice na chapa do ex-presidente Lula. Ele sabe que a prioridade no PT é ter um empresário ocupando essa posição nas eleições do ano que vem.

Kassab tem se aproximado de Lula porque vê o capital político que o ex-presidente preserva. A pesquisa Datafolha publicada na semana passada confirma que Lula fica à frente de Jair Bolsonaro no primeiro turno e vence no segundo turno.

A aproximação entre PSD e Lula é visível, mas Kassab move suas peças para ocupar espaço e manter portas abertas. Meirelles voltou ao PSD depois de um período no MDB, por onde se lançou candidato a presidente em 2018. De 2016 a 2018 foi ministro da Fazenda de Michel Temer. Atualmente, é secretário da Fazenda de João Dória em São Paulo.

De 2003 a 2010, Meirelles foi presidente do Banco Central no governo Lula. Nesses oito anos, tiveram convivência excelente. Se as negociações para integrar a chapa de Lula como vice não avançarem, Meirelles tem convite para se candidatar ao Senado por Goiás.
No Maranhão o PSD é presidido pelo deputado federal Edilázio Jr.